TOPO
cozinha de boteco Destaques

A tilápia manda bem no “Piaba”

“O rio São Francisco é tudo!”, argumenta Léo, rapaz criado dentro das águas doces, onde aprendeu a pescar, nadar, sobreviver e viver sob as bênçãos do Rio Opará, como chamavam os índios, ou Velho Chico, apelido carinhoso dado pelos ribeirinhos. Mas é no Bar do Piaba na cidade de Pão de Açúcar, que sua história ganhou um capítulo de empreendedorismo saboroso: da sua cozinha saem por semana, em média, 30 a 40 tilápias, temperadas no sal e polvilhadas na farinha da mandioca. Detalhe: chegam à mesa, inteiras e abertas com a pele bem crocante, e carne macia. Tire as espinhas e respingue gotinhas de limão para ser bem-aventurado na cidade alagoana de Pão de Açúcar.

Para acompanhar o peixe, arroz e feijão caseiro da casa, comem bem três pessoas. Cada tilápia pesa em média um quilo e meio, e vem da cidade de Delmiro Gouveia. “Gostamos de manter o padrão do peixe, sempre grande”, diz Léo.

Cidade de Pão de Açúcar beleza do Rio São Francisco

Lá também tem pitu no leite de coco e com pirão, mas não tem sempre, lembrando que de novembro a dezembro é o período de defesa desse camarão da água doce.

história do Bar do Piaba começou com o alagoano Cicero Tavares Bezerra, o famoso Piaba, pai de Léo. Ele criou e educou os seis filhos com a pesca. Depois, colocou um modesto bar de taipa com palha, mas com a comida boa tudo mudou e hoje, sem palha e nem taipa, a casa deu mais sabor ao boteco.  Léo, que viveu um tempo em São Paulo, como todo nordestino retornou ao doce lar e mantém a tradição do bar ao lado do pai para nossa sorte.

Detalhe do Bar do Piaba em Pão de Açúcar

Rota Bar do Piaba

Preço: Peixe tilápia com arroz e feijão – R$ 50,00/ Aceita-se cartão

Funciona de Terça à domingo das 8h até as 18h

Rua Manoel Rodrigues, Tororo,  75 – Pão de Açúcar/Telefone: 82 99933-4294

 

 

«

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.