TOPO
Cozinha Popular Gastronomia

Espetáculo: caldinho de siri de coral

 

O siri de coral é um dos motivos para sair de casa, afinal, o bichinho do mangue é muito bom. Atendendo o convite do casal Torriceli e Iolanda, do tradicional Bar do Pelado, para provar o caldinho de siri de coral, que está revolucionado o local, fui conferir o siri, não na lata, mas na cumbuquinha.

Achei que iria bebericar o líquido com pedacinhos de siri, porém, para minha grata surpresa, vem um crustáceo partido ao meio e farto de coral, com sal e o leite de coco discretos. Realmente, merece todos os elogios. E Iolanda, feliz, diz: “Torriceli só trabalha com produto bom. O siri  de coral é um para cada caldinho ”,  conta com orgulha.

Preste atenção na quantidade de coral do siri. Maravilha!

Alagoas é o paraíso do siri de coral. Não que não existia em outros estados do Nordeste, mas a bióloga e mestra em oceanografia biológica, Tereza Calado, que passou quatro anos estudando e pesquisando o Complexo Lagunar, confirma que o siri de coral é uma exclusividade cultural na gastronomia e na pesca artesanal de Alagoas.

Carne de sol de porco, queijo coalho e farofa matuta

No Bar do Pelado, continuo fã da carne de sol suína preparada na chapa com uma lapa de queijo coalho e a farofa de matuta, preparada com água quente, farinha de mandioca, cebola roxa e coentro. Melhor impossível.

Torrecili, filho do Pelado também é cozinheiro do bar tradicional de Maceió

Rota Bar do Pelado

Caldinho com um siri de coral- R$ 5,00  Carne de sol de porco com queijo  coalho e farofa R$25,00

Funciona de  terça-feira a domingo, feriado, das 10 ate 18h, 3221.4743/ aceita- se cartões/ Rua Manoel Lourenço, 44, Ponta Grossa. Telefone – 3221-4743

 

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.