TOPO
Chef na Cozinha Gastronomia Sem categoria

Filé à Moscovita do Gstaad

 

O restaurante Gstaad escreveu a história da gastronomia francesa em Alagoas. Segundo o jornalista Plínio Lins, que viveu intensamente a noite alagoana, Fornace (casa de massas) surgiu primeiro e depois, na Ponta Verde, nasceram a boate Middó e o Gstaad, esse sob o comando do francês Patrick de Neufville Pénicaut, de 1993 até 1995, uma época de glamour na capital alagoana.

Pois bem, em 2016 este senhor foi apresentado no meu blog com a postagem, “Hambúrgueres, crepe “Suzette”, vinhos e histórias”, sobre o restaurante Patrick’s Wine Bar. Recentemente, o bom francês lançou o almoço executivo às sextas-feiras, mas Patrick segue atiçando a memória afetiva dos alagoanos com receitas do Gstaad, a  exemplo dos “Medaillons de FiletMignon a La Moscovite”, trocando  em miúdos, Filé à Moscovita.

Espetáculo: o filé é flambado na vodka na frente dos clientes

Filé à Moscovita, segundo Patrick,  é um clássico da culinária francesa, criado para homenagear o Csar da Rússia, Alexandre III,  nobre apaixonado pelos sabores da França. Na receita, o filé é misturado no molho de carne, creme de leite, flambado na vodka e finalizado com ovas de caviar… Prá lá de chique, mas é danado de bom. Para escoltar, batata gratin (gratinadas em finas fatias com creme de leite).

Outra boa novidade da casa é o almoço executivo do  Patrick’s Wine Bar com três opções : cardápio completo com entrada, prato principal e sobremesa. Mas também pode escolher prato principal ou sobremesa, ou apenas o prato principal.

Peixe com legumes, uma das opções do almoço executivo do Patrick

Siga minhas  dicas do almoço  executivo

Terrine de aves

Entrada – Terrine  de aves com torradas de  pão e picles de pepino e cebola, ou uma salada. Ainda tem opção de carpaccio de carne.

Contra filé temperado na manteiga de salsa

Principal  – Aposte no contra filé temperado na manteiga de salsa,  mas o peixe ao molho de  manteiga  branca é bom e leve. Já o franguinho assado no limão é boa dica para dieta. E independente de sua escolha, o comensal tem  direito a duas guarnições. Indico o gratin de batata e legumes cozidos.

Bolo fofo de chocolate com calda de frutas vermelhas

Sobremesa –  O bolo fofo de chocolate com  calda de frutas vermelhas é uma tentação. Mas se deseja poucas calorias, invista no abacaxi.

Sobremesa de sorvete de limão com uma dose de vodka e rodelas do doce de limão siciliano

Mais vodka – No cardápio do Patrick’s Wine Bar tem uma receita (não faz parte do almoço executivo) batizada de La Coupe Colonel. É uma sobremesa de  sorvete  de  limão com  uma  dose de vodka e rodelas do doce de limão siciliano. Eu adorei, porque é um doce forte, e para os amantes da bebida russa, é felicidade.

Folhado de champignon ao molho branco

Rota Patrick’s Wine Bar

Almoço executivo: Entrada, prato principal e sobremesa – R$54,00/ Entrada (ou sobremesa) e prato principal – R$39,00/ Prato principal- R$32,00 – Horário das 12h às15h. Reserva: 99991.8650

Entradas a partir de R$15,90/ Prato principal a partir de R$ 39,00/ Aceita-se cartões

Rua Odilon Vasconcelos, 517 – Telefone: (82) 99991.8650/ 3028.9916

 

 

 

«

»

4 comentários
  • Victor
    2 anos Atrás

    Já experimentei e aprovei, que pena que não seja todos os dias!

  • Plínio Lins
    2 anos Atrás

    Nide, só uma correção: o Fornace é que surgiu primeiro, na Pajuçara. Depois o Gstaad e a Middò estouraram na Ponta Verde.

  • Marcelo
    2 anos Atrás

    no texto…. mas Patrick segue atiçando a memória efetiva dos alagoanos.
    Não seria “memoria AFETIVA” ????

    • Nide Lins
      2 anos Atrás
      AUTOR

      Grata Marcelo, já corrigi, abraço

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.