TOPO
Festival/ Curso Gastronomia

Chef Laurent Suaudeau, “cabra arretado”

“Se não fossem os nordestinos, a gente estava comendo ravioli com molho de tomate”, disse o chef francês Laurent Suaudeau aos comensais, quinta-feira à noite, dia 11, no Espaço Gourmet do Picui, durante o jantar ‎ “Experiência Brasil Bocuse d´Or”. Como saboreei esta declaração,  se eu fosse escrever uma carta ao chef bastariam poucas palavras: “Eita, que cabra arretado”. Não apenas porque ele reconhece a importância da gastronomia nordestina no Brasil, mas por vestir a camisa verde e amarela.

“Se não fossem os nordestinos, a gente estava comendo ravioli com molho de tomate”. Chef francês Laurent. Foto @ruinagaefotografia

“Se não fossem os nordestinos, a gente estava comendo ravioli com molho de tomate”. Chef francês Laurent. Foto @ruinagaefotografia

No jantar, além de coordenar e colocar a mão na massa, o chef francês ficou de olho nos novos talentos e, no final do evento, anunciou: Mari, sub chef do SuR, e Bruno Leahy  do Picui, ganharam um módulo gratuito de gastronomia na escola de Laurent Suaudeau, e foi oferecida mais uma vaga para um chef do Espaço Vera Moreira. Considerei um gesto nobre do Laurent.

Para entender melhor:  Nossa menina de ouro, a alagoana Giovanna Grossi, venceu no Brasil e no México o concurso Bocuse D’Or Brasil, considerado a Copa do Mundo da gastronomia. Mas para embarcar para a final na França com sua equipe, em Janeiro de 2017,  vai precisar arrecadar recursos, já que até agora não tem patrocinador.

Giovanna e Laurent Suaudeau Foto: JF Diorio|Estadão

Giovanna e Laurent Suaudeau Foto: JF Diorio|Estadão

Giovanna e Laurent, com apoio dos chefs Wanderson Medeiros, Jonatas Moreira, Serginho Jucá e Felipe Lacet, promoveram um jantar no dia 11, com o propósito de angariar parte desses recursos. Veja o cardápio ([email protected])   onde o prato principal foram os campeões no concurso do México:

. O quiabo é um dos itens que escoltou o filé- mignon de uma maciez incrível, uma fofura. Foto @ruinagaefotografia

Quiabo é um dos itens que escoltou o filé- mignon de uma maciez incrível, uma fofura. Foto @ruinagaefotografia

Quiabo elegante: No concurso Bocuse D’Or, além do sabor, a apresentação e a criatividade contam. E confesso que nunca comi um quiabo tão elegante e gostoso como o preparado por Giovanna. O legume é partido ao meio, com suas bolinhas lindamente cozidas no tempo certo. O quiabo é um dos itens que escoltou o filé- mignon de uma maciez incrível, uma fofura. Destaque para o molho de pitanga.

Peixe, uma obra de arte do concurso Bocuse D’Or.

Peixe, uma obra de arte do concurso Bocuse D’Or. Foto @ruinagaefotografia

Acelga – O peixe suculento, macio e delicadamente defumado ganhou folha de acelga fermentada e molho verde (tucupi), que deu o azedinho da Amazônia ao peixe alagoano.

Creme de abóbora com toque de gengibre com queijo de cabra

Creme de abóbora com toque de gengibre com queijo de cabra.Foto @ruinagaefotografia

Wanderson– O chef do Picui criou a entrada de creme de abóbora com toque de gengibre, fios de carne de sol e o arremate final: quadradinhos de queijo de cabra.

Lagosta parece uma sereia. Foto @ruinagaefotografia

Lagosta parece uma sereia. Foto @ruinagaefotografia

Jonatas – O chef do Espaço Vera Moreira trouxe o lagostim, lembrando a sereia de Maceió, mergulhado no molho de manteiga e coral de siri. Nordeste com França.

Queijo coalho com mel e espuma de limão. Foto @ruinagaefotografia

Queijo coalho com mel de goiabada e espuma de limão. Foto @ruinagaefotografia

Serginho e Felipe – A dupla de chefs do Sur apostou no nosso queijo coalho no mel de goiaba (nota 10) e a espuma de limão, numa delicada brincadeira de doce e azedo.

Amendoim, sorvete de chocolate e batata doce. Foto @ruinagaefotografiala

Amendoim, sorvete de chocolate e batata doce. Foto @ruinagaefotografia

Amendoim – Os chefs Serginho e Felipe também assinaram a segunda sobremesa, um creme de amendoim, crocante de batata doce e sorvete de chocolate. Agradável surpresa ao paladar a flor de sal, neutralizando o doce.

Agora é aguardar janeiro chegar, torcer e rezar para a nossa alagoana Gioavanna e nosso mestre Laurent e equipe, trazerem a medalha de ouro para o Brasil. Mas já sabemos que a gastronomia brasileira, com sua diversidade de aromas, sabores e tradições, é campeã.

O jantar com os chefs

O jantar com os chefs. Foto @ruinagaefotografia

Apoios e patrocínios para equipe da Giovanna: 82 3336.5300

Em tempo: A gastronomia alagoana é ouro, os chefs Jonatas Moreira, Sergio Jucá e Wanderson Medeiros vão assinar a caldeirada de frutos do mar, na Casa Brasil, durante as Olimpíadas. O evento acontece neste sábado, no Pier Mauá, região portuária do Rio de Janeiro. E de quebra, o show de Wado, enfim, cultura temperando a cidade maravilhosa. A Ação é do Governo do Estado de Alagoas e da Prefeitura de Maceió.

Bastidores do jantar. Foto @ruinagaefotografiala

Bastidores do jantar. Foto @ruinagaefotografia

Chef Laurent com o presidente da Boa Lembrança, André Generoso. Foto Nide Lins

Chef Laurent com o presidente da Boa Lembrança, André Generoso. Foto Nide Lins

Os chefs: Wanderson Medeiros, Felipe Lacet, Serginho Jucá e Jonatas Moreira

Os chefs: Wanderson Medeiros, Felipe Lacet, Serginho Jucá e Jonatas Moreira

 

 

«

»

6 comentários
  • Felipe Camelo
    6 anos Atrás

    Parabéns Nide Lins, vc sabe identificar sabores e + ainda, descrevê-los. Te lendo, parece que estou ‘vivendo’ o maravilhoso jantar novamente. Sou, além de amigo, seu fã. E acho que todo mundo sabe que não sou de ‘xalerar’ ninguém, mas é impossível não registrar aqui meu prazer em te ler. Muito obrigado por ocupar tão bem este espaço na imprensa caeté. Vc é única. Siga…

    • Nide Lins
      6 anos Atrás
      AUTOR

      grata, Felipe Camelo, também sou sua fã

  • Luis Augusto
    6 anos Atrás

    Essa Nide Lins é ARRETADA!!!!
    Sempre seguindo seus tours gastronômicos!!!!

    • Nide Lins
      6 anos Atrás
      AUTOR

      grata, LUis

  • sebastião iguatemyr cadena cordeiro
    6 anos Atrás

    OI NIDE ,ESSES TRÊS PRATOS ME PARECERAM CONVIDATIVOS , O QUIABO , O PEIXE COM ACELGA E A LAGOSTA . CERTAMENTE EU ADORARIA DEGUSTAR QUALQUER DESTES POIS APRECIO OS INGREDIENTES BÁSICOS DELES . O MOACIR SOLICITA O SEU PALADAR PARA SABOREAR SEU ULTIMO LANÇAMENTO , O POMBO – QUENTE , PEITO DE POMBO MOÍDO COM SALSICHA DE FRANGO, NO PÃO FRANCÊS … KI-KI-KI—KI-KI-KI. . .

  • Rafael
    6 anos Atrás

    Que perfeição os pratos da Giovana, obras de arte.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.