TOPO
Cafetaria Destaques

Um bom café, doçuras e gostosuras

Os grãos vêm de cafezais de Minas Gerais, mas a torrefação é feita em território alagoano pela empresa RDV Roasters (@rdv.roasters), que dá o tom amendoado ou  de notas frutadas ao café especial e exclusivo da Le Brulé (@lebrulecafeteria). E de tão bom, nem precisa de açúcar para a gente sentir a essência da bebida bem brasileira. E para acompanhar? Pode ser uma fatia de bolo de laranja ou de chocolate, uma brasileira, ou um tostex de queijo com presunto… Aliás, no Le Brulé fica até difícil de escolher o que comer, porque são muitas gostosuras.

Cafés da RDV Roasters (@rdv.roasters) feito especialmente para Lé Brulé. Foto Rui Nagae

Agora, literalmente, o Le Brulé com as portas abertas para o jardim, a cafeteria recebe seus clientes a partir das 9 horas e está mais charmosa e saborosa com as tradições e as tendências de mercado, como uma geladeira com itens para levar para casa, como o pudim sem lactose.

Dupla perfeita: Chocolatíssimo com cacau belga e o chiffon de laranja com caldinha cítrica de açúcar que cristaliza. Foto de Rui Nagae

Para a reabertura do Le Brulé, a confeiteira Sandy Farias presenteou os fãs com dois novos sabores de bolos: o “Chocolatíssimo”, com cacau belga e cinco camadas de recheio de ganache de chocolate ao leite e meio amargo; e o chiffon de laranja com caldinha cítrica de açúcar que cristaliza. Ambos são divinos com café, e fica até dificil de escolher. Eles têm sabor de infância.

Pudim sem lactose da Le Brulé. Foto de Rui Nagae

E para quem deseja manter a dieta tem salada de fruta sem açúcar, enfim, tudo conspira a favor da Le Brulé, do bom café ao atendimento impecável.

Com a reabertura a Lé Brulé está mais bonita. Foto de Rui Nagae

Para lembrar: Thiago, o novo sócio, é frequentador assíduo da cafeteria, ele procurou conversar mais um pouco com Andréa e Sandy quando viu a postagem de despedida, e conseguiu contagiar as empresárias com uma oferta sincera de união de forças. “Eu sempre fui um fã da marca Le Brulé, consumia muito os produtos, sempre fui muito presente na cafeteria, então o fechamento me chamou atenção e eu entrei em contato com elas. Entrei para somar e trabalhar junto com a equipe Le Brule”, contou Thiago.

Meu mundo pelo tostex de queijo com presunto da Le Brulé. Foto Rui Nagae

Conheci a Le Brulé em 2016, e de lá pra cá sou admiradora da garra das meninas, Sandy confeiteira de mão cheia, e Andreá administradora perfeita.  O talento das duas trouxe um conceito de cafeteria cheio de charme, doces finos e com DNA receitas alagoanas, afetivas e tradicionais, como a brasileira da Tia Fátima, mãe de Sandy (sai por encomenda).  Como diz o nosso Cartola: “Fim da tempestade/O sol nascerá/ Finda esta saudade… Viva Le Brulé.

O café da Lé Brulé ganha até figurinhas lindas. Está de gatinho é minha cara. 

Rota Le Brulé

Preço a partir de R$ 4,50/ Aceita-se cartões

Abre todos os dias das 9 as 21h

Rua Gen. João Saleiro Pitão, 1037, Ponta Verde/  Telefone: 3325.2037/ 99694.2556

«

»

1 comentário
  • Monica Rocha
    1 mês Atrás

    Gostaria de parabenizar pela matéria, pois este assunto café pra mim é maravilhoso. Uma bebida dos Deuses !!!!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.