TOPO
Destaques Receitas

Brasília com sabor alagoano

Na balança foram pesados 120 quilos de camarão, 20 quilos de siri e 70 de tilápia. Para as receitas também foram usados leite de coco, macaxeira, coentro, e outros ingredientes que deram sabor ao almoço no restaurante Senac de Brasília, na Câmara dos Deputados, no último dia 23. E haja comida deliciosa. A cozinha alagoana foi o assunto mais comentado do dia, graças aos chefs do Senac Alagoas, Cícero Harri, Christian Haug e Edva Queiroz. O trio, durante a Semana da Gastronomia Regional na Capital Federal, mostrou que nosso estado vai além de sol e mar.

No evento, a receita Camarão Terra e Mar  (foto acima do Exemplus Comunicação) foi a mais aclamada. Veja no final da postagem como fazer essa delícia que leva queijo coalho na receita.

Chefs do Senac Alagoas:  Cícero Harri,  Edva Queiroz e Christian Haug fizeram bonito em Brasília

Na cozinha, os chefs alagoanos comandaram a equipe para atender mais de 600 pessoas de todo canto do Brasil que almoçam no restaurante. Detalhe: Brasília tem 15 restaurantes-escola do Senac.

Uma das estrelas do almoço em Brasília foi a receita Camarão Terra e Mar, que ganhou macaxeira cozida cortada em cubos, queijo de coalho, nata, leite e o coentro, que deu o tom ainda mais nordestino ao prato. Todos aplaudiram.

Caldinho de siri, deu boas vindas aos comensais do restaurante do Senac Brasília

No almoço alagoano, o caldinho de siri deu as boas vindas como entrada. De prato principal, além do Camarão Terra e Mar, teve fritada de siri, carneiro guisado com fava e tilápia ao molho de coco com maracujá. No time de sobremesas, panna cotta de doce de leite, cocada mole, pudim de coco, pudim prestígio, gelado de manga e tartelete de limão.

Fritada de siri também uma das estrelas do almoço alagoano

No evento, que contou com a participação de parlamentares alagoanos, também foi divulgado a notícia saborosa de que o Senac Alagoas iniciou a construção do Centro de Gastronomia.

Amei o Panacota de doce de leite

O novo espaço de gastronomia, localizado ao lado da Unidade Poço, está orçado em mais de R$ 2 milhões e tem previsão de entrega para dezembro deste ano. Ele terá capacidade de atender 200 alunos por turno e vai abrigar cozinha, confeitaria, auditório para aula-show e restaurante para 80 pessoas.

Articuladores: presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Wilton Malta, Telma Ribeiro, Geilsa Martins, Ana Luiza e  Cláudia Pessôa

Para o sucesso do evento em Brasilia, o presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Wilton Malta, e a diretora regional do Senac Alagoas, Telma Ribeiro, contaram com o auxílio luxuoso da coordenadora do Centro Integrado de Hotelaria e Turismo do Senac Alagoas, Geilsa Martins, a presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Penedo e Conselheira do Senac Alagoas Ana Luiza e a assessora técnica da Fecomércio, Cláudia Pessôa.

Meu livro Receita das Alagoas, cozinhas de chef, de boteco, de tradição e de rua foi doado para Biblioteca do Senac Brasília. Na foto: Marilene Delgado (Senac Brasília), Geilsa Martins (Senac Alagoas) e Telma Ribeiro (Senac Alagoas). Foto: Exemplus Comunicação

A comitiva do Senac também recebeu, e alinhou com a bancada alagoana, a importância da instituição na formação de profissionais para o mercado de trabalho da alimentação fora do lar.

Viajei a convite do Senac Alagoas.

Camarão Terra e Mar. Foto: Exemplus Comunicação

Receita Camarão Terra e Mar

Ingredientes:

2 kg filé de camarão limpo
Molho bechamel
500 ml creme de leite fresco
1 kg macaxeira cozida cortada em cubos
600 g queijo coalho cortado em cubos
200 g manteiga
200 g cebola
80 g alho picado
300 g de molho de tomate
1/2 molho de coentro picado
pimenta do reino
sal
noz-moscada

Molho bechamel 

Ingredientes

80 gramas manteiga

80 gramas de farinha de trigo

1 litro de leite

1 pitada de noz-moscada

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo do Molho bechamel:

Coloque a manteiga na panela e leve ao fogo baixo. Quando derreter, acrescente a farinha de trigo e mexa por dois minutos até a mistura ficar levemente dourada. Retire a panela do fogo e vá acrescentando o leite enquanto você bate o líquido com um fouet (o clássico batedor feito de arames).
Aumente o fogo para médio, coloque a panela e continue mexendo. Quando começar a ferver, baixe o fogo e tempere com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada.
Deixe cozinhar por cerca de 12 minutos e vá mexendo de vez em quando até o molho engrossar um pouco.

Modo de preparo do Camarão:

Tempere os camarões com sal e pimenta.  Leve uma caçarola ao fogo e doure o alho e a cebola, junte o camarão, deixe refogar. Acrescente o molho bechamel quente, a macaxeira, queijo coalho e os demais ingredientes. Deixe levantar fervura e retifique os temperos.
Desligue o fogo e pode servir com arroz branco.

Mais fotos no Restaurante do Senac Brasília

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Cláudia Macias, a famosa Cacau, com suas receitas de dar água na boca, principalmente em quem a segue no instagram (@acozinhadacacau) e no site www.acozinhadacacau, sabe que ela é uma dama da gastronomia. Agora, ao lado da amiga Jane Andrade, investiu no mundo das pizzas com a empresa Forno da Cacau (@fornodacacau) , apenas para entrega (delivery). http://www.nidelins.com.br/2019/08/20/a-pizza-da-cacau/
#dicadanide #maceio #pizza
Funciona de terça a sexta, das 18h às 22h. Sábado e domingo, das 18h às 22h30/ Telefone: (82) 98205-7172.
  • Amantes do pitu, podem anotar mais um endereço onde comer o camarão gigante das águas doce do Rio São Francisco: o tradicional KebraKama. Mas, só com reserva, porque nem sempre tem o crustáceo. Então, por favor, liga ou manda mensagem para o Sandro (82 98806-0094) e vá ser feliz com a pituzada.
Saiba mais sobre kebrakama: http://www.nidelins.com.br/2019/08/19/pitu-com-reserva/
#dicadanide #maceio #tradição #boteco #pitu
Rua José Pinto de Barros, 298 – Conjunto Santo Eduardo, Poço – Telefone: 3357.4291
Horário de terça a domingo das 11h30 até meia noite. Segunda das 11 até as 14h.
  • Cenas do inverno do Sertão Alagoano no @restaurante_castanho e seus caminhos em Delmiro Gouveia
#dicadanide #alagoas #turismo @henrik_dantas @candeeiros_ecotur
  • No ano de 2012, fiz minha primeira viagem para o restaurante Castanho, em Delmiro Gouveia, com o guia Henrique (@henrik_dantas). O embarque foi da Praia Dulce na cidade de Olho D ' Água do Casado em uma ponte improvisada, mas a beleza dos cânions do Velho Chico era o que importava. Em 2019, a exuberância do Sertão é a mesma, mas no lugar na ponte na praia da Dulce temos um pier com um restaurante, e o Castanho Reserva Ecológica, da família do Leléu (@eliseebg), está mais encantador, pois ganhou uma pousada (inaugurada em setembro). Felicidade em ver o turismo alagoano florecer no Sertão com o empreendedorismo do @restaurante_castanho, e gerar 80 empregos diretos na região. Gratidão. Em breve, no meu blog, trago mais informações.
  • Da varanda da Pousada Castanho vejo a beleza do jardim do Rio São Francisco, do @restaurante_castanho
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante
  • No caminho do @restaurante_castanho tem o chão florido, anunciando o inverno alagoano em Delmiro Gouveia.
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante #caatinga
  • Nos fins de tarde tem fila quilométrica e o trânsito fica um caos,  tudo em nome do Cacetinho Amanteigado da Tradicional Padaria e Pizzaria na Rua Santos Dumont, no Centro da cidade de Satuba. E que cacetinho! Embora fino, é o pão bisnaga mais famoso e gostoso da região, quando sai do forno da padaria, se come até sem manteiga.
http://www.nidelins.com.br/2019/08/16/cacetinho-amanteigado-de-satuba/
#dicadanide #padaria #Satuba #alagoas
  • O chef Deco Sadigursky (@decosadigursky), The Black Beef (@theblackbeef) me questionou: “Gostou do sabor? Se eu não falasse que o hambúrguer é vegetal, você saberia identificar?” Então, respondi: “O sabor é bom. Comeria como se fosse carne. O sabor e a textura são iguais ao de carne”. Assim começo minha postagem sobre a novidade que aterrissou em Maceió: o hambúrguer vegetal, considerado a carne do futuro. Ele vem servido no pão com cogumelos e creme de queijo. Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/08/15/hamburguer-dos-tempos-modernos/