TOPO
Botecos Destaques

Saudades dos botecos? Eles vão até sua casa

Bateu aquela saudade de comidas de botecos, do tempero nordestino de raiz, fique tranquilo. Eles vão até a sua casa através do delivery. E meu povo, vamos ficar em casa, porque este coranavírus não é brincadeira. O vírus está matando sem dó e nem piedade pelo mundo afora, por favor #ficaemcasa e sigam minhas dicas.

Boteco do Urugua tem cozinha diversificada

Boteco do Urugua (@botecodourugua): Os fãs de César Piriz, vulgo Campeón, não têm do que reclamar do bom rapaz, afinal, o Boteco do Urugua é internacional com comidinhas do mundo. O cardápio vai do sashimi ao acarajé, passando pelos churrasquinhos, bolinhos, camarão empanado, lingua de boi, empanadas, hambúrguer artesanal… Por aí vai. São mais 50 de petiscos. Telefone: 82 99636-6995/ 99153-8337

Kebrakama: osso do patinho cozido com feijão

Kebrakama: A comida batizada de KebraKama é osso do patinho cozido com feijão  e  fez tanto sucesso que acabou dando nome ao bar. Quem detém o saber de fazer o prato é Maria Helena Coelho, que há  mais de 30 anos comanda as panelas do simpático recinto. A primeira postagem sobre esse local  no meu blog foi em 2013 e em 2016 conferi o ossinho no feijão e garanto,  continua beleza.No KebraKama também é bom o charque de cupim na brasa. Telefone: (82) 98806-0094

Aprovado: Kafta no formato de bola do Valeu Boi

Valeu Boi (@espetosvaleuboi):  Carne moída bem temperada, recheada com queijo, entrelaçada por bacon, no formato de bola. Quatro bolas são colocadas no palito e seguem com destino a churrasqueira de rua do Valeu Boi. Batizada de bolota de kafta pelo Audrim Leão Vanderley é um dos sucessos do espetinho no bairro do Farol. São mais de 20 anos de história com cerveja gelada e a simpatia da Adriana, Drica, que é “faz tudo”: atende, conversa e prepara o churrasquinho no Valeu Boi.  Telefone: (82) 99617-2704 | 98712-8415

Amo: carne de sol acebolada com queijo coalho, macaxeira, farofa e vinagrete

Recanto da Terra, Comedoria Nordestina  (@recantodaterracomedoria) – A carne de sol do Recanto da Terra é produção da casa, ela é apenas curtida no sal fino, vai para geladeira até ficar no tempo certo de se devorar. Na cozinha do Marcos são utilizados os cortes alcatra e contrafilé, o que garante a maciez da carne, que vem polvilhada com queijo coalho (ralado) de Major Isidoro. A macaxeira é originária de Arapiraca, daquelas que chamamos de manteiga, pela sua cor amarela, cozida na panela de pressão derrete. Horário das 18h até 23h de segunda a sábado/ Telefone: 82 9 8855 6845

Carne de porco com fava, macaxeira, vinagrete e a farofa matuta (especialidade da casa).

Bar do Pelado (@bardopelado_al):  Um dos restaurantes mais tradicionais da cidade no bairro da Ponta Grossa é o Bar do Pelado, e é de lá que sai os caldinhos mais alagoanos, o de sururu de capote e do siri de coral. Continuo fã da carne de sol suína preparada na chapa com uma lapa de queijo coalho e a farofa de matuta, preparada com água quente, farinha de mandioca, cebola roxa e coentro. Melhor impossível. Telefone: 82 98852-7188/ 3221-4743

Feijoada do Churrasquinho da Mary

“Churrasquinho da Mary”  (@churrasquinhodamary)–  É muito além dos espetinhos. Das suas caçarolas sai a boa comida nordestina: rabada, galinha, sarapatel, feijoada, e por aí segue. E tem mais, seu prato comercial, que dá bem pra duas pessoas, é um espetáculo. O comercial da feijoada é um manjar dos orixás, caldo do feijão consistente, carnes macias. Liga para encomendar e pegar. Telefone: (82) 99951-2703

Bar do Anísio: Siri na manteiga, só no cardápio, mas mesmo usando a margarina o sabor é bom

Bar do Anísio (@bardoanisio): Escolher qual é a melhor pedida do Bar do Anísio é tarefa difícil: camarão, picanha, arrumadinho de charque ou de carne do sol e siri-de-coral estão entre os prediletos de uma clientela fiel. Comece a degustação pelo siri na manteiga. Funciona de terça a domingo. Telefone: (82) 98827-5551/ 99951-3496

Arrumadinho de charque do Bar do Rogildo

Bar do Rogildo (@bardorogildo): Desde que conheci o Bar do Rogildo, a convite do jornalista Felipe Camelo, fiquei fã do arrumadinho, porque o charque foge do comum, é guisadinho. É muito bom, e realmente vem bem arrumadinho de um lado o feijão do outro o jabá guisado com legumes para acompanhar uma cerveja bem gelada, que nunca falta no boteco mais famoso de Bebedouro. Destaque para os frutos do mar, como camarão no creme de leite e a peixada com pirão. Funciona de terça a domingo, das 10 até 17 h/ Rua Augusto Barreto, nº 90, Bebedouro – Telefone: (82) 3358.6327

Boteco do Tonho (@botecodotonho): É um clássico da Ponta da Grossa, comando pelo sergipano Antônio Santana, o famoso Tonho, que é o responsável pelas costelinhas suínas mais saborosas da cidade: super crocantes, bronzeadas, com a gordurinha peculiar e temperadas apenas no sal. Já os clássicos caldinho de camarão ao coco com maxixe e a hóstia (rodelas crocantes de queijo parmesão) continuam muito bem cotados no mercado de botecos. Funciona de quarta a domingo, (fecha nas terças-feiras) das 11 às 16 horas/ Rua Manoel Lourenço, 248, Ponta Grossa (na mesma rua do famoso Bar do Pelado)/ Telefone: 3221-6209/988694330

Caldinho de camarão, do Bar do Cação continua bom

Bar do Cação (@bardocacao): Cação no leite de coco continua seu reinado nas panelas do Bar do Cação, no bairro do Farol. O peixe é cozido ao leite de coco (natural), tomate, pimentão, cebola, coentro e cebolinha, conferindo ao prato, o primeiro lugar na preferência popular. Mas, neste bar, também aprecio o pastel de tilápia, o Prato Feito  (PF) e o caldinho de camarão (foto). Funciona de terça-feira a domingo das 11 até às 23h/ Rua Ten. Antônio Oliveira, n 43- Farol (depois do Portugal Ramalho) – telefone: (82) 3351.6333

Pirão com galinha guisada, a glória da cozinha nordestina

Casa do Pirão (@casadopirao.alagoas): Desde quando conheci a Casa do Pirão, em 2017, no primeiro endereço em Cruz das Almas, fiquei fã pelo formato: um “pirão para chamar de seu”, ou seja, uma porção para uma pessoa. Afinal, cada um escolhe qual pirão mais gosta, e ele pode ser de galinha, carneiro ou de chambaril. Telefone (82) 3316-2523

Bobó de camarão para o almoço do delivery do Café Regional

Café Regional (@regional_foodtruck_comedoria: Maria Lígia Lopes Muniz é aluna assídua dos cursos do Sebrae como, o Programa do Alimento Seguro, Gestão financeira, Empretec, Atendimento ao Cliente, entre outros. Para esta alagoana, não basta cozinhar bem: é preciso ser empreendedora agora com seu food truck fechado, ela está atendendo pelo delivery com bobó de camarão, macarronada de camarão e estrogonofe de frango. Das 11h às 15h/ (820 996445308/ 998324641

«

»

3 comentários
  • Melquisedeck
    6 meses Atrás

    Não poderia faltar o tradicional Bar do Anizio no Trapiche

  • Marcus
    6 meses Atrás

    Ficaram faltando ai o Bar do Lula (por trás do CEPA e o Gelada ou Natural (na rua do Senai Poço).

    • Nide Lins
      6 meses Atrás
      AUTOR

      eles estão com delivery ou entregando????

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.