TOPO
Destaques Piranhas

O afeto na casa de Álvaro e Suely 

No sobrado datado de 1889, na sala, o café da manhã está posto à mesa e o alagoano Faner entra pelo corredor em passos lentos, trazendo alegria e bom dia na poesia musical de seu saxofone. É muito lindo, uma grata surpresa! Mas quem conhece bem o município de Piranhas, sertão alagoano, sabe que é uma cidade musical e seresteira, tanto que Altemar Dutra tem até estatua bem perto do Rio São Francisco e a famosa Banda Filarmônica, do Mestre Elísio, é tradição cultural.

O café cultural na Pousada do Álvaro e Suely

Acordar ou tomar o café regional ao som do saxofone é o bem receber dos pernambucanos e alagoanos de coração, Álvaro e Suely Moreira, ambos apaixonados pela cidade de Piranhas. Eles se aposentaram e transformaram o sobrado da família em Hospedaria, Casa, Pousada com quatro apartamentos e um hostel. E quem lá se hospeda se sente em casa e a partida é difícil, o casarão abraça a gente carinhosamente.

Bom dia – A música é uma parceria da pousada com a Associação Musical de Piranhas.  Quando o estabelecimento está com três apartamentos ocupados, o casal Álvaro e Suely presenteiam os hóspedes com a apresentação do saxofone.

Café da manhã da Hospedaria, Pousada, Casa na cidade histórica de Piranhas

Mesa farta – O café da manhã, de todos os que eu já conheci na cidade, é o melhor porque segue a mesma filosofia de prestigiar os produtores da região, os queijos, manteigas e requeijão são todos artesanais, oriundos da Casa do Leite, bem como os ovos caipira. Os produtos são tão bons, que os hóspedes viram fregueses da Casa do Leite. Além dessas maravilhas, o cuscuz e a macaxeira são notas 10.

O sobrado da Hospedaria, Pousada, Casa de cor azul e cor de rosa

Sono tranquilo – Todos os apartamentos (3 suítes, um quadruplo e hostel com 12 camas) tem ar condicionado e ventilador), e apenas o hostel não tem televisão. Dormi no hostel, e foi supertranquilo, eu indico para quem viaja só, ou então aluga para a família inteira, com direito a café da manhã incluso na diária.

Corredor da Pousada do casal de pernambucanos

Minha casa – Gosto de lugares com este, do casal Álvaro e Suely. Digo que a pousada tem alma, desde que cheguei lá me senti em casa, ou melhor na casa dos meus sonhos. Sobrado antigo com corredor, quartos, redes, um pedacinho de terra, e das janelas avista-se os telhados e as torres da Igreja.

A recepção tem memória afetiva de Recife e Olinda, com as vestimentas de Maracatu de lança, mas também tem o chapéu de guerreiro alagoano, artesanato da Ilha do Ferro, e as portas estão sempre abertas para o ensaio do Pastoril.

Recepção da Hospedaria uma mistura cultural de Alagoas e Pernambuco

Sonho – Álvaro é arquiteto aposentado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco, era responsável pelas atividades culturais da Chesf. Foi assim conheceu a cidade e foi um dos responsáveis pelo Tombamento Histórico da cidade de Piranhas em âmbito nacional pelo IPHAN.

Quando o sobrado estava à venda, ele comprou para a família curtir a cidade sertaneja. Com os três filhos, Mariana, Clara e Alvinho, já realizados profissionalmente, ele e sua amada Suely dividem seu tempo entre Aldeia (Pernambuco) e Piranhas, e sempre estão por lá para nossa alegria.

Beleza: A simplicidade da moringa, flores e a luz pela janela

Na Hospedaria, Casa, Pousada tem sempre um vento gostoso com a gente, como o sopro do Rio São Francisco refrescando nossas vidas.

Vista da pousada de Álvaro e Suely

Rota Hospedaria, Casa, Pousada

Diária: R$ 180,00 para casal com café da manhã/

Hostel: R$ 90,00 por pessoa com café da manhã/ de segunda a sexta (exceto nos feriados) R$ 70,00 por pessoa

Av. José Nunes de Araújo, 43, Piranhas – AL, Telefone: (82) 3686-1510/(81) 9.8883 – 1685 (WhatsApp)

Detalhe da suíte da Hospedaria, Pousada, Casa

A varanda da Hospedaria, Casa, Pousada

Produtos da Casa do Leite, no bairro do Nossa Senhora da Saúde, estão presentes no café da Pousada

«

»

1 comentário
  • Selma Gomes
    2 anos Atrás

    Eu conheço e confirmo todas essas informações e sentimentos que a Pousada Hospedaria Casa nos oferecem muito mais, como a alegria e o aconchego da calçada a frente da Pousada nas noites de lua. E muito gostoso mesmo e difícil se despedir. Parabéns nidelins, parabéns Álvaro e Suely Moreira. Eu recomendo.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.