TOPO
Destaques

Barulhinho bom nas panelas goianas

Aceitei o convite para provar os produtos saudáveis do Barulhinho Bom – barulhinhobomchips-  (chips de macaxeira, banana, inhame, batata doce, farofas de macaxeira e batata doce), agregados às receitas da chef Renata Souza, do Paladar Goiano (@paladargoianorestaurante). Resultado, matei a saudade do arroz de pequi, galinhada, e ainda teve vaca atolada e curau, tudo muito gostosinho e, ao mesmo tempo, me deparei com duas histórias empreendedoras no solo alagoano.

Barulhinho Bom é uma fábrica que produz mix de castanhas, chips de macaxeira, batata doce, banana verde, inhame, e as farofas de macaxeira e batata doce

Barulhinho Bom é uma pequena fábrica que produz chips de macaxeira, batata doce, banana verde, mix de castanhas, inhame, e as farofas de macaxeira e batata doce, na cidade de Marechal Deodoro. E para mostrar a versatilidade dos chips e farofas nas receitas, chefs são convidados para o desafio de elaborar receitas com produto alagoano. Uma das convidadas foi a Renata.

Então fique ligado: Barulhinho Bom, a gente compra em lojas de produtos naturais, supermercados e no site:www.barulhinhobomchips.com.br, já as comidinhas goianas do Paladar Goiano, o empreendimento atende por delivery, todos os dias, das 11h às 15h e das 18h às 22h.

Galinhada com arroz de pequi, tutu com farofa de macaxeira

O chip de macaxeira tomou o lugar da torrada de pão francês, para combinar com vaca atolada preparada com macaxeira e costelinha bovina. Agora, o arroz de pequi (fruta com sabor forte e massuda) mandou bem com a galinhada com chips de macaxeira e tutu goiano com a farinha de macaxeira (chip triturado).

Curau é semelhante a nossa pamonha em vez do leite de coco entra em cena o leite de vaca. Para acompanhar chips de banana verde

Para adoçar a vida, o curau (milho verde, açúcar e leite de vaca) casou perfeitamente com o chip de banana verde, aliás esse chip a gente come de brincadeira de tão bom que é. Também foi o primeiro chip do Barulhinho Bom.

Thaís Borges, apostou na alimentação saudável com Barulhinho Bom

A história do Barulhinho Bom é contada pela Thaís Borges: o seu esposo, Vitor, fez bariátrica e precisou mudar alimentação, e assim nasceu os chips como opção saudável. O casal é de Cuiabá, onde a tradição de chips de banana da terra verde, inspirou o novo negócio da família. “Nossa ideia se consolidou no Empretec do Sebrae Alagoas, aliás, até hoje o Sebrae é meu parceiro de sucesso”, contou Thaís.

Renata trouxe os sabores de Goiás para Maceió

Já Renata Souza é tradição, cozinha desde menina, mas sempre sonhou com um restaurante perto do mar, assim, no ano passado, vendeu o carro, arrumou uma amiga como sócia, se mudou para Maceió com seu Paladar Goiano, por enquanto em sistema delivery, mas em breve vai abrir o restaurante para podermos viajar pelos sabores de Goiás.

Rota: Barulhinho Bom – [email protected]/  WatzapApp (82) 99960-5686/ Venda on line:  www.barulhinhobomchips.com.br

Paladar Goiano (@paladargoianorestaurante): 82 98840-3035

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.