TOPO
Botecos Destaques

Fritada do Cadoz, maravilha de Coqueiro Seco

O Encontro de Sabores dos botecos alagoanos, no último dia 14 para celebrar os 25 anos do Akuaba,  foi um sucesso, e claro, deixou o gostinho de quero mais. Então,  durante o mês de novembro vamos recordar cada empreendimento que deu sabor ao evento para quem deseja se esbaldar nas comidinhas das nossas cozinhas.

Mãe e filha, Amanda e Lourdes, patrimônio do Bar do Cadoz em Coqueiro Seco,  no Encontro de Sabores no Akuaba

O primeiro da lista é o Bar do Renaldo, conhecido como Cadoz, em Coqueiro Seco. De lá, o siri na manteiga de garrafa é a menina dos olhos do boteco que existe há mais de 30 anos. Na minha última visita ao Cadoz, com o chef Chef Jonatas Moreira, apostamos também na fritada mista de aratu (caranguejo) e camarão. É maravilhosa, preparada de forma tradicional, ovos batidos em clara de neve, ou seja, não é omelete, e o segredo é misturar um pouco das claras com o recheio. O tamanho é generoso, é para compartilhar com a família.

Fritada mista de aratu e camarão do Bar do Cadoz

História – O famoso Bar Cadoz começou numa casa feita de taipa e palha de coqueiro. Lá, vendia-se bebidas e o primeiro tira-gosto foi  siri na manteiga de garrafa que o próprio Renaldo (In memoriam)  inventou, depois que comeu peixe com os mesmos ingredientes. Ele pediu à sua esposa, Maria de Lourdes, fazer idêntico com o siri. Deu certo e o prato virou celebridade no Cadoz.

Foto da equipe do Cadoz durante a minha visita ao bar, com o chef Jonatas

Rota do Cadoz

Preços: Petisco a partir de R$ 3,50/ Fritada de camarão com aratu R$ 40,00 (petisco)/ siri na manteiga (meio petisco)a partir de R$ 17,00/ Aceita-se cartões

Funciona de terca-feira a domingo e feriados, das 11h até as 16h/ Povoado Cadoz: Coqueiro Seco, Alagoas, litoral Sul/ Telefone: 82 98133-8766

Como chegar: acesso pela Rodovia AL-101- Sul, no Posto da Polícia Militar, em direção ao Posto Policial. Após a primeira ponte, entra à direita e segue pela estrada de barro e mata atlântica até chegar ao Cadoz, o único bar do povoado.

 

 

«

»

6 comentários
  • José Augusto Carrilho Emery
    10 meses Atrás

    Parabéns Nide Lins, é o que mais gosto dessas delícias feitas com amor, como vejo na foto de Amanda, Lourdes e familia(inclusive você). Belo local margeando uma de nossa lagoas. O povoado CADOZ encanta a todos nós.

  • Neuton Bóia
    10 meses Atrás

    Muito bom! O siri na manteiga é espetacular

    • Kleber Guardiano
      10 meses Atrás

      As delícias gastronômicas do bar do Renaldo, no Cadoz. Sem esquecer do famoso siri de coral, onde vc escolhe ali na hora no viveiro, fresquinho.
      Vale a pena conhecer o local paradisíaco e as delícias preparadas por dona Lourdes e família! Bravo 👏👏

  • Moacydes
    10 meses Atrás

    Infelizmente você errou dessa vez.
    Fui hoje,domingo, e me surpreendi: primeiramente, o camarão acebolado deveria ser chamado de cebola com cabeça de camarão, dois: a fritada indicada neste post precisou voltar duas vezes ao forno de tão crua que estava, terceiro: muito amadorismo no serviço.

    • Nide Lins
      10 meses Atrás
      AUTOR

      Bom, eu não errei, fui três vezes, épocas diferentes e sempre estava ótimo, o bar tem mais de 30 anos, mas pode falhar, principalmente nos dias de domingo, até porque a casa fica lotada, contudo passarei sua critica para Amanda, que comanda uma cozinha. Grande abraço.

  • Rosenildo
    10 meses Atrás

    Esse local também conheço de longas datas ,as pessoas de lá são bem receptivas, crescidas ali as margens da lagoa onde fica localizado o bar do Rinaldo ,seria descabido dizer que um fruto do mar (especialidade do local) se mau prepara ,e o filé do siri então…um!uma delícia.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.