TOPO
Destaques Homenagem

Os céus para Kátia

 

“Kátia está no céu”, é assim que Lipe, o primeiro chef empreendedor de Alagoas com síndrome de Down, entende sobre a partida de sua mãe, vítima de codiv-19, no último dia 9 de junho. No dia 10 eu publiquei uma homenagem à alagoana que foi mãozona até o final, porque Lipe pegou corona primeiro, e Kátia cuidou 100% dele. Uma guerreira, e sua primeira filha, Lenita, que reside em Portugal, enviou uma carta para mim, a qual estou publicando na Íntegra.

Kátia com dois filhos: Lipe e Lenita

A carta resume a luta de Kátia para aceitarem Lipe sem discriminação. “A ficha ainda não caiu para a gente, imagine para meu irmão. Ela foi uma mãe não só para nós dois, mas para muitos outros que puderam testemunhar o seu exemplo de dedicação.”, conta Lenita. Também disse que, quando tudo passar, o hot dog do Lipe vai reabrir com o auxilio luxuoso da tia Regina Célia e Marcelo (padrasto).  Aí sim, o coração de Kátia vai bater bonito em cada um de nós, porque o amor e a ciência hão de vencer essa guerra insana da  COvid-19, e de todos os legítimos aliados do Planalto Central.

Família: Lipe com a namorada Tais, tia Regina, sua mãe Kátia e Marcelo, pai de coração: temperos essenciais para o primeiro empreendedor com Síndrome de Down de Alagoas

Lute como uma mãe!

Foto de 2019 para a materia para revista da Abrasel sobre primeiro chef com Síndrome de Down de Alagoas

Lenita Martins Bandeira

Kátia Maria Martins Oliveira de Carvalho foi a nossa mãe, minha e de Lipe. Nós sempre vivemos em Maceió e sempre fomos muito, muito unidos. Quem nos conhece, sabe.

Quem nos conhece também sabe a mãe devotada que ela foi. O que talvez poucos saibam, é que ela foi uma mãe não só para nós dois, mas para muitos outros que puderam testemunhar o seu exemplo de dedicação.

Ela trabalhava muito, vivia cansada. Mas nunca desistia. Quantas vezes a vimos ir dormir de madrugada, 2, 3 da manhã, preparando trabalho para o dia seguinte. Quantas vezes ela estava cansada, mas lá estava ela no dia seguinte, trabalhando junto com o meu irmão (com o apoio da nossa tia e do nosso padrasto) no Hotdog do Chef Lipe. Foram inúmeras essas vezes!

Era uma luta constante, diária. Era mesmo exaustivo, mas lá estava ela. Tudo pelo meu irmão, tudo para vê-lo realizado, tudo na tentativa de tornar a vida dele a mais normal possível.

Kátia na formatura de Lipe em gastronomia

Eu quero que todos os que vão ler essa carta aberta saibam que, dentro dessa luta da nossa mãe, dentro dessa jornada de sacrifícios, ela recebeu muitos nãos, como de escolas de renome de Maceió que não aceitaram o meu irmão; enfrentou junto com ele olhares e comentários preconceituosos, julgadores, maldosos.

Quantas vezes ela voltou para casa triste, chorando, porque não haviam aceitado o meu irmão em alguma escola que ela queria que ele estudasse? E ele, inocente, se perguntava se ele fez algo de errado e o porquê de não ter sido “aprovado” naquela instituição.

Felicidade: Kátia com Lipe e Marcelo

E lá ia a minha heroína explicar que NADA, absolutamente nada de errado ele tinha feito, e que ela ia arranjar outro lugar para ele estudar.

Daí, mais uma vez por Felipe, nossa mãe, nossa rocha, foi estudar pedagogia. Depois se pós graduou e ainda fez um mestrado. Estava constantemente envolvida com a educação do meu irmão e escolheu esse curso por causa dele.

Antes, ela havia estudado Contabilidade e trabalhava em bancos. Tudo por Felipe, tudo por nós. Que mãe! Que mãe doadora, devotada, a nossa. Por esses motivos e outros que eu não tenho a capacidade de lembrar, já que são tantos, ela foi uma mãe exemplar não só para nós.

Kátia com Lenita, amor para sempre

Ela ensinou como educadora e como cidadã que a pessoa com síndrome de Down pode ter uma vida regular e que cada um tem suas peculiaridades, independentemente de ter uma síndrome ou não. Ela ensinou respeito e cidadania. Ela derrubou barreiras com muito suor e lágrimas.

Muita lágrimas foram derramadas na nossa casa para fazer as pessoas entenderem que a pessoa com síndrome de Down merece o nosso respeito.

Então, no dia de hoje, e em memória dela, eu peço a você que está lendo a minha carta (escrevo de Portugal, onde moro), que quando você estiver na presença de uma pessoa com síndrome de Down ou que tenha uma outra condição como essa, que você se lembre dessa carta.

Brinde a cada conquista do Lipe

Que você se lembre da minha mãe, do esforço dela para incluir o meu irmão na nossa sociedade. Que você trate as pessoas com mais amor, com mais paciência, com mais compaixão e pense que por trás dessa pessoa, existe uma família morrendo de medo que ela seja maltratada, ou que ela sofra.

Ajude, não julgue. A missão da minha mãe, e eu disse isso a ela, foi a de nos educar. Primeiro, a mim e a Felipe como filhos. Depois,  a todos nós, como cidadãos. Nós somos melhores por causa dela.

Bonequinho do Chef Lipe quando completo o hot dog completou um ano

Maceió é melhor por causa da luta dela. Ela já nos ensinou que a pessoa com síndrome de Down merece todo o nosso apoio e respeito.

Então, vamos fazer o que a nossa professora nos ensinou, vamos tirar um 10. Para ela, para as pessoas com síndrome de Down, e  por Maceió.

Lipe e kátia na praia Ponta Verde, exemplos de amor

«

»

24 comentários
  • Edilma Fernandes Vilela de Vasconcelos
    3 meses Atrás

    Historia de luta, muito amor e superação de uma mulher amorosa e determinada! Kátia deu sim, sua contribuição efetiva para uma mundo melhor. Emocionante!!

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Muito obrigada, Edilma! Temos muito orgulho da enorme contribuição dela! Bj ❤

  • Marcelo Carvalho
    3 meses Atrás

    Escreveu com leveza e beleza toda a realidade e luta da mãezona. Eu fui testemunha. Lindo!!!!

  • WILMA
    3 meses Atrás

    Que carta tão reveladora e cheia de amor ! Já me encontrei tantas vezes com o Lipe, esse querido ! Meu coração chega aperta ao imaginar sua vida que seguirá sem esse bem precioso que foi sua mãe ! Deus é Deus desígnios ! Obrigada ,Nide !

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Muito obrigada pelo seu carinho, Wilma! ❤

  • Silvana chamusca
    3 meses Atrás

    Chorei. Minha eterna admiração a Kátia e sua família.

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Obrigada, Silvana! Bjs ❤

  • Suzana
    3 meses Atrás

    Obrigada por nos permitir conhecer uma história de vida tão linda, Nide! Já diz a música: os bons morrem jovens. Que Deus dê o conforto à família e amigos da Kátia.

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Que lindo, obrigada, Suzana! Bjs ❤

  • Regina Feijó
    3 meses Atrás

    Lenita, trabalhei com sua mãe (Kátia) na Prefeitura. Tive o prazer de conviver com o Felipe. Eu e Kátia se tornamos grandes amigas. Kátia tinha um jeito calmo, educado, carinhoso de ser, de falar e de tratar as pessoas. E o que MAIS eu admirava era sua força e seu amor, para com o seu lindo filho. Uma mãe que ficará para SEMPRE como um ORGULHO e MODELO DE MÃE!!!! KATIA!!!!FIQUE EM PAZ! NOS BRAÇOS DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!!!!

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Lembro- me de vc! Obrigada pelo seu carinho. Beijinhos ❤

  • Florenildes Lima de Almeida
    3 meses Atrás

    Que história de vida linda, apesar de inúmeros contratempo, mas Deus sabe de todas as coisas. Mãe admirável em lutar pelo seu filho querido, merece meus aplausos de pé. É de todos nós vai um abraço para família linda que construiu. Amor de mãe é assim mesmo. Ele vai à luta pelos Deus filhos. Que Deus abençoe essa família e que a mãe de Lipe descanse em paz. Amém 🙏🤗✊

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Verdade… Obrigada pelas suas palavras. Bjs 🌹

  • Paulo Roberto
    3 meses Atrás

    Que exemplo de mãe, professora, pessoa cidadã, a sua capacidade de enfrentar a vida e contribuir com um mundo melhor. Que Deus a tenha e vamos desejar a Lipe sucesso sempre para alegria da sua mãe e exemplo para todos.

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Concordo com vc. Obrigada por suas palavras! Td de bom p. Vc é sua família! 🌹

  • Maria Bernadete Feitoza
    3 meses Atrás

    Sou amiga da tua mãe desde a adolescência e com ela e tua família vivi muitos momentos felizes. Acompanhei de longe toda a trajetória de dedicação, amor e luta por Felipe e todo o amor por vocês. Parabéns por ter uma mãe tão boa e dedicada, como você descreve na carta. Sei que lá do céu, ela irá cuidar de vocês e que Felipe está preparado, para junto da família, continuar a trajetória que ela preparou muito bem. Fiquem com Deus e aceitem o meu abraço cheio de afeto.

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Olá, já ouvi muito falar da senhora. Obrigada pelas palavras e votos. Beijinhos ❤

  • Candida
    3 meses Atrás

    Hô meu Deus, como ela deve ter partido de coração partido por deixar os filhos .

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Sim, muito triste. Mas o slfiekentk acabou. Obrigada pelo carinho. Bjs 🌹

  • CLEANE MEYRE DE SOUZA OLIVEIRA
    3 meses Atrás

    Parabéns por sua inspiração e gratidão a sua mãe, realmente ela é uma guerreira e acima de tudo dedicou seu amor ao LIPE para que ela não se sentisse excluído da sociedade. Família abençoada.

    • Lenita
      3 meses Atrás

      Obrigada, Cleane! Muito bom poder contar um pouco de quem ela foi. Ela era demais! Bjs ❤

  • Cristiana Quixadá
    3 meses Atrás

    Estudei com sua mãe no colegio sagrada familia tomei um choque qdo vi a foto ,sua mãe sempre foi uma simpatia na sala com todos, super gente boa muito tempo não a via . Deus na sua sua suprema sabedoria e vontade perfeita a recolheu como uma estrela sempre a brilhar ….que Jesus passe um bálsamo em seus corações os guardem e os abençoe sempre amém 🙏 um abraço no seu💛

  • GINA ARAÚJO
    3 meses Atrás

    PALAVRA PARA DEFINIR TUDO, OU MELHOR, UMA FRASE PEQUENA: “PURO AMOR DE UMA MÃE”! APLAUSOS….

  • Vilma Leão Calheiros
    3 meses Atrás

    Fui amiga da Kátia desde a adolescência, a vida nos afastou, mas de longe nos falávamos de vez enquanto,de longe também, acompanhei sua trajetória, sua luta e determinação pela inclusão do Lipe, sempre torcendo por cada conquista. Kátia era uma pessoa doce, uma Mãe dedicada e um ser de luz ,uma guerreira, deixou seu legado entre nós,. Que ela esteja em paz junto a Deus. Marcelo,Lenita e Lipe, aceitem o meu abraço e meus sinceros sentimentos de pesar!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.