TOPO
Cozinha Mineira Destaques

Trem “bão” em casa

Quem ama comidinha mineira que nem eu, pode ficar feliz! Os quitutes da Panela Mineira (@panelamineira.al) chega até o nosso doce lar para a gente se fartar na costelinha suína, tutu, feijão tropeiro, couve refogada, frango com quiabo, torresminho, e aquele arrozinho que só mineirinho faz maravilhosamente bem. Quem comanda as panelas é Silvana Rodrigues Moreno, carinhosamente chamada de Sil.  O restaurante, que vai fazer cinco anos, funciona em Riacho Doce e, por conta da pandemia, agora só com delivery e pegue e leve, de sexta a domingo, mas continua o “Trem Bão Sô”.

Costelinha do suína preparada pela Sil da Panela Mineira

E bote “bão” nas panelas da Sil! Essa menina faz tudo no capricho, a costelinha suína com alho bem crocante, daquelas de roer o osso de tão gostosa. Na proposta do restaurante,  a gente escolhe a proteína  e quatro acompanhamentos, tarefa difícil, porque o tutu à mineira e o feijão tropeiro são demais da conta, sô! Eu investi nos dois, e, claro,  no arroz de mineirinho.

Dupla infalível: arroz com alho e feijão tropeiro da Panela Mineira

Eu amo de paixão o arroz de mineiro. Sempre vem polvilhado com alho por cima, e a Sil tem um estilo de preparar o grão: é preciso lavar bem até tirar toda aquela aguinha branca, deixar secar. Depois dourar em um pouquinho de banha de porco, com bastante alho”, diz a mineira, revelando alguns dos seus segredinhos.

Cupim de panela com lascas de alho no azeite

Já o tropeiro, ela cozinha o feijão carioca (al dente), em seguida, em uma frigideira, doura o bacon, linguiça defumado ou fresca, cebola e alho. Mistura com o feijão, acrescenta salsinha, cebolinha, couve refogada e farinha de mandioca! Outro trem “bão”. Essa a gente come sozinho, e com arroz, vige Maria! Outro destaque da casa mineira é Cupim de panela com lascas de alho no azeite.

Foto da Sil no ano de 2016 no quintal da sua Panela Mineiira

Trajetória – Para Sil, alho e uma carninha de porco são a essência da sua cozinha mineira. “Lido com as panelas desde os 12 anos (já fazia angu – toda casa mineira tem, parece com uma polenta). Cozinhar é prazeroso, e adoro pesquisar e pegar referências da cozinha brasileira no geral. Mas eu gosto mesmo é da comida afetiva! Aquela que te leva lá pra casa da sua avó com um feijão gostoso,  ou de um tio que cozinhava um bobó delicioso, sabe? “, diz a mineira de coração alagoano.

Antes de ter sua Panela Mineira, trabalhou numa cantina de colégio. Brincando, ela diz que nasceu numa cidade famosa de Minas Gerais: Galileia, porque é vizinha de Aimorés, terra onde nasceu o fotógrafo Sebastião Salgado”. Mas Sil, com seu tempero mineiro, é a nossa famosa de Riacho Doce.

Na minha mesa nada combina, apenas a vontade de comer: cupim, arroz com açafrão, tutu a mineira e legumes da Sil

Rota Panela Mineira (@panelamineira.al)

Preço: a partir de R$ 21,00 (individual)/ R$ 40,00 (para duas) com quatro acompanhamentos para escolher/ O cardápio deve ser solicitado pelo pelo telefone: (82) 99844-8389

Funciona de sexta (apenas pegue e leve), sábado e domingo (delivery e retirada). As entregas são  feitas das 11h às 15h.

Avenida General Luiz de França Albuquerque (Rodovia AL 101 Norte), 1053 – Riacho Doce

«

»

3 comentários
  • Claudevania
    1 mês Atrás

    Comida deliciosa. Sou fã!

  • Lidiane Araújo
    1 mês Atrás

    Tudo delicioso mesmo. Demais da conta sô. Muito bom. Recomendo

  • Synthia Sanches
    1 mês Atrás

    Que texto verdadeiro! A comida da Sil é tudo isso. A carne e cada acompanhamento são feitos no capricho. Tudo é saboroso, as porções deixam qualquer gulosa como eu satisfeita, o preço honesto e ainda tem o sorriso da chef que não sai do rosto. Obrigada Nide por nos prestigiar com uma indicação de excelente comida mineira em Maceió. Vida longa ao Panela Mineira!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.