TOPO
Destaques

1 milhão de páginas lidas por vocês

A foto principal é do caldinho de camarão no leite de coco com maxixe e ovo de codorna do Boteco do Tonho, um dos primeiros sucessos do meu blog. Quando muita gente não sabia ao certo o que eu propunha ali ao indicar botecos de bairro. O resultado é que há sete anos foi uma verdadeira revolução para mim, enquanto jornalista de gastronomia, e para os autores dessas iguarias populares.

De lá pra cá, conquistei 15 quilos a mais na balança junto com 17 mil seguidores no Instagram e, agora, mais de um milhão de acessos de janeiro de 2019 a janeiro de 2020 no meu blog, no portal do TNH1.

Boteco do Tonho, um dos primeiros sucesso do meu blog em 2012

Catamarã Menestrel das Alagoas nos cânions do Velho Chico

1 milhão de páginas visualizadas em 1 ano, 1 milhão de vezes minhas dicas foram vistas, 1 milhão de páginas lidas por vocês!

É muita gratidão e responsabilidade de indicar lugares, do ambulante a um restaurante cinco estrelas.

Cachorro quente de seu Moacir, outro sucesso do meu blog desde 2013

Junto com esse sentimento, vamos recapitular como eu trabalho:

-Meu blog é minha opinião pessoal, minha experiência e vivência em lugares e destinos, porque também indico lugares e pousadas.

O blog conta histórias do seu Moacir com seu cachorro quente no bairro do Jaraguá

-As fotos são de minha autoria, uso máquina fotográfica e celular também para registrar. Algumas poucas vezes, publico fotos de outras pessoas.

– As matérias não são pagas e provo tudo que entra pro blog, com exceção de festivais e eventos, que não tenho como degustar tudo.

Camarão Bar das Ostras, uma das receitas do meu blog

– Para uma comida ou lugar entrar no blog, eu preciso gostar da comida e da história em torno dela e do lugar. Se não gosto, não publico.

– O blog tem várias categorias que podem ajudar vocês, como Boteco, Cozinha Vegana e Vegetariana, Turismo, Restaurantes, Receitas, e por aí vai.

Histórias de gente simples

O Boteco do Tonho foi a primeira postagem de visualização recorde, em outubro de 2012. A receita mais lida é a do bolo de banana sem açúcar, leite e farinha de trigo.

Então, meus caros leitores, sigo meu caminho, um pouquinho mais gorda e extremamente  feliz, porque vocês me seguem e porque é através do meu blog, que dou visibilidade aos sabores, cores e aromas da nossa amada terra das Alagoas.

Dicas de turismo também no meu blog. Foto da pousada em Piranhas

 

«

»

5 comentários
  • Pedro Lira
    1 mês Atrás

    Aprendi a comer lendo esse blog s2

  • Joelson Almeida Ribeiro
    1 mês Atrás

    Parabéns! Sucesso sempre. Seu blog é fantástico.

  • Lais
    1 mês Atrás

    Eu amo seu blog e graças a ele eu já comi comidinhas maravilhosas e que sempre volto! Boteco do tonho mesmo é um dos lugares que vou as vezes!!!

  • Arconço
    1 mês Atrás

    Maravilhosa! Você é inspiração meu amor.

  • GILSEN DORVILLÉ
    1 mês Atrás

    Parabéns, Nide! Com certeza logo você estará comemorando outros milhões de visualizações. SUCESSO SEMPRE!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • No Mistura Alagoana (@misturalagoana), além dos bons caldinhos, tem um desfile de comidas nordestinas, que vai da rabada com pirão ao suculento bife de faldrinha grelhada com arroz, feijão e vinagre. E tem até siri-de-coral, uma exclusividade alagoana. A única intervenção baiana é a do chef Guilherme Jordão que trouxe o molho lambão, uma receita tradicional, danada de boa. Ela acompanha os guisados com pirão para realçar o tempero.
http://www.nidelins.com.br/2020/02/20/serraria-com-sabores-alagoanos/
  • Combo de caldinhos, para mim, é uma novidade das boas. A gente prova quatro sabores e fica mais “fácil” decidir qual o predileto. Tem de feijão, galinha velha, sururu e de pitu (este, eu amo). A invenção é do restaurante Mistura Alagoana (@misturalagoana), no bairro da Serraria, com preços bem camaradas. O almoço para uma pessoa é a partir de R$ 16,80; ou pode escolher prato do dia, a feijoada na sexta-feira para duas pessoas por R$31. Gostou? Então, vamos conhecer o mais novo empreendimento na cidade alta de Maceió, que vai abrir todos os dias de carnaval.

http://www.nidelins.com.br/2020/02/20/serraria-com-sabores-alagoanos/

#dicadanide #maceio #tradição #cozinhaalagoana

Funciona todos os dias, segunda e terça das 11h até 17h/ de quarta a sábado das 11h até meia noite/ domingo até 17h
Av. Menino Marcelo, 9660 – Serraria, Telefone: (82) 3316-1114
  • Quem tem restrições ao glúten, claro, desde que não seja intolerância severa, tipo não pode nem respirar a farinha de trigo, saiba que restaurantes italianos oferecem massas sem glúten. Veja os lugares que já conheço, e aceito dicas sobre massa sem glúten para próxima reportagem .
@toscanarestaurante
@davenetotrattoria @mariaantonieta.maceio @basilicoristoranteitaliano 
saiba mais: http://www.nidelins.com.br/2020/02/19/e-sem-gluten-que-massa/
  • Já comeu pão com fermentação natural? Quem ainda não provou a iguaria, deve testar, embora seja bem diferente do nosso pão francês. Ele é mais rústico, contudo, tem sabor e seus benefícios. Ele tem baixo índice glicêmico, digestão mais fácil até para os intolerantes a glúten porque possui uma fermentação mais lenta. Também aumenta o teor das bactérias benéficas no intestino. Onde encontrar pão de fermentação natural? Back Bakery (@backbakery): Encomendas pelo telefone: 82 99697-0099/ Padaria Massa Madre (@misterfrios): Avenida Jatiúca, 162/  Telefone: (082) 3327-3636
  • No carnaval de 2011 eu visitei “Tia Jacy”, chamada, assim, carinhosamente pela família, uma das saudosas das irmãs Rocha. Na época, além de uma entrevista saborosa, fui sua auxiliar de cozinha na receita de filhoses, uma tradição da festa de Momo. A dama da gastronomia alagoana me ensinou os segredinhos do doce tradicional de carnaval, feito de farinha de trigo, água, manteiga, sal e uma calda de açúcar. Quem participou da entrevista também foi a sobrinha da Jacy, Tatalia (@mariaeuthaliamontenegro)que relembrou das histórias de sua tia. Em setembro do ano de 2014, Jacy partiu e deixou seu legado gastronômico registrado no livro “Delícias da Cozinha Alagoana”, das Irmãs Rochas, da Editora e Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Acesse a receita no meu blog para uma festa de Momo saborosa e feliz.  http://www.nidelins.com.br/2020/02/17/filhoses-doce-tradicao-de-momo/
#dicadanide #maceio #tradição #docecarnaval
@rocha.yeda
  • @zecacamargomundo, jornalista apaixonado por nossa Alagoas, aquele abraço 💗💙😺 @thawacalixto @rodrigoaragaoal @galeriakarandash. Você @edecasaofficial, sempre bem-vindo
  • Maravilha sem glúten: macarrão de legumes, camarões e molho de queijo. Quem faz: Chef @tbrandaos do @davenetotrattoria
  • #Repost @thawacalixto (@get_repost)
・・・
Com dois chefs lindos e maravilhosos, @thawacalixto e @lekamelro .... 📸@felizpem
No camarote do.@palato24h