TOPO
Destaques Mais acessados

Ilha do Ferro, campeã de março

Adoro viajar pela minha Alagoas, mas agora é tempo de ficar em casa e, se você pode, faça o mesmo,  só assim podemos quebrar a corrente do contágio da covid-19. E quando esta tempestade passar, anote: vamos ao Sertão. Agora, é tempo de relembrar essa região e sua famosa Ilha do Ferro, em texto publicado sobre ela em meu blog, o qual teve 13.715 acessos, campeã de visualizações em março. Em segundo lugar, a receita do pão de macaxeira da Diná, com 12.981 e, em terceiro, o pão de aveia do chef Thawã com 10.792

Foto do instagram @soudepaodeacucar

Como são muitas dicas da Ilha do Ferro, nesta postagem vamos recordar o povoado da cidade de Pão de Açúcar, celeiro de artistas da cultura popular, e assim mando um abraço para André Dantas (@omacumba), que deixou Nova York para virar um ribeirinho e até montou o espaço para exposições, Cabra Ilha do Ferro (@Cabrailhadoferro). Aliás, também a Universidade Estadual de Alagoas (@uneal_oficial) tem museu em homenagem ao seu Fernando, artista local, e sua gente sertaneja. Ah, também tem um instagram muito bacana: @soudepaodeacucar.

Ilha do Ferro, museu a céu aberto na cidade de Pão de Açúcar

Ilha do ferro, no mapa do nosso coração

Conheço a Ilha do Ferro, povoado ribeirinho no município de Pão de Açúcar, exatamente há 23 anos. Na época trabalhava num jornal local, e a viagem foi uma aventura, de carona, até o Sertão para conhecer seu Fernando, personagem fantástico descoberto pelo fotógrafo Celso Brandão e pela artista plástica Maria Amélia Vieira.

Detalhe do Atelier da casa do seu Fernando (falecido) que colocou a Ilha do Ferro na rota do turismo cultural

E assim, nessa rota, milhares de seguidores foram aportando na Ilha que não é ilha para conhecer a comunidade repleta de arte e artistas. O mais recente e ilustre visitante (programa gravado antes da pandemia) foi Luciano Huck, que espalhou por todo Brasil a luz e a energia daquela beira de rio. Fiquei doida para voltar lá!

Os barquinhos e o Rio São Francisco na Ilha do Ferro

Então já sabe: quando a gente aniquilar o novo coronavírus vamos novamente para a Ilha, tomar banho no Rio São Francisco, comer piaba, quebra-queixo do Dodô, visitar o Museu do seu Fernando (@museuilhadoferro) e a Cabra – Galeria de Arte (@cabrailhadoferro), comprar bordado e o artesanato de madeira. Enquanto isso, relembre quanta coisa bacana da Ilha do Ferro tem pra conhecer.

Camille, neta do seu Fernando, continuou o legado do avô

A Ilha do Ferro, povoado de Pão de Açúcar, é um museu a céu aberto. Lá os ribeirinhos fazem do quintal o atelier para as esculturas de madeira, e da porta de casa a vitrine de exposição da arte popular e do bordado Boa Noite. Esse pedacinho do Velho Chico ficou famoso graças ao seu maior artista, Fernando Rodrigues.

Na casa do artesão Dedé com a placa  “Aqui tem Artesanato Feito A Mão”

As casinhas têm uma placa:  “Aqui tem Artesanato Feito A Mão”, um projeto do Governo do Estado que guia o visitante pelas casas atelier, que guardam verdadeiras obras de arte nas peças esculpidas em madeira e nos bordados Boa Noite. Para chegar à Ilha, é preciso pegar uma estradinha de barro ou ir navegando pelo doce Rio São Francisco.

Melhor passeio de barco para tomar banho no Rio São Francisco

Passeio

Na Ilha do Ferro, além de trilhar as casas ateliê dos artistas do povoado, o passeio de barco a motor é imprescindível. O artesão Dedé conhece a ilha como a palma da mão, e tem ótimos roteiros de navegação pelo Velho Chico. A primeira parada é na Ilha dos Anjos (em frente a Ilha do Ferro), ótima para banho. Neste passeio, não deixe de visitar o navio afundado (Moxotó). Por fim, suba o morro (Cemitério das Crianças), dono da melhor vista do Velho Chico. Artesão Dedé – (82) 99665-7355

Vana na sua Pousada da Ilha do Ferro

Hospedagem

Na Ilha do Ferro tem apenas uma pousada, a da Vana (@pousadadavana, esposa do mestre Aberaldo, escultor de bonecos. São  quartos simples com ar condicionado,  frigobar e televisão. Telefone para reserva da Pousada e restaurante da Vana – (79) 99682-8438

Casinhas charmosas:

Casinha da Maria Amélia para alugar por temporada

A casa da artista plástica Maria Amélia Vieira de três quartos com ar condicionado, cozinha, sala e varanda com vista pelo Velho Chico. Contatos [email protected] Telefones: (82) 99982-5610 (82)3317-6693 (82)982031709

Varanda da casa do André na Ilha do Ferro. Foto do instagram @casaabilioilhadoferro

A casa do alagoano André Dantas ([email protected])  tem um quarto com ar condicionado, duas salas, cozinha e varanda com vista para o Velho Chico. A casa comporta três pessoas. Contato pelo telefone:  82 98171-2723

Detalhe da casa do Cabra Ilha, espaço de exposição de arte

O alagoano também tem a Cabra Ilha do Ferro @Cabrailhadoferro (residência artística de exposições)/ Telefone: 82 98171-2723

Detalhe do acervo do Museu do Seu Fernando na Ilha do Ferro

Imperdível:  O Espaço de Memória Artesão Fernando Rodrigues dos Santos é um Museu de Arte Popular da Universidade Estadual de Alagoas na Ilha do Ferro. Foi idealizado pelo professor Jairo José Campos da Costa. Telefone: (82) 3624-8008

Casa da dona Mocinha e Museu do seu Fernando

Turismo cultural – Ilha do Ferro é indicada para quem aprecia a cultura popular, curte vivenciar a simplicidade do sertanejo, saborear pitu, passear pelo Velho Chico, e caminhar entre os ateliês dos artistas populares na mira do sol. Não duvide: o Velho Chico está a seus pés é só mergulhar nas suas águas afetuosas.

Mas bom mesmo é se hospedar na Ilha do Ferro e curtir a vida do povo generoso, alegre, e que não dispensa uma festa e boa proza. Além disso, em cada esquina tem um artista do Velho Chico.

Bonecos do Aberaldo da Ilha do Ferro para Galeria de Arte pelo Brasil a fora

Da cidade de Pão de Açúcar, uma estrada de barro leva até Ilha do Ferro

Melhor quebra-queixo da região é feito pelo Zé Bobô, tradição de 20 anos

Quebra-queixo:  A venda (mercadinho) mais famosa da Ilha do Ferro é a do Zé do Bobô. Ele vende refrigerante, água, cachaça, mas a estrela do recinto é o doce quebra-queixo, preparado com coco ralado e açúcar há mais de 20 anos preparado com esmero pelo alagoano

Os bailarinos do Petrônio e seu filho Yang

Mestte Zé Crente da Ilha do Ferro

Sereia do Vanvan

Bordado Boa Noite, uma tradição da Ilha do Ferro e sempre conta com o apoio do Sebrae

Seu Fernando, da Ilha do Ferro (Pão de Açúcar) e sua natureza da arte, deixou seguidores

Domingos Sálvio Rodrigo assina como D.S.R.

A pequena ave criação do Vandinho

Valmir, genro do seu Fernando, herdou o talento e cria bancos inusitados

A onça e seu autor Faguinho

«

»

4 comentários
  • Andre Cesar
    3 semanas Atrás

    Nide, morei muito anos em Alagoas e nunca fui à Ilha do Ferro. Seu blog me deixou com muita vontade de conhecer esse lugar tão bonito, com tanta arte. Parabéns por retratar tão bem essa terra. Andre Cesar

    • Nide Lins
      3 semanas Atrás
      AUTOR

      vamos lá, depois da tempestade, o sertão nos espera

  • Evelina Antunes de Oliveira
    3 semanas Atrás

    Linda reportagem! Tb ainda não conheço Pão de Acúcar, quem sabe depois

  • orlando ramos do nascimento júnior
    3 semanas Atrás

    só Nide para nos encantar e encher a nossa alma e bucho nesses tempos bicudos ,com as excelentes dicas culturais e gastronômicas….assim que terminar isso tudo , irei correndo com esposa e filho , curtir essa beleza de ilha de arte….. Prof. Orlando/UNEAL

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.