TOPO
Destaques Maragogi

Muito além dos lagostins da Barra Grande

“Porque (é primavera)/Te amo (é primavera)/Te amo, meu amor”. Para celebrar a estação das flores, eu lembro desse clássico de Tim Maia e sugiro que você  aproveite a nossa primavera-verão para vivenciar dias de sol e flores na praia da Barra Grande, em Maragogi. Lá, a boa música e a comida brasileira têm espaço cativo na Casa de Praia de Maragogi (@casadapraiamaragogi), lugar bem simpático na beira do mar, com balanço na areia, redes dentro do mar, enfim,  todo conforto na praia. Conheci o restaurante em agosto deste ano, e até choveu, mas não tirou a beleza do local, e os “lagostins do chef” mostraram toda sua realeza.

Lagostins temperado no sal, limão, pimenta, alho e finalizado com manteiga de ervas, batatas douradas e arroz de brócolis,

“Lagostins do chef” é um espetáculo. O crustáceo, aberto ao meio, é temperado no sal, limão, pimenta, alho e finalizado com manteiga de ervas e preparado na chapa. Para escoltar,  batatas douradas e arroz de brócolis, porção da felicidade para duas pessoas ou mais, caso prove uma das entradas da casa, como o filé de aratu.

O filé de aratu (parente do caranguejo, só que minúsculo), tradição do litoral alagoano, é preparado no leite de coco na versão de mini fritada, para um bom começo na praia da Barra Grande.

Detalhe do Jardim da Casa de Praia de Maragogi

A Casa de Praia de Maragogi é um restaurante indicado para os apaixonados e também para famílias, porque na beira mar oferece todo conforto para curtir o lugar. O empreendimento completou um ano no mês de julho passado, conseguiu sobreviver à pandemia, manteve seus funcionários, e atualmente celebra o novo momento com todos os cuidados contra a Covid-19.  A casa é uma sociedade entre Rodrigo Pasquini, Sales Santos, e Mauro Stodolni.

Quem comanda a cozinha é Neide Silva, nascida no povoado de São Bento (Maragogi). Ela sempre gostou de catar mariscos e cozinhar. Mas sua escola foi o hotel Salinas e agora, Neide traz todo seu conhecimento para a Casa de Praia de Maragogi, na praia da Barra Grande, destino famoso pelo Bumba-Meu-Boi do Mestre Eurico.

Preços (a partir): caldinho R$ 9,90. Petisco  R$ 38 até R$ 119 e lagostim (para duas pessoas) R$ 229,00/ Aceita-se cartões
Funciona de segunda a sexta das 9h às 17h/ sábado e domingo das 9h às 18h/ Praia de Barra Grande – Maragogi – Telefone 82.98158.5135


Mais dicas de Maragogi

Pousar:  A praia da Barra Grande também abriga outros sonhos, como o da alagoana Mônica Cristina, enfermeira, morou um tempo na Itália e voltou para Maragogi, onde abriu sua pousada Casa Kuavá (@casakuava), na categoria econômica, bem simpática, com nove apartamentos, jardim  e piscina. Café regional no capricho.

Preço da diária (baixa temporada) 380 reais com café da manhã.

Café da manhã da pousada Casa Kuavá


Balada

Empanadas argentinas do Pallet Bar Maragogi

Como viajei para Maragogi em um dia de segunda-feira e voltei na terça-feira, deu tempo de apreciar a noite no centro da cidade, e lá eu conheci um bar bem bacana, Pallet Bar Maragogi (@palletbarmaragogi), com cardápio argentino (adorei), tem música boa, embora depois tocou uma trilha brega (mas é moda, né). Contudo, a cerveja gelada, as empanadas argentinas, e “tabla milanesa” (carne) com molhos e acompanhada de batatas fritas, comida latina tão saborosa que esqueci até da música. E com certeza voltarei para comer outras empanadas. Preço das empanadas: R$ 30,00 (R$ 4,00) R. J. Carvalho Raposo, 230-286 – Maragogi – Telefone (82)  99975-9662 / Funciona todos os dias das 18h às 24h

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.