TOPO
Destaques Homenagem

Coração do Osvaldo silenciou, gastronomia alagoana de luto

Grandão, alegre, sentava-se às mesas e perguntava como a gente estava, tomava uma cervejinha, e é que assim vou lembrar de Osvaldo Moreira, um cidadão de duplicidade baiano e alagoano. O seu coração estava grande demais para este mundão e silenciou nesta terça-feira, dia 9 de fevereiro de 2021, mas a história dele permanece viva nos sabores e aromas do Akuaba e de sua linda família, Vera, Jonatas e Aina, que vão continuar seu legado.

Osvaldo ao lado da mulher Vera e os filhos Jonatas e Aina

Osvaldo Moreira adorava circular pelas mesas, trocar ideias, era amante da vida, e um grande empreendedor que viu no talento culinário da Vera, sua esposa,  a oportunidade de mudar o rumo da família. O Akuaba começou pequeno,  na casa do casal de baianos, o qual, durante 25 anos,  trouxe felicidades para Maceió com aroma de dendê e muito axé.

Vera e Osvaldo se conheceram num forró

No dia 12 de junho do ano passado, eu fiz uma matéria sobre os eternos namorados até na cozinha, e contei um pouco da história de Vera e Osvaldo,  “Um dos casais mais festejados de Alagoas, baianos, eles escolheram Maceió para difundir o aroma do dendê. Tudo começou no quintal do casal, e assim nasceu o Akuaba. Mas o namoro dos baianos começou no forró de São Pedro, em Salvador e, pelo visto, foi a melhor festa junina, porque são 32 anos de casados, dois filhos maravilhosos, Jonatas e Aina. Osvaldo administra o Akuaba, e Vera é a nossa chef do tempero afro na terra de Djavan”.

Encontro com os botecos alagoanos, Osvaldo prestigiava as tradições da cidade

No ano de 2019 eu tive a honra,  junto com a família Akuaba, de realizar o Encontro com os botecos alagoanos, como o Boteco do Tonho, Bar do Rogildo, Churrasquinho da Mary, Bar do Renaldo (Cadoz), Tapioca Nosso Xodó e Bar do Pelado (Jatiúca).  E lembro da alegria de Osvaldo, porque ele amava um boteco, e por onde passou só fez amigos.

À Vera, Jonatas e Aina,  sei o tamanho da dor de vocês, mas  lembrem-se, Osvaldo lutou pela felicidade de todos, sejam felizes por ele. Que o sorriso desse baiano e alagoano ilumine a trajetória de família Akuaba.

Osvaldo iria completar 57 anos em 23 novembro

Que São Cosme e São Damião, sempre presentes na tua casa, te recebam agora de braços abertos, com caruru e vatapá. Viva Osvaldo!

 

 

«

»

8 comentários
  • Erik Maia
    4 meses Atrás

    linda homenagem, minha amiga!

  • Denize Pita
    4 meses Atrás

    Meus sentimentos a todos os familiares e amigos! Jamais os esqueceremos. Sua gentileza e sua sempre alegria alegria em nos receber ficará sempre em nosso coração.Que Deus o receba em sua morada eterna!

  • Aurelio Brasileiro
    4 meses Atrás

    Não o conhecia pessoalmente, somente o restaurante, poucas vezes que fui, mas o texto acima, muito bem redigido, reflete a importância da família, e o quanto o trabalho dignifica o homem.
    Descanse em paz !

  • Luiz R S Filho
    4 meses Atrás

    Nide, a partida do Osvaldo abre uma lacuna da sua ausência (muito carismático), no entanto, deixa um legado de coragem, perseverança, fé.
    Desejo que sua esposa e os filhos, em seguida a este momento mais difícil da vida, deem continuidade ao AKUABA, símbolo da culinária bahiana em nossa ALAGOAS.

  • Josinete gomes de oliveiara
    4 meses Atrás

    Nossa…..meus pêsames ao querido que sera eterno em nossos coraçoes❤

  • Reginaldo Romão da Silva
    4 meses Atrás

    Lembro muito bem, de Osvaldo ficou na minha memória um gesto muito bondoso, que ele mim propôs eu como oficial de justiça chegando no akuaba por volta das 11:40 para deixar uma notificação, falei pra ele que cheiro bom, é pena que deixei minha carteira no trabalho, e ele disse por isso não você vai almoçar agora e é por conta da casa. descanse em paz no reino de DEUS, e que ele dê conforto os corações dos familiares.

  • Dermival pinheuri
    4 meses Atrás

    Trabalhamos juntos na Bahia e aqui, pessoa maravilhosa. Que Deus o tenha.

  • ANA PAULA SARMENTO B SAMPAIO
    4 meses Atrás

    Noticia triste! Eu e minha família gostamos muito do Akuaba, um restaurante que quase sempre esteve presente em nossas comemorações, em todas as vezes que fomos ao Akuaba o Sr. Osvaldo sempre nos cumprimentava, brincava com minhas filhas gêmeas desde que eram crianças, hoje moças deram a vez das brincadeiras e cumprimento mais infantil para o irmão mais novo. Imagine que nós pretendíamos no dia 11/02 mais uma vez comemorar no Akuaba, aniversário de 17 anos das minhas filhas, uma delas sugeriu de irmos comer acarajé, infelizmente foi quando soubemos da partida do nosso gentil anfitrião, nossos sentimentos a família, que Deus conforte seus corações.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.