TOPO
cozinha japonesa Destaques

Paixão Japonesa

Na mesa, feijão carioca com bacon e linguiça. Para escoltar frango ao forno, arroz e salada. Já imaginou conquistar seu amor com esta receita? O alagoano Akira Takada Tani não apenas imaginou como o preparou para sua futura esposa Maki, no primeiro encontro, lá no Japão. E assim, o bom rapaz conquistou a mulher dos seus sonhos pelo coração e, literalmente, pela boca. E lá se vão nove anos da história de amor de Akira e Maki, que agora também se fortalece nos negócios no novo restaurante Kawamura Culinária Japonesa.

Maki e  Akira  se conheceram no Japão, viveram dois anos de namoro a distancia e agora são casados no amor e nos negócios

O amor é tempero do Kawamura, que, além do lamén (sopa oriental), tem a comida do dia a dia da cozinha  da família japonesa de Maki presente no cardápio. Um bom exemplo é o prato Katsu Don, uma tigela de arroz japonês, coberto por carne de porco a milanesa, cebola, e levemente adocicado. Simples? Sim, e muito saboroso, desde o arroz bem feito ao porquinho bem temperado, prato tradicional da cozinha japonesa que deixa saudades.

Katsu Don, uma tigela de arroz japonês, coberto por carne de porco a milanesa

Kawamura Culinária Japonesa foi recém-aberta e tem lamen de carne suína, de boi, de frango e a versão vegana e vegetariana feito com caldo de legumes.

Lamen de frango

O caldo, o coração do lamen, leva 48 horas para coação e leva mais de 15 ingredientes que dão seu sabor. Lembrando que o prato nasceu na China, mas foi aprimorado no Japão, onde é uma tradição cultural. Come-se a qualquer hora do dia, é forte, e aquece o coração e o corpo.

Guioza de carne suína, tradição oriental

Veja mais dicas:

Trufado de salmão, uma das entradas mais festejadas do Kawamura

Explosão – Uma das entradas mais festejadas é o especial preparado pelo chef Nelson: o trufado de salmão com massago e gema de ovo de codorna. E o chef recomenta comer de uma única mordida para uma explosão no céu da boca.  Detalhe, não se sente o sabor do ovo, e o molho é para beber no prato, sem formalidades. Representa as boas vindas do Kawamura.

Carpaccio de barriga de salmão

Rei – O carpaccio de barriga de salmão também faz às honras da casa. O tempero leva assinatura do chef Nelson, e tem azeite, soyho e outros ingredientes. Mas é uma iguaria limitada por dia, é bom consultar a chef a disponibilidade.

Tradição: carne fina, temperada no sal, gengibre e cebolinha.

Tradição– A carne é fina, temperada no sal, gengibre e cebolinha. Ela é servida sobre alface e, no final, o arroz no caldo da própria carne. Mais uma receita afetiva da Maki. “Cozinhar  mata a saudade do Japão”, diz a chef, que traz  a simplicidade da ancestralidade da cozinha oriental para os mares alagoanos

Poke de salmão com abacate

Poke – Para quem curte salmão também tem opção dele na tigela com arroz, Tamagoyaki (omelete japonesa), vegetais e abacate. Leve e saboroso.

Sobremesa – Sorvete com gelatina de café e calda de café

Amor – Akira Takada Tani é alagoano, filho de pais japoneses ( leia-se Família de empreendedores da famosa Lojas Tokyo no Centro de Maceió) e Maki é legítima japonesa da Província Tochigi. Eles se conheceram no Japão, e foi preciso duas festas para acontecer o primeiro encontro oficial do casal no ano de 2008, com direito ao almoço bem brasileiro. Mas, logo em seguida, Akira retornou para Alagoas.

O namoro continuou mesmo cada um do outro lado do mundo. Na época não tinha Whatsapp, então, nos finais de semana, conversam pelo computador e gastavam o pacote de telefonia. Foram dois anos até que se casaram.  Maki formou-se em gastronomia em Maceió.

Casamento de Akira e Maki  no Japão

O casamento no Japão é único, portanto, é uma festa de riqueza de sabores. No menu do cardápio teve até barbatana de tubarão. Claro, na receita, muito tempero de felicidades. Assim o casal está a nove anos juntinhos em Alagoas.

Akira e Maki,  também casados nos negócios, ao lado do amigo Nelson, presenteiam os alagoanos com a culinária japonesa tradicional com muito talento.

Nelson com os amigos Maki e  Akira no restaurante Kawamura

Rota Kawamura Culinária Japonesa

Entradas a partir de R$ 10,00/ Lamén a partir de R$28,00/ Pratos tradicionais R$ 31,00/  Sashimi: R$ 23,00/ Aceita-se cartões

Funciona de segunda a sábado, a partir das 18h/

Av. Eng. Paulo Brandão Nogueira, nº27 – Jatiúca/ Telefone: (82) 3337-0253

Detalhe do restaurante Kawamura Culinária Japonesa

 

«

»

4 comentários
  • Gustavo
    4 dias Atrás

    É sempre bom saber a história por trás do empreendimento, ótima matéria!

  • Maria Teresa
    3 dias Atrás

    Já quero conhecer!!! 👏👏👏

  • JOSÉ MENDES PEREIRA DE FEITOSA NETO
    3 dias Atrás

    Bela historia, belos pratos! Impossivel nao querer conhecer, irei hoje!

  • Paula
    2 dias Atrás

    Muito bom ! Vale a pena! Já fui e aprovei! Aproveitem!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Lancinho de tarde: Falafel bolinhos fritos de grão-de-bico com especiarias do @falafel_do_egito. 
#vegano #vegetariana #dicadanide #maceio #alagoinhas #pontaverde #foodtruck
  • A convite do jornalista e apresentador, @wilsonjunioral, do programa Balanço Geral, da @tvpajucara , visitei o famoso Nado’s Bar para provar a ova de peixe e o caldinho de galinha. No último tempo, também degustei a galinha velha guisada, por sinal, danada de boa. O recinto é simples e tem comidinha primorosa sob o comando do casal Josinaldo, conhecido como Nado, e Maria do Socorro dos Santos. A casa fica  no bairro da Ponta da Terra.
Rua Dona Alzira Aguiar, 269 – Ponta da Terra (terceira rua por trás do Bompreço da Pajuçara)/ Telefone: 98877.3458
http://www.nidelins.com.br/2019/06/14/ova-de-peixe-da-ponta-da-terra/
  • O chef @rodrigoaaragaoal adotou o cuscuz de arroz do Luiz, e elaborou uma farofa com tomate, cebola, pimentão, pimenta biquinho com camarão no molho de tomate, lembrando a receita do Bar das Ostras. Onde: @lalirestaurante
Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), 172 – Jatiúca
  • Quando menina, gostava de comer charque cru. Depois, entrevistando o chef Rodrigo Aragão, descobri que ele também fazia a mesma coisa. E assim, a cozinha vai se enchendo de lembranças boas. O alagoano criou o carpaccio de charque, que ele mesmo produz no seu Restaurante Lali.
http://www.nidelins.com.br/2019/06/13/carpaccio-de-charque/
  • O novo restaurante Kawamura, de cozinha japonesa, além do lamén (sopa oriental), tem a comida do dia a dia da cozinha da família japonesa da Maki. A chef tem uma linda história de amor com Akira Takada Tani. Confira no meu blog:http://www.nidelins.com.br/2019/06/12/paixao-japonesa/
#dicadanide #maceio #cozinhajaponesa
  • O céu não é o limite, principalmente para a confeiteira @sandyfarias, da Le Brulé (@lebrulecafeteria) que, no próximo sábado, lança croissants doces, muito doce, junto com a sócia  Andréa Pessôa (@deapessoa) . Na versão sobremesa, o pão tipicamente francês vem com fios de caramelo, flor de sal, brigadeiro brulé, farofa doce de castanha de caju e sorvete de creme da Bali.
http://www.nidelins.com.br/2019/06/11/croissant-doces/
  • Gente do céu, a receita do bolo de banana sem glúten, sem lactose e sem açúcar, continua na parada de sucesso. De novo, ele ganhou o primeiro lugar com 13.825 acessos no blog. Em segundo lugar ficou a trilha de pasteis de Alagoas com 5.414. Em terceiro, a Acarajé da Luz do Restaurante Cambito com 4.231
http://www.nidelins.com.br/2019/06/10/bolo-da-banana-tri-campeao/
  • #Repost @wilsonjunioral (@get_repost)
・・・
Eu e a amiga caçadora de sabores Nide Lins..... Pelos Botecos da Vida !!. Bar do Nado's na Tv. Dona Alzira Aguiar, 265 - Ponta da Terra. Destaque para Ova de peixe e caldinho de frango ..... 👏👏👏👏👏😊😊