TOPO
Chef na Cozinha Gastronomia

“Arriba,” México!

 

Na primeira garfada, a gordurinha natural da costelinha de porco se sobressai e o tempero caliente desperta o paladar. Para escoltar a belezura suína, batatas com cascas bem sequinhas (sem gosto de  óleo), sal e pimenta. Mas não tenha medo das pimentas, elas instigam o prazer e as comidinhas mexicanas são excitantes. Para abrandar o céu  da boca, invista numa cerveja artesanal ou drinques da nova casa de Maceió, La Rosa, culinária Tax Max (mistura da gastronomia mexicana e texana e algumas pitadas espanhola).

La Rosa é uma invenção saborosa e divertida dos irmãos André e Samuel Gusmão e a chef Amanda Junqueira (esposa de Samuel), trio familiar afinado com os temperos e a cultura mexicana, acentuada no charmoso e colorido do contêiner, sob as bênçãos de Nossa Senhora de Guadalupe (Mãe das Américas, padroeira do México ).

La Rosa, lugar que remete ao México

A costelinha de 500 gramas (para compartilhar), batizada de “Costilas de puerca”, é assada em baixa temperatura e, para atiçar, vem com o   típico molho mexicano “mole”, de sabor agridoce. O legal é que ele vem em um copinho separado, ou seja, liberdade de saborear a iguaria com ou sem molho. A costelinha suína é a majestade da casa, mas o cardápio tem burritos, quesadillas, tacos…

A costelinha de 500 gramas (para compartilhar), batizada de “Costilas de puerca”

Aviso logo, no La Rosa, merecem muitas visitas para navegar na culinária “Tax Max”, com versões vegetarianas. Dessa vez controlei a minha gula, mas voltarei lá. Siga as minhas dicas:

Trio: guacamole (abacate), pico de galo (vinagrete) e sour cream (queijo de cabra) e a pimenta “Trinidad Scorpion”

Antojitos:  Para começar no La Rosa, invista no trio com guacamole (abacate temperado), pico de galo (vinagrete) e sour cream de queijo de cabra (grata surpresa ao paladar), acompanhados pelos “totopos” triângulos crocantes feitos de milho e muito comuns no México. Detalhe: lembram os doritos, mas graças a Nossa Senhora do Guadalupe apenas parecem, porque o sabor crocante  da massa é dez.

Ekaut (cerveja escura), lá das bandas de Pernambuco, ótima para acompanhar comida mexicana

Para aguçar a festa no céu da boca, adicione a pimenta Salsa Diabla (produção da casa) à base de sete pimentas, entre elas a “Trinidad Scorpion”, considerada a mais ardida do mundo. Prove sem medo, e para realçar peça a breja artesanal  Ekaut (cerveja escura), lá das bandas de Pernambuco (fiquei fã).

Hermano Jack: mix de uísque Jack Daniels no copo,suco de laranja e xarope de frutas

Jack Daniels – A carta de drinques é show de bola, a mais inusitada é o Hermano Jack, que além da apresentação artística, é uma mistura bem sucedida do uísque Jack Daniels (garrafinha de 50ml) no copo, e com adição de suco de laranja e xarope de frutas. Hilário de bom.

Acapulco, drinque docinho e refrescante

Acapulco – Este drink é mais docinho. União de morango, suco de laranja, limão siciliano e água tônica (refrescante).

Doce: Cheesecake de limão

Adorável – Cheesecake de  limão vem sobre uma base crocante de chocolate,  coberta com chantilly e raspas de limão. Para compartilhar.

Chef Amanda Junqueira desde menina tem história com as panelas

Rainha – A casa é um sonho compartilhado pelos irmãos Gusmão com a chef Amanda Junqueira, que tem história interessante com a cozinha. A alagoana sempre gostou das panelas, tanto que, desde menina avisava: “mãe, deixe que eu faço o almoço”. Assim, a moça apegou-se ao fogão. Formada pelo Senac de São Paulo, estudou sobre culinária Tax Max. Para abrir o La Rosa, investiram na consultoria com chef Mexicano.

Detalhe da La Rosa, na Jatiúca

Resultado, La Rosa, tem ótima comida, drinks irreverentes, time de primeira e  cerveja artesanal, incluindo as alagoanas Caatinga Rocks e Hop Bros. A decoração cativa o nosso olhar com fotos de Frida, Chaves, rosas e as famosas caveiras, tradição mexicana para celebrar o dia dos mortos com muita festa.

Arriba, México! Nossa Senhora de Guadalupe, rogai por nós e pelos mexicanos!

Nossa Senhora de Guadalupe protegendo o La Rosa

Rota La Rosa

Preços: R$ 8,00 até R$49,00/ Aceita-se cartões

Funciona  de Quarta a Segunda das 18 às 00/ Endereço: Rua Professora Maria Esther da Costa Barros, 239/ Telefone: (82) 99925-8748

Fachada da La Rosa na Jatiúca

Caveiras, tradição cultural do México

«

»

1 comentário
  • Regis
    1 ano Atrás

    Muito bom… recomendo…

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Sempre tem alguém pedindo dicas de jantar romântico, mas por que não pedem sobre almoço romântico? Principalmente quando ele vem com desconto e cheio de charme? Então segue a dica: Restaurante Toscana, na Avenida Rotary, no bairro do Farol. Reserve o almoço do dia de sábado porque tem promoção: na compra de dois pratos, o segundo ganha 50% de desconto. Foto do prato: peito de pato com molho de hibiscos e purê de macaxeira
http://www.nidelins.com.br/2019/03/20/sabado-romantico/
#dicadanide #restaurante #paradois #romantico #maceio #alagoas #chefnacozinha
  • Imagine aquela costelinha de boi, vultosa, com as devidas gordurinhas, e quando sai da churrasqueira nem precisa cortar com faca porque ela se solta livremente! 
Melhor nem imaginar... Devore logo essa costelinha! Quem prepara a carne divinamente é a equipe do chef @fernandocostamaia um expert em carnes grelhadas do restaurante @fusiongrillmaceio .
http://www.nidelins.com.br/2019/03/19/costela-boa-e-do-fernando/
#dicadanide #maceio #tradição #churrasco #costeladeboi #pontaverde #alagoas #restaurante
  • A língua na gastronomia é discriminada, muita gente torce a cara para ela, as vezes é preciso omitir a sua origem para ser degustada, mas estava escrito nas estrelas que ela viraria celebridade ao lado do cuscuz. E assim aconteceu nas panelas alagoanas do chef @rodrigoaaragaoal  para o programa É de Casa, a língua, literalmente, foi a  mais falada no sábado (16). Valeu @zecacamargomundo. Conheça a história e a receita no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/03/18/lingua-alagoana-virou-celebridade/
#dicadanide #cuscuz #lingua #receita #maceio #alagoas
  • Amados e amadas, nesta quarta-feira, dia 20, às 9h, serei homenageada pela Biblioteca Graciliano Ramos. Sou muito grata ao carinho da instituição. E, claro, todo mundo está convidado.
Rua Dom Pedro II, 57, Centro de Maceió
  • FÃS do @marcelojeneci Dia 4 de abril, ás 21h, no Teatro Deodoro. Mais um show imperdível com a produção da @suechamuscaoficial
  • Quero um grande desfile de bandas de pífanos para alegrar a vida de todo do mundo. Muita gratidão aos meus seguidores. Foto do Ateliê João das Alagoas, Capela
@claudio.henrique.artesao
  • Gente! Que felicidade! Alagoas no “É de Casa” com a receita que leva meu nome, “Língua da Nide”. E ainda ser citada no programa como a “madrinha da nova geração de chefs de Maceió”!
Resumo: Alagoas é que faz comida boa.
Agradeço o carinho do @zecacamargo e do @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio
Imagem da @suzyalbuquerque_
  • Mais um alagoano, @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio, divulgando os sabores das Alagoas na telinha. Valeu @zecacamargomundo