TOPO
Cozinha Popular Gastronomia

Maragogi, da peixada à galinha ao molho pardo

 

Na segunda edição do meu Guia da Gastronomia Popular Alagoana, indico dois empreendimentos em Maragogi, no litoral Norte de Alagoas. A peixada do restaurante do Maragarço e a galinha ao molho pardo da Peixada da Nalva. Como são receitas diferentes, amo as duas com a mesma intensidade.

A peixada a moda da casa no restaurante Maragaço, em Maragogi é mais perfeita

A peixada a moda da casa no restaurante Maragaço, em Maragogi é mais que perfeita

Maragogi já é consagrado no Festival da Lagosta, mas no restaurante Maragarço todo dia tem o camarão gigante dos mares. A dica é a peixada à moda da casa, que chega à mesa linda, colorida com tomates, ovos, batata, chuchu, coentro, cenoura, cebola, lagosta, camarão, polvo, posta de peixe e duas pimentas verdes de cheiro, que exalam o aroma aprazível. Todos os itens são mergulhados no caldo de peixe com coco.  Para escoltar os frutos do mar, pirão no leite de coco natural e arroz branco.

Restaurante Maragarço: Av. Senador Rui Palmeira N° 1001, Centro de Maragogi – 082 3296-2041./Funciona de segunda a sábado, das 11 até 21h – Domingo das 11 até 16h

Galinha ao molho pardo de Nalva tem o molho encorpado, a ave é macia e a porção para lá de generosa. Tradição de 25 anos do restaurante

Galinha ao molho pardo de Nalva tem o molho encorpado, a ave é macia e a porção é generosa. T

Na Peixada da Nalva, a galinha ao molho pardo é para compartilhar com a família. O molhinho é daqueles dos bons, de fazer a gente esquecer a etiqueta e, com mãos, aproveitar ao máximo o caldinho. A ave não é velha, mas também não é congelada; nossa Nalva compra todo dia. A galinha é cozida nos temperos e, por último, o sangue batido; a galinha chega à mesa macia. Para acompanhar, feijão caseiro (dos bons), arroz e salada. E tem mais: no cardápio, a porção é para duas pessoas, mas dá para três comerem bem.

Peixada da Nalva – Sítio Peroba – Rodovia AL-101/Norte, Maragogi. Telefone: 3296-8130/ Funciona todos os dias, das 7 horas (com café da manhã) às 17 horas

 

«

»

6 comentários
  • PEDRO OLIVEIRA
    4 anos Atrás

    No post foi cometido um lamentável equívoco . Ao ler fui procurar onde poderia comer uma “galinhada” e para minha frustração me deparo com uma simples e modesta “galinha ao molho pardo”.
    A galinhada é um prato característico do centro-oeste que tem como principais ingredientes arroz e frango. É considerado prato típico de Goiás e Minas Gerais, visto que a origem do prato é muito disputada entre esses dois estados. A galinhada é uma refeição que não necessita de outros acompanhamentos, apenas temperos que devem ser utilizados para que a receita fique bem saborosa. Pode ser feita também com pequi e pimentão.
    Sou um apreciador dessa iguaria e sempre que vou a Goiás não dispenso.
    NB. Não há necessidade de publicação deste reparo. Apenas registrar para a autora do Blog

    • Nide Lins
      4 anos Atrás
      AUTOR

      Pedro, muito grata, vc esta certo. O blog está aberto aos elogios, criticas e observações. Também conheço a galinhada de Goiás, mas prefiro a galinha ao molho pardo. Já mudei o título, grata, Nide Lins

      • Pedro Oliveira
        4 anos Atrás

        Seu blog tem sido minha referência para boas incursões em nossa gastronomia, Lide Lins.
        Obrigado por sua franca abertura para receber críticas.
        Havia até dito que você não publicasse minha observação, mas prevaleceu o seu senso de responsabilidade com o leitor. Um abraço e parabéns.

        • Nide Lins
          4 anos Atrás
          AUTOR

          Pedro Oliveira, muita grata, toda critica que vem para melhorar é sempre bem vinda, abraços

  • Giuliano Farias
    4 anos Atrás

    Nide gosto muito dos seus comentários, e das matérias gastronômicas relacionadas à nossa tão rica culinária alagoana. Mas tenho sentido ultimamente, a falta do preço dos pratos postados aqui. Pois os mesmos, tinha um caráter informativo importantíssimo, principalmente nesse tempo de crise. Certo de sua atenção e compreensão.

    • Nide Lins
      4 anos Atrás
      AUTOR

      Giuliano Farias, obrigado pela dica, as vezes esqueço, vou ficar mais atenta. abraços

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.