TOPO
Chef na Cozinha Destaques

Carpaccio de charque

Quando menina, gostava de comer charque cru. Depois, entrevistando o chef Rodrigo Aragão, descobri que ele também fazia a mesma coisa. E assim, a cozinha vai se enchendo de lembranças boas. O alagoano criou o carpaccio de charque, que ele mesmo produz no seu Restaurante Lali.

“Salgo a carne por uns 17 dias. Uso colchão mole, porque tem a textura ideal para o carpaccio”, conta o Rodrigo, que acrescentou picles de maxixe em rodelas, o que por sinal, deixou o prato muito bom. Para finalizar, azeite no limão, queijo parmesão e, para quem gosta, pimenta do reino. Para acompanhar fatias de pão caseiro.

Farofa do cuscuz do Luiz com camarão

Outra coisa bacana, é que o chef Rodrigo adotou o cuscuz de arroz do Luiz, e elaborou uma farofa com tomate, cebola, pimentão, pimenta biquinho com camarão no molho de tomate, lembrando a receita do Bar das Ostras.

Perfeito. O cuscuz de camarão é de tamanho ideal para uma pessoa e, de tão bom, indico comer sozinho.

Peixe curado no pão chinês

Também gostei do peixe no pão chinês (cozido no vapor), aliás, este pãozinho branquinho e fofinho é o xodó dos chefs alagoanos. Para agregar mais valor ao pão, ele vem com fatias de peixes curado no sal e pedacinhos de laranja cravo, o que  faz toda a diferença.

Barriga de porco com pele crocante, arroz com castanha, hibisco e shoyu

No cardápio do Lali tem escrito: “Ainda quando criança, Rodrigo perambulava pela cozinha na barra da saia de sua avó Lali, ouvindo incontáveis vezes as histórias de sua infância e juventude e da viagem que fez de Mossoró a Maceió”.

E assim, o chef Rodrigo, que trocou a sala de aula pela cozinha, segue seu destino. Cada dia é um aprendizado e um novo sabor para provar.

Drinque Luxuria (Aperol, Contreau, Sweet sour mix , xarope de laranja com cereja artesanal do Lali, criação do Damião Bernardes

100% chocolate: bolo da Ana e sorvete da Belo Monte

Rota Lali, Cozinha Afetiva

Preço a partir de R$ 12,00 até R$57,00/ Aceita-se cartões

Funciona de terça a sábado – 12h às 15h | 19h às 23h | Domingo – 12h às 16h

Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), 172 – Jatiúca

Pão caseiro da Lali para começar bem

Detalhe do restaurante Lali na antiga Amélia Rosa

«

»

6 comentários
  • dermival pinheiro
    4 meses Atrás

    Muita invenção; gente!!!, façam o básico sem muita embromação.

    • Nide Lins
      4 meses Atrás
      AUTOR

      Invenção, prove, depois vc formula sua opinião. Dermival, grande abraço

  • dermival pinheiro
    4 meses Atrás

    Estes pratos estão bonitos?

  • JOÃO MIGUEL TORRES BARROS
    4 meses Atrás

    NINE LINS, não preciso falar com sou seu leitor fiel. Peço apenas um detalhe técnico de comunicação que hoje é mais utilizada, ou seja o WHATSSAP. Ferramenta essa que no seu site não existe e que impede propagar suas belas matérias no ramo da nossa GASTRONOMIA.

    • Nide Lins
      4 meses Atrás
      AUTOR

      Oi Miguel, não entendi direito, mas meu zap 99121.6597

  • Mauricio Luiz
    4 meses Atrás

    acho incríveis…criativos e exóticos

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.