TOPO
hambúrguer artesanal

Hambúrguer nunca sai de moda

Só de escrever sobre hambúrguer já fico com água na boca. Ele provoca desejos, delírios… Afinal, todo mundo gosta de saborear a carne em formato de disco e agraciada com queijos e molhos servidos em pães fofinhos. De tão querido, este sanduíche tem até data para celebrar seu dia, 28 de maio. Desta vez quem me lembrou foi Kaka Marinho.

Então, vamos às dicas de onde comer os preciosos sandubas. Lembrando que ainda não tenho o roteiro perfeito de hambúrguer, já que em cada esquina da cidade sempre abre uma hamburgueria artesanal nova. Ou seja, tem para todos gostos e bolsos.

Chef Deco, empreendedor do hambúrguer artesanal

The Black Beef  – Esta é a marca do chef Deco Sadigursky que começou em 2014 no pequeno food truck The Black Beef, especializado em  búrguers artesanais. O rapaz virou exemplo de empreendedorismo em franquias dos sanduíches.  Em pouco mais de quatro anos, já são 29 lojas espalhadas pelo Brasil. Durante este tempo foram mais de 70 tipos de hambúrgueres feitos na casa, que, em breve, vai lançar uma opção vegana, um burger 100% à base de planta.

Destaque para o hambúrguer de brie à milanesa. O queijo é coberto por duas camadas da panko (farinha de pão japonês) e incrementado com uma camada de parmesan cream (queijo) e geleia de pimenta. The Black Beef : R. Desportista Claudio Da Rocha, 124 – Jatiúca/ Telefone: (82) 3316.1779 Delivery/ Whatsapp:(82) 99830-0008

Hambúrguer de brie à milanesa do The Black Beef

Mais dicas de hamburgures artesanais:

Hambúrguer “o Pecador” vem com geleia de bacon e cebolas caramelizadas

Santo Burguer – Nasceu em 2015 e já chegou com inovação, com o hambúrguer do mês, que faz sucesso até hoje. O santo que faz os milagres é o cozinheiro Henrique Amorim (ele prefere ser chamado de cozinheiro, em vez de chef). Ele viajou pelo mundo provando vários tipos de hambúrguer até conseguir sua fórmula, carnes boas e a medida certa de gorduras para dar a maciez necessária à iguaria. Uma dica o burger de 180g de blend bovino, geléia de bacon artesanal, queijo cheddar, molho barbecue e onion rings. Acompanha maionese da casa. Santo Burguer – Av. Dr. Antônio Gomes de Barros, 525 – Jatiúca (antiga Amélia Rosa)

Montagu’s sucesso desde 2012

Montagu’s – Ele chegou em 2012, na Ponta Verde. Em dezembro de 2014, abriu outra loja bem bacana no hotel Holiday Inn e continua até hoje com uma legião de fãs. A primeira novidade que me agradou em cheio foram os mini-bacons crocantes, que fazem toda a diferença do paladar. Um dos destaques é o hambúrger de filé, creme do queijo do reino, bacon crocante, molho de cenoura, salada e pão cenoura. Montagu’s – Hotel Hollidy INN – Avenida Deputado José Lages, 405 A – Engenheiro Mário de Gusmão, S/N Ponta Verde – Telefone: 33175616

Surbuguer em breve vai ganhar um novo em endereço na Ponta Verde

SurBurguer – Em maio de 2014 foi a vez do Surburguer, uma invenção dos chefs Serginho Jucá e Felipe Lacet. Um dos destaques é hambúrguer de filé em cubos, queijo derretido, emulsão de queijo do reino, cebola caramelizada e bacon, e muito bacon. Em breve a marca alagoana vai ganhar um novo espaço. SuRbuguer: Telefone: 99110-2337/ De quinta a domingo, a partir das 18 horas/ Aplicativo Abrafood.

Oba Pizza ‘n Burger:  No dia do Mundial do Hambúrguer os primeiros 100 burguer vão sair por R$9,90

Oba Pizza ‘n Burger – Chef João Guilherme Gama é muito conhecido pela sua pizzaria Oba, mas também enveredou pelos hambúrgueres artesanais. E a primeira sacada do bom rapaz foi tostar todos os pães na manteiga de garrafa, usando a mais famosa da cidade, do seu Deda, no Mercado da Produção. Um dos queridos é do pão brioche é tostado na manteiga de garrafa com um blend de carnes, queijo cheddar, bacon crocante e cebola caramaleizada. E anunciaram no instagram uma promoção no dia Mundial do Burguer os primeiros 100 burguer vão sair por R$9,90. Oba Pizza ‘n Burger – Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), 585 – Jatiúca,  Telefone: (82) 3313-1010/Whatsapp: (82) 98203-7781

Hamburger The Hop Haus

The Hop Haus – Os ingredientes são básicos: menos química e carne fresca, do dia. Não tem como errar! Seguindo esta receita, a The Hop Haus (A Casa dos Lúpulos) no bairro da Ponta Verde oferece hambúrgueres e cervejas artesanais. Gosto de um pouco de acidez na comida. Sendo assim, o picles de pepino, do Classic Burger 20, conquistou meu paladar. Achei perfeito. Uma proposta diferente e que deu crocância e irreverência ao hambúrguer de carne de 150g, queijo cheddar, alface, cebola roxa e maionese no pão brioche macio.The Hop Haus: Desportista Humberto Guimarães, 541 C – Ponta Verde,/ Telefone (82) 98185.1506

Rustik funciona a noite na mesma casa do restaurante Sueca Comedoria

Rustick Hamburgueria- Com nomes bem interessante, o batizado de Desmantelo é o maior chamego com os clientes do @rustik_maceio: pão australiano recheado com hambúrguer de picanha (180gr), creme de alho frito, bacon em tiras crocantes, cebola caramelizada, alface e tomates. Rustick Hamburgueria-Av. Dr. Antônio Gouveia, 1111 – Pajuçara, 

 

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Cláudia Macias, a famosa Cacau, com suas receitas de dar água na boca, principalmente em quem a segue no instagram (@acozinhadacacau) e no site www.acozinhadacacau, sabe que ela é uma dama da gastronomia. Agora, ao lado da amiga Jane Andrade, investiu no mundo das pizzas com a empresa Forno da Cacau (@fornodacacau) , apenas para entrega (delivery). http://www.nidelins.com.br/2019/08/20/a-pizza-da-cacau/
#dicadanide #maceio #pizza
Funciona de terça a sexta, das 18h às 22h. Sábado e domingo, das 18h às 22h30/ Telefone: (82) 98205-7172.
  • Amantes do pitu, podem anotar mais um endereço onde comer o camarão gigante das águas doce do Rio São Francisco: o tradicional KebraKama. Mas, só com reserva, porque nem sempre tem o crustáceo. Então, por favor, liga ou manda mensagem para o Sandro (82 98806-0094) e vá ser feliz com a pituzada.
Saiba mais sobre kebrakama: http://www.nidelins.com.br/2019/08/19/pitu-com-reserva/
#dicadanide #maceio #tradição #boteco #pitu
Rua José Pinto de Barros, 298 – Conjunto Santo Eduardo, Poço – Telefone: 3357.4291
Horário de terça a domingo das 11h30 até meia noite. Segunda das 11 até as 14h.
  • Cenas do inverno do Sertão Alagoano no @restaurante_castanho e seus caminhos em Delmiro Gouveia
#dicadanide #alagoas #turismo @henrik_dantas @candeeiros_ecotur
  • No ano de 2012, fiz minha primeira viagem para o restaurante Castanho, em Delmiro Gouveia, com o guia Henrique (@henrik_dantas). O embarque foi da Praia Dulce na cidade de Olho D ' Água do Casado em uma ponte improvisada, mas a beleza dos cânions do Velho Chico era o que importava. Em 2019, a exuberância do Sertão é a mesma, mas no lugar na ponte na praia da Dulce temos um pier com um restaurante, e o Castanho Reserva Ecológica, da família do Leléu (@eliseebg), está mais encantador, pois ganhou uma pousada (inaugurada em setembro). Felicidade em ver o turismo alagoano florecer no Sertão com o empreendedorismo do @restaurante_castanho, e gerar 80 empregos diretos na região. Gratidão. Em breve, no meu blog, trago mais informações.
  • Da varanda da Pousada Castanho vejo a beleza do jardim do Rio São Francisco, do @restaurante_castanho
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante
  • No caminho do @restaurante_castanho tem o chão florido, anunciando o inverno alagoano em Delmiro Gouveia.
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante #caatinga
  • Nos fins de tarde tem fila quilométrica e o trânsito fica um caos,  tudo em nome do Cacetinho Amanteigado da Tradicional Padaria e Pizzaria na Rua Santos Dumont, no Centro da cidade de Satuba. E que cacetinho! Embora fino, é o pão bisnaga mais famoso e gostoso da região, quando sai do forno da padaria, se come até sem manteiga.
http://www.nidelins.com.br/2019/08/16/cacetinho-amanteigado-de-satuba/
#dicadanide #padaria #Satuba #alagoas
  • O chef Deco Sadigursky (@decosadigursky), The Black Beef (@theblackbeef) me questionou: “Gostou do sabor? Se eu não falasse que o hambúrguer é vegetal, você saberia identificar?” Então, respondi: “O sabor é bom. Comeria como se fosse carne. O sabor e a textura são iguais ao de carne”. Assim começo minha postagem sobre a novidade que aterrissou em Maceió: o hambúrguer vegetal, considerado a carne do futuro. Ele vem servido no pão com cogumelos e creme de queijo. Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/08/15/hamburguer-dos-tempos-modernos/