TOPO
Cozinha Popular Gastronomia

Feijoada da Tânia é dez

 

Quando sexta-feira chegar, se você estiver no Centro de Maceió, próximo ao Palácio de Vidro do Governo do Estado, na Rua Cincinato Pinto, aposte na Feijoada da Tânia Maria Barros, no seu modesto restaurante Ô de Casa.  O preço é para lá de camarada. Com R$ 13,00, come-se bem e com sabor e tempero caseiro no capricho.

E olhe que a feijoada é o item mais “caro” no restaurante, porque o preço de qualquer outro prato é R$11,00.  O sistema é sem balança. Pode comer acompanhamentos (arroz, feijão,purê,verdura e salada), a vontade. Depois escolha duas proteínas. Adorei a galinha ao molho pardo e bife à milanesa.

Feiojada com bacon, calabresa defumada, charque e, o melhor, tem um caldo consistente

Agora que já explique a política do Ô de Casa, vamos decifrar a feijoada. Ela vem recheada com bacon, calabresa defumada, charque e, o melhor, tem um caldo consistente. “Apenas corto o charque na noite anterior. Chego cedinho, antes das 5h, para começar a preparar a feijoada”, revela Tânia. E a tradição não é gordurosa, o que deixa a  gente na saudade. Para escoltar a guloseima,  arroz, farofa, couve e abacaxi.

Bife à milanesa conquistou meu paladar

Todo dia da semana tem sempre um destaque. Na quarta-feira é bife (coxão mole) à milanesa, por sinal, conquistou meu paladar: carne macia, casquinha crocante, como minha mãe fazia. Na sexta-feira, além da feijoada, tem camarão, peixe, sururu… Lembrando que Ô de Casa é muito simples, cozinha aberta e limpa. A gente vê tudo.

Tânia e a sua filha Junny, duas cozinheiras talentosas

Coração grande

Tânia Maria Barros nasceu em São Miguel dos Campos, trabalhou em laboratório de usina, casou, e passou 21  anos sem trabalhar para cuidar dos quatro filhos (dois adotados). Quando os meninos cresceram, resolveu trabalhar de cozinheira em restaurante. Um dia, o proprietário foi morar em outro estado, e ela aceitou o desafio: arrendou o restaurante.Já se passaram dez anos que comanda o restaurante ao lado da família. Tânia conta com o auxílio luxuoso de sua filha, Junny Maria. “Jesus passou minhas mãos para minha filha cozinhar igual a mim”, diz ela, cozinheira voluntária da igreja que frequenta. De coração grande, não nega comida e nem afeto aos excluídos.

O próprio cliente monta seu prato de acordo com a fome. Evite desperdício

Rota Ô de Casa

Preço: R$11,00 por pessoa com direito ao buffet e duas proteínas. Feijoada -R$13,00/ Não aceita cartão

Funciona de segunda até sexta-feira, das 11h20 até 14h30/ Rua Cincinato Pinto,449 – Centro. De frente para o Palácio Governo de Vidro.Telefone: (82)99652.4998/ 98844.9861

Grata aos jornalistas da Secom do Estado, frequentadores assíduos do Ô de Casa e que indicaram o restaurante para o blog.

«

»

1 comentário
  • M. Pedrosa
    4 anos Atrás

    Fui ontem, gostei bastante, não conhecia.
    Lugar agradável, comida muito boa.
    Estou pensando seriamente em ir provar a feijoada hoje.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.