TOPO
Botecos Destaques

Sanduba de respeito

 

Pernil suíno temperado na simplicidade do sal e desfiado, é um dos recheios do sanduíche no pão baguete, por sinal bem abençoado para abrigar mostarda, queijo, maionese, alface, tomate e picles de cebola roxa. O sanduba de respeito é do novo espaço gastronômico Tamarineira, no bairro do Poço, lugar pequeno, agradável, que remete à casa de amigos, família… Quem comanda a cozinha é o chef Ramiro Ribeiro, com auxilio luxuoso de sua amada Carol Almeida e do cozinheiro Nilton Silva.

Mimo Tamarineira: a água é cortesia da casa, e a primeira xícara café custa R$ 3,00 , depois, é só pedir o próximo café e não paga.

Detalhe do sanduíche de pernil suíno, lindo de comer

Adorei o sanduíche, não apenas pela sua generosidade, mas pelo sabor, a carne de sol com nata (sem exageros) é super macia. E gostei muito dos picles de cebola roxa, fugindo da tão conhecida cebola caramelizada. Além dos sabores de pernil suíno e carne de sol da nata, também tem o vegetariano de cogumelos, não provei, mais um motivo para voltar à Tamarineira.

Sanduíche de carne do sol de nata, merece toda atenção

Aliás, veja os motivos para experimentar as guloseimas da Tamarineira:

Pra sempre – O tradicional cuscuz de milho com filé de suíno de carne de sol é perfeito. A carne de sol é uma produção do próprio chef Ramiro, ela é macia e suculenta, perfeita para acompanhar o cuscuz refogado, fofo e molhadinho. O quitute nordestino é pra sempre. Ainda vem o vinagrete.

Batata frita com carne de sol na nata

Tom nordestino: Em vez de queijo cheddar, a carne de sol na nata fez sua estreia na batata frita. Detalhe: Ramiro produz a própria carne de sol de boi e de filé suino para vender. E as duas têm qualidade.

Bolinhos de feijão verde e de macaxeira, um bom começo

Bolinhos – De macaxeira e de feijão verde (espetáculo) são os bolinhos que fazem a festa do novo boteco, mais charmoso da cidade.

O casal Carol e Ramiro da Tamarineira, boteco com gosto familiar

Gente nova – Ramiro é jornalista, mas resolveu investir nas panelas, ganhou diploma de gastrônomo e iniciou a carreira em restaurantes e hamburgueria, até que um dia resolveu ter sua própria cozinha Com apoio do seu investidor, o seu pai, de quem herdou o nome, Ramiro, abriu a Tamarineira, cozinha afetiva.

Torta de chocolate amargo polvilhado com paçoca

Tamarineira remete ao nome do bairro em Recife, a árvore frondosa que tinha na rua e na escola de Ramiro. “Meus pais tinham um boteco e minha mãe ,Dynah, cozinha muito bem, como o cuscuz e a galinha. Já o meu pai fazia carne de sol para vender no mercadinho. Com eles aprendi a gostar da gastronomia regional”, diz o chef, que trouxe as boas lembranças da capital pernambucana para seu botequinho em Maceió, com comidas saborosas, bom custo benefício e que lembra um cantinho familiar, delicioso para espraiar.

Gordinho – Torresmo vem com um bom pedaço de carne de porco para incrementar, limão, e assim a vida segue feliz

Rota Tamarineira

Preços dos sanduíches de R$ 14,00 até R$ 20,00/ Petiscos: de R$8,00 a R$10,00/ Cuscuz refogado com carne – R$ 14,00/ Aceita-se cartões

Horario: De segunda à sábado, das 16h até 22h

Rua Deputado Abelardo Lopes, Galeria Luz, loja B, Conjunto Santo Eduardo- Poço/ Telefone:(82) 99960-9054/ Depois do Passaporte do Careca (Santo Eduardo) entra na primeira esquerda

«

»

2 comentários
  • Monica
    2 anos Atrás

    Adorei o cuscuz com a carne de sol maravilhosa. Lugar bem bolado e pessoal melhor ainda!! Voltarei para experimentar o sanduba. Obrigada pela dica…foi otima!!!

  • Junior
    2 anos Atrás

    tornei-me cliente, a torta é massa, o torresmo como um limãozinho viixi, o cuscuz com carne de sol na nata é dez e a cerva sempre estupidamente gelada! sem falar que tem sempre uma música bacana rolando, fugindo do lugar comum, Tamarineira é uma ótima pedida.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.