TOPO
Cursos Gastronomia

São João na cozinha

Aprender a cozinhar e conhecer os segredinhos é sempre bom. Já​ fiz um curso de comida de boteco, e agora estou empenhada na cozinha básica. Oportunidade imperdível que o Senac oferta, principalmente, para os marinheiros de primeira viagem que sonham cozinhar para família e amigos.
Sempre tem cursos no Senac. A assessoria de imprensa da instituição informou sobre o de Culinária Junina, que acontece  de 5 a 9 de junho, das 14h às 17h, na Unidade Poço. A proposta é ensinar bolo pé de moleque, torta salgada de milho, cocada de milho, cuscuz junino, pamonha de forno, bolo de milho, bolo de rolo junino e queijadinha de milho. Informações: (82) 2122- 7858
Além do curso, também tem informações bem bacanas da responsável técnica pela área de Gastronomia do Senac Alagoas, Vânia Araújo. Reuni algumas dicas:

Milho cozido, outro item sagrado das festas juninas

 

Algumas características ajudam a atestar a qualidade do alimento: a palha deve estar verde, e os grãos claros e macios.
1. Limpe com cuidado
Para limpar o milho é preciso tirar a palha, retirar o cabelo e lavar em água corrente.
2. Depois de cozinhar, mergulhe as espigas em água com sal
Logo após cozinhar as espigas de milho em uma panela com água suficiente para cobri-las, mergulhe-as em água com sal e, caso queira, passe manteiga sobre elas
3.Congele
Você pode congelar o milho cru ou cozido, em espigas ou em grãos. Para tanto, envolva as espigas com um filme de PVC e armazene no freezer, dentro de sacos plásticos, por três meses. Já os grãos podem ser armazenados, pelo mesmo período, em recipientes de plástico. Use etiquetas para marcar a data de validade.
E para quem deseja comprar, siga minhas dicas:

Perfeição: o bolo de milho do carrinho do Jailton é fofinho, e de tão macio quebra-se fácil,

Família Jailton:  Produtos novos e frescos são essenciais para a cozinha de Cícera Farias, esposa do Jailton, mais uma dama da gastronomia alagoana. Ela faz o bolo de milho fofinho que, de tão macio, desmancha fácil. É perfeito. Aliás, os outros quitutes de milho e macaxeira seguem o mesmo padrão de qualidade.  De segunda a sábado, das 17 até as 19h30/ Na frente da Padaria Nossa Senhora – Na Avenida Rotary / Aceita em encomenda – Telefone 8853.7009 e 3341.0440

Cícera é a rainha das comidas juninas. Na cozinha só milho verde para fazer as melhores pamonha

 

Casa da Pamonha: Com mais de 36 anos envolvida com comidas juninas, a casa funciona o ano inteiro, para nossa felicidade gastronômica, no Centro de Maceió. Quem comanda o empreendimento é a alagoana de Capela, Cícera Leobino de Oliveira. Ela faz no capricho: pamonha (doce e salgada), canjica, munguzá de milho branco, milho cozido, bolo de milho e de macaxeira. Na cozinha só entra milho verde para fazer as melhores pamonhas. Rua Barão de Maceió, 197 (depois da Santa Casa em direção ao Teatro Deodoro) – centro – Telefone: 98824-3662.

«

»

2 comentários
  • Cicero Harri
    4 anos Atrás

    Que diga-se de passagem, cozinha muito, chegou escondendo o jogo no laboratório, além de participar ativamente das confecções tem retificado os temperos das mesma. Nide Lins, parabéns!

    • Nide Lins
      4 anos Atrás
      AUTOR

      Grata Harri, as aulas com vc são bem legais e divertidas

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.