TOPO
cozinha de boteco Destaques

Os famosos caranguejos da Nil

“Tem rabada”? Não! Mocotó? Não! Feijoada? Meu amigo, você não leu a placa? Aqui é a Toca do Guaiamum (@toca.doguaiamum)!” Este foi o diálogo franco que a alagoana Nil teve com um quase cliente, claro, quase porque o ilustre senhor foi embora. Ela conta esta e umas tantas outras histórias na mesa de bar para os muitos amigos, sobre a sua trajetória de vida de boteco há mais de 30 anos, na antiga Avenida Jatiúca. Lá tem os melhores caranguejos  cevados, gordinhos, todos devidamente registrados conforme as leis ambientais.

Lembrando, o caranguejo guaiamum é maior em tamanho, tem cor azulada, não possui pelos, e acho mais saboroso por conta da sua gordurinha.

Caranguejada com pirão, receita tradicional da chef Nil na antiga Avenida Jatiúca

Os caranguejos vêm da Bahia e são tratados que nem reis, ficam em um tanque numa dieta saudável de engorda, com macarrão e milho quebrado, em média por uma semana, depois, quando são escolhidos para irem para a panela, eles são cozidos na água e sal com coentro. Mas Nil sempre pergunta se o freguês deseja leite de coco, e do caldo rende um maravilhoso pirão bem tradicional.

Taioba na água, sal e temperos

Mas nem só de caranguejo vive a Toca do Caranguejo. Os frutos do mar e da lagoa também dividem o estrelato, e tudo preparado na tradição siri de coral, carne de siri no leite de coco, camarão acebolado, taioba e lambretas.

Siri de coral, também uma das estrelas da Toca do Guaiamum

Nil é Anilsa Lucia da Silva, alagoana de Maceió, já fez um pouco de tudo, de pedreira a fotógrafa na cidade de Recife, até que voltou para  capital e investiu no bar onde se encontrou profissionalmente, adora a cozinha e os seus fiéis clientes onde sempre troca um dedo de prosa com eles.

O Lugar é simples, e é um bar que atrai todas as tribos, do conservador ao alternativo, do doutor ao artista. Os que buscam a cerveja gelada, os caranguejos são a estrela da casa, e mesmo a Nil com a fama de dona de bar braba, no fundo é um amor de pessoa que, quando sorri, mostra seu verdadeiro coração.

Grata pela dica chef Rodrigo Aragão que é freguês fiel da Nil.

Nil tem fama de dona de bar braba, no fundo é um amor de pessoa

Rota Toca do Guaiamum

Preço: Gaiamum: a partir de R$ 15,00 (unidade)/lambreta – R$ 30,00 (dúzia)/ Caldinho: R$ 7,00/ Aceita-se cartões

Av. Dr. Júlio Marques Luz, 777 (antiga Avenida Jatiúca) – Jatiúca, Telefone: (82) 98833-5262

Funciona de segunda a sexta das 12h às 22h/sábado e domingo das 12h às 20h

«

»

3 comentários
  • Há Lagoas
    1 dia Atrás

    É tudo de bom!

    • Juliana
      11 horas Atrás

      Verdade ela tem fama de braba mas é um amor!

  • Ana Dantas
    14 horas Atrás

    Adoro sua coluna parabéns vce resgata o que há de melhor na culinária alagoana sem cair nas armadilhas da moda blogueira etc que visa mais o lucro do que a verdadeiro prazer de comer bem

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.