TOPO
Meus Destinos Turismo

De Japaratinga a Porto de Pedras, além de belas praias

Comer bem é um dos motivos para viajar de Japaratinga a Porto de Pedras. Na foto arroz de camarão da Pousada Doze Cabanas

Comer bem é um dos motivos para viajar de Japaratinga a Porto de Pedras. Na foto arroz de camarão com salada da Pousada Doze Cabanas na praia Barreira de Boqueirão

Uma viagem de final de semana não se resume apenas às belas praias de Japaratinga a Porto de Pedras, duas cidades litorâneas do Norte de Alagoas. Vai além disso e, nesta postagem, reuni cinco dicas (Pousada Doze Cabanas, Restaurante Companhia da Lagosta, Pousada Vila de Taipas, Peixada da Marinete e passeio do peixe boi) que mostram o quanto vale o passeio nesse trecho.

Pousada Doze Cabanas em Japaratinga, o simples que cativa

Pousada Doze Cabanas em Japaratinga, o simples que cativa

Pés na areia – A Praia Barreiras de Boqueirão, em Japaratinga, é minha predileta. Calma, bonita, água morna, tem até quem pegue onda e surfe, como é o caso do pernambucano Frederico da Cunha Araújo, o popular Fred, dono da Pousada Doze Cabanas, onde o luxo é a assistir à natureza e ouvir o barulhinho do mar.

Doze Cabanas é cercada de verde. Todas as vezes que eu estou por lá, não paro de olhar a frondosa árvore de fruta-pão, na tentativa de ver se está na época de saborear seus frutos, com manteiga, no café da manhã. Nessa última vez, infelizmente a fruta-pão não estava madura, em tempo, como dizemos aqui em Alagoas , mas o singelo arroz de camarão com saladinha confortou meu estômago. Receita simples. O crustáceo é cozido no molho de tomate com legumes e depois recebe o arroz. Recomendo.

Pousada Doze Cabanas, bem pertinho do mar de Japaratinga, simples e bem legal

Pousada Doze Cabanas, bem pertinho do mar de Japaratinga, simples e bem legal

Na Pousada Doze Cabanas, a diária é R$ 250,00 com café da manhã e jantar pra casal.Não tem TV e nem piscina – Rua da Praia, s/n – Barreiras do Boqueirão – Japaratinga – Telefone: 82 3297.1338 – www.pousadadozecabanas.com.br

Veja o que já publiquei sobre a Pousada Doze Cabanas: http://blog.tnh1.ne10.uol.com.br/nidelins/2013/03/14/doze-cabanas-simplicidade-e-paz/

Detalhe da Pousada Vila de Taipas na praia de Barreira de Boqueirão em Japaratinga

Detalhe da Pousada Vila de Taipa na praia de Barreira de Boqueirão em Japaratinga

Na beira do mar – A pousadas Vila de Taipa que integra o Grupo Vila (reúne o restaurante Companhia da Lagosta e mais duas pousadas) tem tudo que o hóspede precisa: ar-condicionado que não faz barulho, TV, cama king size, frigobar, além da piscina, alguns apartamentos têm hidromassagem. Pousada muito graciosa e tem a melhor vista para o mar de Japaratinga.

O café da manhã é farto, servido no restaurante Companhia da Lagosta, e tem sucos, bolos (feito pela mãe do Iran – dona Rosa), banana frita, queijos, presunto, pães, macaxeira ou inhame, café, leite e cuscuz. Para a digestão, só mesmo uma caminhada na praia serena de Japaratinga.

Lagosta Japaratinga, a minha predileta do restaurante Companhia da Lagosta do chef Iran

Lagosta Japaratinga, a minha predileta do restaurante Companhia da Lagosta do chef Iran

Lagosta Japaratinga – O chef Iran Cavalcante, do restaurante Companhia da Lagosta, à beira mar, tem as melhores caipiroscas nevadas, mas para fazer jus ao nome do restaurante, é o crustáceo que reina na cozinha.

A criação para o Festival da Lagosta de Maragogi, o crustáceo com queijo do reino agradou aos clientes. Também sou fã da “Lagosta com Japaratinga”, grelhada na manteiga e cebola servida com macaxeira frita. Uma tradição da cidade, que começou com a mãe de Iran, dona Rosa.

Japaratinga: Companhia Da Lagosta  – Lagosta Grupo Vila por  Lucivânia Da Silva – Praia de Barreiras de Boqueirão 107 – Japaratinga – Telefone: (82)3297-1271 – www.viladetaipa.com.br. Diária a partir de R$190,00 para casal com café da manhã.

Peixada da Marinete, nossa tradicional casquinha de siri, nota 10

Peixada da Marinete, nossa tradicional casquinha de siri, nota 10

Casquinha de aratu ou de siri? – Difícil escolher,  as duas iguarias são boas, principalmente na Peixada da Marinete, em Porto de Pedras. A casquinha tanto de aratu e de siri são temperadas com legumes e coberta por uma camada de ovo, tradição alagoana.

Também invista na fritada de aratu da Marinete é única, recheio farto coberto por generosa camada de ovos de capoeira, lindamente decorada com rodelas de tomate e pimenta-de-cheiro. Esse prato tem nos tamanhos pequeno, médio e grande tanto na versão petisco como na versão almoço (nesse caso, acompanhado de arroz, feijão caseiro maravilhoso, farofa de arroz).

O amável peixe boi, o melhor passeio do turismo ecológico de Alagoas

O amável peixe-boi, o melhor passeio do turismo ecológico de Alagoas

Peixe – Boi – turistas e alagoanos que navegam em um barco sem motor pelo Rio Tatuamunha (Porto de Pedras) admiram, fotografam e, extasiados, assistem às peripécias de um peixe-boi – que mais parece uma criança carente – jogar a pata no barco e rodopiar, brincando na água doce. Apenas observamos, mas a vontade é cair na água e brincar com o mamífero. Mas para esses bichos dóceis viverem e se reproduzirem, depende de cada um de nós respeitar o seu habitat. A Associação Amigos do Peixe-boi (Ampa) está fazendo a sua parte com o turismo de observação, de forma sustentável. Cinquenta ribeirinhos organizam passeios e, como guardiões, preservam o mamífero ameaçado de extinção.

Respeito, turistas observam e fotografam o peixe boi no Rio Tatuamunha

Respeito, turistas observam e fotografam o peixe-boi no Rio Tatuamunha

O peixe-boi ajuda no controle da oxigenação da água, através da alimentação do capim, e suas fezes orgânicas são nutrientes para os peixes. A gestação do peixe-boi fêmea dura de 12 a 13 meses, e a amamentação, dois anos.

O turismo de observação do peixe-boi foi ordenado desde 2009 pelo Ministério Público Federal. Só é permitido 70 pessoas por dia, organizadas em dez passeios, das 9 até as 16 horas, e cada barco tem capacidade para oito pessoas.

Lembrança: os peixes boi de pano feito pelas mulheres da cidade de Porto de Pedras

Lembrança: os peixes-boi de pano feito pelas mulheres da cidade de Porto de Pedras

Associação de Base Comunitária Peixe-boi

Preço do passeio – R$ 40,00 por pessoa. Criação a partir de 7 anos paga

Rua Luiz Ferreira Dorta, 25 Tatuamunha, Porto de Pedras – (82) 3298.6247 e 99359.7473

 

 

«

»

3 comentários
  • Rosa Cavalcante
    6 anos Atrás

    Já conheço algumas dicas, tudo muito bom e gostoso, no próximo final de semana vou conferir o restante. Valeu!

  • Andressa Palmeira
    6 anos Atrás

    Nide, amo seu Blog e todas as suas publicações da próxima vez que for a Porto de Pedras tem um vilarejo muito charmoso e de praia linda de aguas mornas chamado de Porto da Rua, lugar encantador de povo acolhedor fica a dica, vou a este lugar desde a minha infância e gostaria de vê-la em seu blog, grande abraço.

    • Nide Lins
      6 anos Atrás
      AUTOR

      Andressa, boa noite, está no meus planos, amo Porto da Rua

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.