TOPO
Destaques Turismo

“Voltei, Ilha do Ferro, foi a saudade que me trouxe…”

Já me perguntaram se achei um namorado na Ilha do Ferro e sempre respondo: meu amor é o Rio São Francisco e os caminhos saborosos que nos levam ao mais novo xodó do turismo cultural de Alagoas, no povoado Ilha do Ferro, em Pão de Açúcar, e sua gente gentil polvilhada de artesãos e bordadeiras. Lá tem sempre novidades, como a pousada Redário da Ilha (@redarioilhadoferro), o jardim da caatinga da casa da Maria Amélia (@galeriakarandash), o hostel Tubarana (@hosteltubaranailhadoferro), casinhas por temporada dos artesãos, comer crepe com queijo coalho na galeria itinerante  DOM (@d.o.dom)…

Detalhe do jardim da casa da Maria Amélia na Ilha do Ferro

E a gente segue navegando pelo nosso rio doce, perambulando pelos ateliês dos artistas, saboreando galinha guisada com pirão da Vana, visitando o Museu da Ilha (@museuilhadoferro) … Simplesmente vivenciamos o paraíso do Alagoas Feito à Mão (@alagoasfeitaamao), que é o projeto do governo do Estado que identifica os artesãos e Cooperativa Art Ilha (@cooperativa_artilha)  do bordado Boa Noite deste povoado em Pão de Açúcar.

Galinha guisada com pirão da Pousada da Vana

A Ilha do Ferro também é o assunto mais buscado no meu blog; todo mês fica entre os 20 mais acessados, então, vamos atualizar o destino mais desejado de Alagoas.


Onde pousar

Casa da Maria Amélia é uma galeria de arte da Ilha do Ferro

Casa da Amélia (@galeriakarandash) – A artista plástica Maria Amélia Vieira e seu bem amado Dalton Costa são apaixonados pela Ilha do Ferro, tanto que, construíram a casa com conceito de galeria de arte, com três quartos com ar-condicionado, cozinha, sala, varanda com vista pelo Velho Chico e o jardim da caatinga. A casa é um luxo do artesanato da Ilha do Ferro. Diária para 6 pessoas: R$800,00 + uma taxa única de R$250(limpeza da casa e lavagem de roupa de banho e cama)/ 3 quartos com arcondicionado/Contatos [email protected] Telefones: (82) 99982-5610 (82)3317-6693 (82)982031709

Redário da Ilha, a mais nova pousada no povoado de Pão de Açúcar

Redário da Ilha do Ferro (@redarioilhadoferro)- A mais nova pousada fica afastada do centrinho do povoado. São quatro apartamentos decorados com artesanato da Ilha do Ferro. O café da manhã é com vista para o Rio São Francisco numa casinha bem simpática. Para os hóspedes, tem o passeio (opcional) de lancha até o Cristo Redentor com almoço e parada para banho no Velho Chico. Diária Casal R$ 350,00, com café da  manhã para duas pessoas/cama extra: R$ 70,00. Telefone: 82 99982-0909

Primeiro hostel da Ilha do Ferro. Fotos: @taymouram

Hostel Tubarana (@hosteltubaranailhadoferro) – No centrinho da Ilha do Ferro tem o charmoso hostel, funciona numa casinha bem lindinha, com dois quartos com ventilador e mosquiteiro. Cozinha completa para fazer as comidinhas, mas também pode encomendar almoço na comunidade. Wi-Fi, roupa de cama e banho. Diária: R$ 50 (mínimo de 2 diárias).

Jardim da Casa do Abilio no quintal do Rio São Francisco

Casa Abílio  (@casaabilioilhadoferro) – O alagoano André Dantas era turista por temporada da Ilha, mas trocou Noya York pelo povoado. Construiu seu doce lar olhando para o Rio São Francisco. O alagoano também aluga a casa com um quarto com ar-condicionado, duas salas, cozinha e varanda com vista para o Velho Chico. Hospedagem para três pessoas. Diária para 2 pessoas R$ 250/ para 3 pessoas, R$ 300. Mínimo de 2 diárias.  (82) 98171-2723

Fachada da Casa do Abílio

Pousada da Vana (@pousadadavana_ilhadoferro )– Lá tem o aconchego de casa de mãe. É de uma simplicidade, e claro, a simpatia da Vana. A pousada é decorada com o artesanato do marido, Aberaldo (@aberaldoilhadoferro), um dos mestres pioneiros na Ilha do Ferro. No quintal da casa, cercado pelo Jardim da caatinga e flores, tem quatro apartamentos com ar-condicionado, e com conforto para uma boa estadia. O café da manhã, almoço e jantar bem nordestino, são preparados pela chef da casa, Vana, e servido numa sala aberta que se mistura ao atelier do artista.

Ilha do Ferro: Pousada da Vana, cercada pelo jardim da caatinga

Pousada da Vana (@pousadadavana_ilhadoferro)– Diária: R$ 120,00 por pessoa com café da manhã)/ refeição (almoço e café) – R$ 20,00 por pessoa/ E-mail: [email protected]/ Telefone (79) 99682-8438

Vandinho e a esposa na casinha simples que aluga para os turistas. E tem uma linda vista para o Velho Chico

Casa da Cira – É o nome da esposa do artesão Vandinho. A família construiu também uma singela casinha toda mobiliada, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O local é bem arejado com ventilador e mosquiteiro.  A proposta é viver como os moradores vivem na localidade. Preço: R$ 80,00 (por pessoa). Telefone: (79) 99943-8947

Detalhe do Atelier Boca do Vento também oferece um quarto e almoço com reserva

Quarto na Boca do Vento (@atelie_boca_do_vento) – No doce lar que abrigou os sonhos do seu Fernando Rodrigues, ainda mora sua filha, Rejania, que com fé no turismo oferece um quarto para duas pessoas com ar-condicionado. Também tem comidinha regional, desde que feita com reserva. Lá funciona o ateliê. Preço: R$200,00 (diária com café da manhã). Almoço regional com reservas – Telefone: (79) 9984-7681/ (82) 9969-3296


Perambulando na Ilha

DOM: Crepe com queijo coalho produzido da Ilha do Ferro

Crepe com arte – Dom (@d.o.dom) é um espaço que une galeria de arte e gastronomia, do alagoano de Delmiro Gouveia, Rafael Brandão, o arquiteto que escolheu a Ilha do Ferro para viver e empreender. Nos dias de quinta a domingo, a partir das 18h, tem o crepe que conquistou os moradores. Adorei o de queijo coalho produzido na Ilha.

Pingentes de cabeça, caju e pássaro, também criações do artista Vandinho

Vagarosalente (@vagarosalente) – O povo da Ilha é muito simpático, todos gostam de  prosa, cerveja e comidinhas; quem chega por lá, vira amigo, como é o caso do casal de jornalistas Tayana Moura (@taymouram ) e Arthur Moura (@@tukumoura). Com a pandemia, basta um computador e internet para trabalhar pelo mundo, no caso deles, pelo Nordeste. Eles agora são chamados de “Vagarosalente”, por saírem viajando pelo Nordeste brasileiro em busca de narrativas sobre pessoas, tempo e território.

Tayana Moura, carinhosamente Tay, enviou um texto sobre a parceria com o artesão Vandinho, que publico na integra, porque é mais uma vertente do turismo cultural na Ilha do Ferro:

“Do encontro dos fios e tramas da arte têxtil com a arte original da Ilha do Ferro, no Sertão de Alagoas, nasce a coleção ‘Norma’. A tecelagem manual e sustentável da Palavra Tramada (por Tay Moura) se entrelaça, numa harmonia de cores, formas e texturas, aos seres entalhados na madeira pelo artista popular Vandinho.

Uma homenagem às mulheres ribeirinhas do povoado sertanejo, a coleção leva o nome do barco que conduz as pessoas da Ilha do Ferro à Pão de Açúcar e representa, ainda, a vida em movimento da artista nômade Tay Moura, à frente do Palavra Tramada

A coleção, com lançamento previsto para agosto, será composta por três painéis de tecelagem manual (batizados de ‘Cira’, ‘Naira’ e ‘Bárbara’) com suportes em madeira, entalhados pelo mestre Vandinho, e três modelos de colares de ‘fiber emballage’ com pingentes de cabeça, caju e pássaro, também criações do artista da Ilha do Ferro”

Para conferir o lançamento, acompanhe no Instagram @taymouram

O que fazer na Ilha?

Leve chapéu, protetor solar, roupas leves, garrafinha de água, máscara, e guarda chuva (eu usei), e pernas para que te quero. Em cada esquina tem uma casa de artesão para visitar: as máscaras do Zé Crente, os bancos coloridos do Vavan, os bailarinos do Yang, os cajados do Petrônio, o atelier Boca do Vento (casa do saudoso seu Fernando), os bonecos e pássaros do Aberaldo, os pássaros dos irmã0s Cicero e Salvinho…

Melhor passeio de barco para tomar banho no Rio São Francisco

Nadar no Rio São Francisco como fez a alagoana Mariana Montenegro (@marianamontenegros) Cavalgar de cavalo foi a opção da Flora Uchôa (@uchoaflora)…  E tem turista, como a artista plástica Bruna Barros, que virou moradora temporária  e desenvolve um trabalho cultural junto às crianças na Cabra Ilha do Ferro (@cabrailhadoferro).

Passeios de barcos pelo Rio São Francisco e de cavalo – Dedé: (79) 99962-3252

As cores e a beleza do bordado Boa Noite da Ilha do Ferro

A Cabra Ilha do Ferro (@cabrailhadoferro) é uma residência artística de exposições. Também promove exposição temporária e recebe artistas que realizam projetos com a comunidade. Atualmente o espaço está no processo de seleção de residência artística. Os interessados enviar mensagem pelo direct do perfil da Cabra.

Imperdível: Visitar o Museu do Fernando Rodrigues

Visite o Espaço de Memória Artesão Fernando Rodrigues dos Santos,  um Museu de Arte Popular da Universidade Estadual de Alagoas. Idealizado pelo professor Jairo José Campos da Costa, conta a história de seu Fernando e sua gente.

Espaço de Memória Artesão Fernando Rodrigues (@museuilhadoferro) – Funciona de terça a domingo, das 13h até 17h

Atelier do artesão Dedé que também organiza passeios pelo Rio São Francisco

As casinhas têm uma placa:  “Aqui tem Artesanato Feito A Mão”, um projeto do Governo do Estado que guia o visitante pelas casas atelier, que guardam verdadeiras obras de arte nas peças esculpidas em madeira e nos bordados Boa Noite.

Na Ilha do Ferro a arte está presente em cada esquina do sertão

Sobre a Ilha do Ferro: A primeira vez que eu viajei à Ilha do Ferro no ano 2002 foi pra entrevistar seu Fernando Rodrigues. Era um dia de domingo e para chegar ao destino, navegamos pelo Rio São Francisco até a casa do sertanejo que fabricava cadeiras aproveitando o design das árvores do mangue, com poemas e frases feitas à faca nos assentos. Nos idos 90 ele era um ilustre desconhecido, mas já admirado pela artista plástica Maria Amélia Vieira e pelo fotógrafo Celso Brandão.  Muito simpático, quando me viu, ele logo disse: “Domingo é dia de festa, não posso perder, e já tem barco esperando ”, comentou.

Camille, neta do seu Fernando, continuou o legado do avô

A Ilha do Ferro é a cara do seu Fernando (falecido), alegre, divertido, e que continue assim, com o turismo pés no Rio São Francisco e com sua gente receptiva, singela, linda, e que ama uma festa!

Arte do mestre Aberaldo

Os irmãos Cicero e Salvinho, artesãos da Ilha do Ferro

Artesãos – Petrônio:  (82) 99601-3194/ Yang: 82 98229-5924/ Leno: (82) 99913.8135/ Vavan: (79) 99827-3166/ Zé Crente: (79) 99904-3302/ Salvinho e Cicero: (79) 99940-8909

 

 

«

»

6 comentários
  • Há Lagoas
    1 mês Atrás

    Patrimônio de minha querida e saudosa Alagoas!

  • Elson Madureira
    4 semanas Atrás

    Matéria perfeita 👏👏👏

  • Edna souza
    4 semanas Atrás

    Lugar lindo…. E mágico!

  • J. Dias
    4 semanas Atrás

    Fantástico, o destino!!!!

  • Silvia Villela
    23 horas Atrás

    Olá Nice
    Pretendo ir com mais 3 amigos no fim do ano. Verificamos a disponibilidade da pousada Redário que nos pareceu bem legal. Ela fica muito afastada do vilarejo ? Estamos em contato com algumas casas, mas a maioria está alugada nesta ocasião. Muito obrigada!

    • Nide Lins
      2 horas Atrás
      AUTOR

      Redário não é longe, fica afastada do burburinho, é bem legal, não é longe, boa viagem

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.