TOPO
Cozinha Popular Gastronomia Sem categoria

Coxinhas do Campeão

 

“Campeão” é a expressão mais usada pelo uruguaio Cesar Piriz para cumprimentar os vizinhos, seus fieis fregueses e fãs das comidinhas de boteco que ele prepara, entre elas, a coxinha de frango de batata inglesa (leva um pouco de farinha de trigo para dá a liga) que vem com uma casquinha crocante de farinha de rosca e farinha de cuscuz. E quanta diferença! A massa tem a textura certa, e o sabor do tempero usado no peito de frango (desfiado com cenoura) é ímpar. É impossível comer apenas uma. A danada deixa saudades.

Ficou curioso para saber onde achar essa delícia? Então siga para o bairro do Poço e procure o Boteco do Urugua. Lugar simples, pequeno, não tem garçom, apenas Cesar e sua amada Angelica Magalhães que fazem tudo. Embora, quando a coisa aperta, os vizinhos dão maior força.

Cardápio na porta, e só com preços dos churrasquinhos

Cardápio na porta, e só com preços dos churrasquinhos

O cardápio é pendurado na porta e só tem os preços dos churrasquinhos.  Então, quem for ao Urugua, nada de afobação. Tem que ter muita paciência, porque as comidinhas são de primeira linha e vale a pena esperar. Mas acabam rápido. Se isso acontecer, não perca a esperança e volte outro dia para saborear as delícias do boteco que tem alma e história.

Agora, campeão de verdade é o César, que  já foi morador de rua, mas venceu na vida. E além das boas comidas que serve em seu boteco, seu gosto musical é bem legal. Nada de brega ou sertanejo. Lá só toca Beatles, Pink Floyd, Ray Charles, Janis Joplin, Renato Russo, Djvan…

Mas vamos ao time de comidinhas do Campeão. Sobre a saga do uruguaio, conto no final do post.

Pastel na realidade é empanada do Uruguai, impossível comer apenas um

Pastel na realidade é empanada do Uruguai, impossível comer apenas um

Pastel latino – No Boteco é vendido como pastel, mas na realidade é uma empanada. A diferença é a textura da iguaria que lembra pastel de forno, porém é mais fina. Até pensei que a empanada era assada, mas errei. É frita e incrivelmente sem gordura.  Como sou fã de carne, não provei outro sabor. É uma perdição e a gente acaba repetindo a dose. O pastel até parece “grávido” com seu recheio farto.

Melhor churrasquinho é de figado de galinha

Melhor churrasquinho é de figado de galinha

Churrasquinhos- Tem de frango, carne, medalhão, fígado, calabresa, coração, charque e moela. Provei o de carne, que é bom; mas amei o de fígado, super macio e com sal na medida. Todos vêm escoltados pela farofinha e vinagrete. O molho de chimichurri, grande vedete do Boteco, acompanha o espetinho de carne.

Chimichurri é um molho tradicional do Uruguai, usado principalmente para fazer churrascos. O próprio César

Chimichurri é um molho  para fazer churrascos e o próprio Cesar faz

Chimichurri é um molho tradicional do Uruguai, usado principalmente para fazer churrascos. O próprio Cesar faz o molho à base de azeite com mistura de ervas, mas ele não revela todos os ingredientes, diz apenas que leva salsa e azeite. O molho também é tradicional da Argentina, mas Cesar defende que a iguaria é legitima do Uruguai.

Pão de alho é um dos queridinhos do Boteco

Pão de alho é um dos queridinhos do Boteco

Pão de alho – No churrasquinho, o pão de alho tem assento garantido e é um dos mais pedidos entre os fregueses. Para quem deseja jantar, tem porção de macaxeira com os churrasquinhos. Infelizmente não deu pra provar tudo.

Camarão é recheio da macaxeira

Camarão é o recheio da massa de macaxeira

Camarão – O crustáceo temperado no sal recebe uma massa de macaxeira, depois é empanado com a farinha panko (pão japonês) e frito. Também é muito bom e custa R$1,50.

Cesar já foi hippie, morador de rua, agora é empreendedor do Boteco Urugua

Cesar já foi hippie, morador de rua, agora é empreendedor do Boteco Urugua

De Morador de rua a empreendedor – Cesar nasceu em Paysandú, interior do Uruguai mas ainda criança a família mudou-se para Montevidéu. “Nunca fui muito apegado aos estudos. Gostava da rua, da liberdade”, confessa o uruguaio. Mesmo assim, fez segundo grau completo e começou a trabalhar. De tudo fez um pouco. Foi ajudante de cozinha num barco de pesca no alto mar e labutou em supermercado, padaria e por aí vai.

Um dia, Cesar resolveu viajar a pé e de vez em quando pegava carona. Neste estilo de viagem, o uruguaio levou quase quatro anos de aventura pelas cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Bahia e Sergipe. Mas quando chegou ao Recife, o calor danado pedia um mergulho do mar. A partir daí sua vida virou pelo avesso: roubaram todos os seus pertences e, sem lenço e sem documento, só restou viver na rua.

O singelo Boteco do Urugua, mas a comida é digna de aplausos

O singelo Boteco do Urugua, mas a comida é digna de aplausos

Voltou para Salvador, mas como faltava conhecer Maceió, decidiu tentar a sorte na capital alagoana, embora tenha sido alertado que aqui era “terra de matador”.  Cesar não deu ouvido. Sem conhecer ninguém e sem documentos, viveu e trabalhou nas ruas da capital alagoana, lavando e tomando conta de carros por uns trocados. Já chegou a trabalhar por um prato de comida.

Mas a sopa, uma singela comida com tempero de amizade, doada pelos voluntários da Casa dos Espíritos, foi a oportunidade de Cesar. Lá ele conheceu Prazeres, que lhe ofereceu o emprego de vendedor de confeitos. Oferta aceita e, pouco tempo depois, o hoje dono de boteco passou a comercializar cachorro quente na bicicleta.

Os churrasquinho vão para grelha a partir das 16h

Os churrasquinho vão para grelha à partir das 16h

E foi no seu novo emprego de vendedor de suco e sanduíches que conheceu sua amada Angélica. Juntos fundaram Boteco do Urugua. É uma linda história e, claro. está resumida. Mas o legal é que a sopa com tempero de solidariedade mudou a vida de Cesar. Ele saiu das ruas para uma vida digna e nós ainda saímos ganhando com as ótimas comidinhas do Boteco do Urugua.

Júnior Bocão, do Divina Supernova, muito grata pela dica preciosa.

Perfil do pastel uruguaio, até parece “grávido” com seu recheio farto

Perfil do pastel uruguaio, até parece “grávido” com seu recheio farto

Detalhe: no Boteco, a cerveja é litrinho (300ml), porque não há espaço físico para garrafas de 600ml. O lado bom é que a cerveja está sempre gelada.

Churrasquinho de carne do Urugua

Churrasquinho de carne do Urugua

Rota Boteco do Urugua

Coxinha e Pastel – R$ 2,50/ Churrasquinho à partir e R$ 3,50 – Não aceita cartão

Funciona de segunda à sexta, das 16 horas até meia noite (pode fechar antes, depende do movimento).

Rua Silva Sampaio, 154 – Poço/ Telefone:98818.2032/ 99636.6995

Como chegar: Entre na rua do Moinho Motrisa e na terceira rua vire à direita (depois do Edifício Solaris). Siga até a segunda rua (sem saída).

Detalhe do Boteco do Urugua, as fotos dos seus ídolos do roock

Detalhe do Boteco do Urugua, as fotos dos ídolos do rock do Cesar

 

«

»

28 comentários
  • Rose
    3 anos Atrás

    Parabéns, que história de vida linda. Que Deus abençoe vc e sua família. Que sua história sirva de exemplo para pessoas que não gostam de lutar.

  • Evelly
    3 anos Atrás

    Nide,
    Já anotei no meu caderninho para conhecer o lugar. Estive no Uruguai recentemente e realmente eles possuem um bom gosto incrível para comidas e músicas, este lugar era o q eu precisava em Maceió. haha!
    Obrigada por mais uma dica!

  • Anthony
    3 anos Atrás

    Gostei da trilha sonora…irei la ouvir janis Joplin

    • Kleber mariano
      3 anos Atrás

      Parabéns Uruguai,e só o início de mais uma bela história. Sucessos “campeon”

    • Junior
      3 anos Atrás

      Ele merece. Um cara batalhador e muito gente fina.
      Sucesso meu amigo.
      Que Deus te abençoe e te dê muitas bênçãos.

  • joel
    3 anos Atrás

    Oi Nide!

    Adoro vê tuas dicas, adorei vê a dica do pastel do chico pq eu e meus colegas de trabalho comemos todo sábado lá, kkk. Agora vou de indicar para vc uma barraquinha de comidas tipicas no Trapiche da Barra em frente ao posto Ipiranga na Av. Siqueira Campos, lá tem um bolo de macaxeira simplesmente maravilhoso. Eu sempre vou lá no final do expediente e é incrível, uma mistura de “paradinha na vida” enquanto se vê a correria e vai e vem dos carros. Abraços!

    • Nide Lins
      3 anos Atrás
      AUTOR

      Joel, grata, vou um dia lá conferir. abraços

  • Diogo Buíque
    3 anos Atrás

    Excelente história, excelente texto, fotos e sobretudo a aparência das comidas apresentadas está sensacional!!! Irei lá conferir

  • Ingred Carvalho
    3 anos Atrás

    Muito linda a história, né?! Tenho orgulho de ver uma grande parte dela, o conheci no centro da cidade onde tomava meu café da manhã com seus deliciosos sanduíches….. Desejo a esse casal muito sucesso pois sinto que a hora chegou. Bjs

  • Wolverine
    3 anos Atrás

    Melhor que a da tantan ?

    • Nide Lins
      3 anos Atrás
      AUTOR

      Wolverine, a da Tantan é boa, mas de farinha de trigo. A do Boteco do Urugua é de batata inglesa, portanto mais macia e saborosa. Mas Wolverine, vc pode ir lá provar e dá seu veredito. Grata

  • Edvaldo emidio
    3 anos Atrás

    E vou moro perto do aeroporto queria saber onde fica e se abre aos sábados pela manhã devido morar longe mais quero ir tem telefones para contato

    • Nide Lins
      3 anos Atrás
      AUTOR

      Funciona de segunda à sexta, das 16 horas até meia noite (pode fechar antes, depende do movimento).

      Rua Silva Sampaio, 154 – Poço/ Telefone:98818.2032/ 99636.6995 Como chegar: Entre na rua do Moinho Motrisa e na terceira rua vire à direita (depois do Edifício Solaris). Siga até a segunda rua (sem saída).

  • Diego
    3 anos Atrás

    Recomendo, sao otimos os petiscos, e o atendimento impar.

  • Iuri
    3 anos Atrás

    Faltou o endereço completo!!

    • Nide Lins
      3 anos Atrás
      AUTOR

      Funciona de segunda à sexta, das 16 horas até meia noite (pode fechar antes, depende do movimento).

      Rua Silva Sampaio, 154 – Poço/ Telefone:98818.2032/ 99636.6995 Como chegar: Entre na rua do Moinho Motrisa e na terceira rua vire à direita (depois do Edifício Solaris). Siga até a segunda rua (sem saída).

  • Daniela Fabrício
    3 anos Atrás

    Uma história digna de aplausos, batalhador, esforçado, sempre seguiu a vida com dignidade, hoje tem uma oportunidade de mostra seu talento culinário, quem provar de suas delicias não deixa de provar outras vezes!
    Ambos merece aplausos pela perseverança em tudo que faz!!!
    Cesar Pires merecedor dessa oportunidade Nides, para ele mostrar seu trabalho!

  • Josi
    3 anos Atrás

    Comida perfeita!Atendimento 10 tanto dele,quanto de sua esposa!Homenagem mais que merecida!

  • Emília Cavalcanti
    3 anos Atrás

    Com certeza irei conhecer.

  • Yvette Moura
    3 anos Atrás

    Que delícia de história, Nide! Não como nada disso, mas confesso que lendo o seu texto deu vontade de ir lá, nem que seja pra tomar um copo d’água, ouvir uma boa música e ver a vida passar, cheia de histórias, cheiros e sabores. Parabéns pelo belíssimo trabalho!

  • Karina Cardoso
    3 anos Atrás

    Sou uma pessoa sortuda por conhecer esse casal. Conheço Angélica há um bom tempo e conheci Cesar através dela…pessoa maravilhosa! Nos trata muito bem e esse casal nos recepciona com um carinho incrível. Estou devendo uma visita no boteco.Gosto muito de ir lá pra tomar aquele caldinho delicioso. Deus os abençoe imensamente esse casal de campeões!

  • Karina Cardoso
    3 anos Atrás

    Parabéns Nide Lins! É uma excelente história!

  • Arivaldo Maia
    3 anos Atrás

    Querida Nide:Você continua imbatível com sua página que indica locais maravilhosos em Alagoas. Sem esquecer texto e foto de excelente qualidade.Vejo todos os dias.Insuperáve. Parabéns. Arivado Maia.

  • Régia Santos
    3 anos Atrás

    Eu moro perto do boteco. Gente, valeca pena conferir. O churrasco com a macaxeira, o pastel, o molhinho, não tem comparação. E olhe que não gosto de churrasco. Bom demais!!!

  • Monique Soares
    3 anos Atrás

    Ambiente familiar com petiscos saborosos e inigualável quem prova volta ,esse Uruguaio e um guerreiro digno de toda glória junto a sua amável esposa angélica quem chega lá e recebido com muita simpatia e atenção super indico
    “Boteco do Urugua”
    Comidinha caseira petiscos com ingredientes diferentes show .

  • Rafael Almeida
    3 anos Atrás

    Primoroso seu texto mais uma vez, Nide!
    E que bela história deste uruguaio! Prova mais uma vez que quem tem vontade de trabalhar e vencer, honestamente, é recompensado!

  • Manoel Costa
    3 anos Atrás

    Muito bom! é um privilégio morar próximo. Sucesso Urugua

  • Célia
    1 ano Atrás

    A seleção musical está me convidando… Irei com certeza!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.