TOPO
cozinha de boteco Destaques

Na panela da Bel tem mocotó e muito mais

Você sabe o que é boteco raiz? É quando nas panelas tem tempero bom e tradições, geralmente sem cardápio e sem placa de localização, as cadeiras e mesas são de plástico e a cerveja é sempre gelada, só vai lá quem curte simplicidade, mas em tempos de pandemia tem o serviço pegue, pague e leve. Assim é boteco da Betânia, a Bel, filha de pescador, funcionando em dois endereços, de segunda a sexta, um numa humilde casa na Ponta da Terra e outro, nos finais de semana, atrás da Balança do Peixe da Pajuçara.

Caldinho de camarão com polvo da Bel

Primeiro vamos entender o boteco da Ponta da terra. Por exemplo, às sextas-feiras é a vez do caldinho de polvo com camarão, e na quarta tem o mocotó com pirão, que é o rei, e cada dia tem comida regional riquíssima.

Mocotó da Bel nos dias de quarta ou por encomenda

O mocotó (amei) é só nas quartas ou encomenda com um dia de antecedência. Nas panelas, entra osso de patinho, charque, calabresa defumada, fato, tripa e pé de boi cheio de colágeno para promover sustança ao caldo. Para ficar perfeito, o fato e a tripa são lavados com limão e vinagre, o tempero é cominho na medida certa, alho, vinagre, e a cenoura para dar a cor à tradição.

Na sexta-feira os frutos do mar reinam deliciosamente, o caldinho de camarão e de polvo é de pedir várias vezes e, de tão bom, nem carece de pimenta! Tem peixe frito e ao coco, a nossa estrela camarão e o lagostim na manteiga, cebola e alho.

Camarão acebolado na manteiga, uma das estrelas da Bel

Na Ponta Terra funciona de segunda à terça, numa casa bem humilde, sem placa, apenas o número na porta com uma grade de ferro e cadeado. Chegando lá, é preciso chamar: “Betâniaaaaa!”. Eu sempre ligo antes de ir, e acho que meus seguidores devem fazer o mesmo. Ligar para saber o cardápio do dia ou encomendar. Lá tem cerveja estupidamente gelada, e se estou só tem long neck, ideal para uma alma solitária.

Lagostim no alho, cebola e manteiga

Agora fique ligado: segunda tem carne de sol (produção caseira), terça, é rabada; quarta com mocotó, quinta é dia de  língua, e na sexta vamos de frutos do mar, que vêm fresquinho da jangada só irmão de Betânia, que é pescador.

Bel é um boteco de raiz, simples e de uma riqueza das tradições que aprendeu com a mãe. Na Ponta da Terra ainda tem o som dos vizinhos, na quarta estava tocando os maiores sucessos do momento da internet: “Um conto de fadas/ Veio um carpinteiro/Sozinho, sem nada/ Também sem dinheiro…” Boteco é para viver, mas é preciso gostar.

Feijoada da Betânia nos dias de domingo por traz da Balança de Peixe da Pajuçara

Na Balança de Peixe da Pajuçara há frutos do mar e aos domingos feijoada. Detalhe: Bel, tem jangada para fazer passeio nas Piscinas Naturais. Também você pode comprar peixe, polvo, lagosta, que  Bel cobra R$ 25,00 por quilo para fazer na hora.

A alagoana Bel é mestra da culinária regional no seu boteco na Ponta da Terra

Rota Boteco da Bel

Preço: caldinho: R$7,00/ mocotó – R$ 30,00/ camarão acebolado – R$ 30,00/ Lagostim – R$ 40,00

De segunda a sexta-feira das 11h até 16h: Rua Firmino Vasconcelos, 589 – Ponta da Terra/ Telefone: (82) 98815-1929/98896-3485

Sábado e domingo das 10h até 16h – Atras da Balança de Peixe da Pajuçara/ Aceita-se cartões

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.