TOPO
Botecos Destaques

Fritada do Cadoz, maravilha de Coqueiro Seco

O Encontro de Sabores dos botecos alagoanos, no último dia 14 para celebrar os 25 anos do Akuaba,  foi um sucesso, e claro, deixou o gostinho de quero mais. Então,  durante o mês de novembro vamos recordar cada empreendimento que deu sabor ao evento para quem deseja se esbaldar nas comidinhas das nossas cozinhas.

Mãe e filha, Amanda e Lourdes, patrimônio do Bar do Cadoz em Coqueiro Seco,  no Encontro de Sabores no Akuaba

O primeiro da lista é o Bar do Renaldo, conhecido como Cadoz, em Coqueiro Seco. De lá, o siri na manteiga de garrafa é a menina dos olhos do boteco que existe há mais de 30 anos. Na minha última visita ao Cadoz, com o chef Chef Jonatas Moreira, apostamos também na fritada mista de aratu (caranguejo) e camarão. É maravilhosa, preparada de forma tradicional, ovos batidos em clara de neve, ou seja, não é omelete, e o segredo é misturar um pouco das claras com o recheio. O tamanho é generoso, é para compartilhar com a família.

Fritada mista de aratu e camarão do Bar do Cadoz

História – O famoso Bar Cadoz começou numa casa feita de taipa e palha de coqueiro. Lá, vendia-se bebidas e o primeiro tira-gosto foi  siri na manteiga de garrafa que o próprio Renaldo (In memoriam)  inventou, depois que comeu peixe com os mesmos ingredientes. Ele pediu à sua esposa, Maria de Lourdes, fazer idêntico com o siri. Deu certo e o prato virou celebridade no Cadoz.

Foto da equipe do Cadoz durante a minha visita ao bar, com o chef Jonatas

Rota do Cadoz

Preços: Petisco a partir de R$ 3,50/ Fritada de camarão com aratu R$ 40,00 (petisco)/ siri na manteiga (meio petisco)a partir de R$ 17,00/ Aceita-se cartões

Funciona de terca-feira a domingo e feriados, das 11h até as 16h/ Povoado Cadoz: Coqueiro Seco, Alagoas, litoral Sul/ Telefone: 82 98133-8766

Como chegar: acesso pela Rodovia AL-101- Sul, no Posto da Polícia Militar, em direção ao Posto Policial. Após a primeira ponte, entra à direita e segue pela estrada de barro e mata atlântica até chegar ao Cadoz, o único bar do povoado.

 

 

«

»

6 comentários
  • José Augusto Carrilho Emery
    2 semanas Atrás

    Parabéns Nide Lins, é o que mais gosto dessas delícias feitas com amor, como vejo na foto de Amanda, Lourdes e familia(inclusive você). Belo local margeando uma de nossa lagoas. O povoado CADOZ encanta a todos nós.

  • Neuton Bóia
    2 semanas Atrás

    Muito bom! O siri na manteiga é espetacular

    • Kleber Guardiano
      2 semanas Atrás

      As delícias gastronômicas do bar do Renaldo, no Cadoz. Sem esquecer do famoso siri de coral, onde vc escolhe ali na hora no viveiro, fresquinho.
      Vale a pena conhecer o local paradisíaco e as delícias preparadas por dona Lourdes e família! Bravo 👏👏

  • Moacydes
    2 semanas Atrás

    Infelizmente você errou dessa vez.
    Fui hoje,domingo, e me surpreendi: primeiramente, o camarão acebolado deveria ser chamado de cebola com cabeça de camarão, dois: a fritada indicada neste post precisou voltar duas vezes ao forno de tão crua que estava, terceiro: muito amadorismo no serviço.

    • Nide Lins
      2 semanas Atrás
      AUTOR

      Bom, eu não errei, fui três vezes, épocas diferentes e sempre estava ótimo, o bar tem mais de 30 anos, mas pode falhar, principalmente nos dias de domingo, até porque a casa fica lotada, contudo passarei sua critica para Amanda, que comanda uma cozinha. Grande abraço.

  • Rosenildo
    6 dias Atrás

    Esse local também conheço de longas datas ,as pessoas de lá são bem receptivas, crescidas ali as margens da lagoa onde fica localizado o bar do Rinaldo ,seria descabido dizer que um fruto do mar (especialidade do local) se mau prepara ,e o filé do siri então…um!uma delícia.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.