TOPO
Destaques sorveteria

Os Sabores do Cerrado na Pajuçara

Na estação mais quente do ano, os sorvetes e picolés são bem-vindos para refrescar o corpo. E nossa Alagoas é um destino abençoado, pois muitos turistas que aqui chegam viram empreendedores, como é o caso da brasilense, Grazielly Silva. Apaixonada pelo mar alagoano desde 2008, ela, em 2018, investiu em sonhos gelados com a franquia do Frutos de Goiás, onde picolé de pequi traz a tradição da mesa goiana para Maceió.

Eu, claro, já comi pequi no arroz na cidade Pirenópolis (Goiás) e adorei o gosto azedinho. Este sabor é muito bem reproduzido no sorvete e no picolé da franquia brasileira, Frutos de Goiás.

Picolés tradicionais sem adição de açucar

Aliás, os frutos do cerrado têm esta particularidade: o azedinho no paladar. O legal é que a franquia uma linha sem açúcar nos sabores de chocolate, abacaxi, açaí, cajá manga, uva, morango e coco branco e outra linha sem lactose.

As frutas de lá são ricas nutricionalmente, como o pequi, cuja polpa tem o dobro de vitamina C do que uma laranja. Ela também é rica também em vitaminas A e E. Na sorveteria minha dica é viajar pelos sabores tradicionais do Cerrado, como o buriti, que tem o mesmo sabor doce da fruta, um clássico da região.

Os picolés da Fruta de Goiás tem um certo tom de azedinho

São 17 variedades de frutas, como o araticum (lembra nossa pinha) e o cajá-manga parecido com seriguela… Também há outras frutas como a famoso lichia (tão cara…), mas na versão picolé sai muito mais em conta, além de outros sabores conhecidos ao nosso paladar, entre eles o de abacate, coco e abacaxi. E, sabores e cores para qualquer verão.

Na sorveteria Frutos de Goiás destaque também para o açaí(tem opção sem açúcar) com frutas para manter a essência do sabor amazônico.

Açaí da sorveteria Fruto de Goiás

Rota Fruto de Goiás

Preços: Picolé: R$ 6,00/ sem açúcar R$ 7,00/ sorvete R$ 67, 90 (quilo)/  açaí R$ 18,00.

Funciona todos os dias das 14h até 23h

Av. Dr. Antônio Gouveia, 729 – Pajuçara (ao lado do banco Itaú)

A turista Grazielly Silva virou empreendedora em Maceió

 

 

«

»

1 comentário
  • Sertanejo c'a peste no côuro.
    6 dias Atrás

    Já provei, são simplesmente deliciosos, com sabor de quero mais…
    Sem falar no ótimo atendimento da gentil e sempre simpática Grazyelle.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.