TOPO
Destaques Receitas

Brasília com sabor alagoano

Na balança foram pesados 120 quilos de camarão, 20 quilos de siri e 70 de tilápia. Para as receitas também foram usados leite de coco, macaxeira, coentro, e outros ingredientes que deram sabor ao almoço no restaurante Senac de Brasília, na Câmara dos Deputados, no último dia 23. E haja comida deliciosa. A cozinha alagoana foi o assunto mais comentado do dia, graças aos chefs do Senac Alagoas, Cícero Harri, Christian Haug e Edva Queiroz. O trio, durante a Semana da Gastronomia Regional na Capital Federal, mostrou que nosso estado vai além de sol e mar.

No evento, a receita Camarão Terra e Mar  (foto acima do Exemplus Comunicação) foi a mais aclamada. Veja no final da postagem como fazer essa delícia que leva queijo coalho na receita.

Chefs do Senac Alagoas:  Cícero Harri,  Edva Queiroz e Christian Haug fizeram bonito em Brasília

Na cozinha, os chefs alagoanos comandaram a equipe para atender mais de 600 pessoas de todo canto do Brasil que almoçam no restaurante. Detalhe: Brasília tem 15 restaurantes-escola do Senac.

Uma das estrelas do almoço em Brasília foi a receita Camarão Terra e Mar, que ganhou macaxeira cozida cortada em cubos, queijo de coalho, nata, leite e o coentro, que deu o tom ainda mais nordestino ao prato. Todos aplaudiram.

Caldinho de siri, deu boas vindas aos comensais do restaurante do Senac Brasília

No almoço alagoano, o caldinho de siri deu as boas vindas como entrada. De prato principal, além do Camarão Terra e Mar, teve fritada de siri, carneiro guisado com fava e tilápia ao molho de coco com maracujá. No time de sobremesas, panna cotta de doce de leite, cocada mole, pudim de coco, pudim prestígio, gelado de manga e tartelete de limão.

Fritada de siri também uma das estrelas do almoço alagoano

No evento, que contou com a participação de parlamentares alagoanos, também foi divulgado a notícia saborosa de que o Senac Alagoas iniciou a construção do Centro de Gastronomia.

Amei o Panacota de doce de leite

O novo espaço de gastronomia, localizado ao lado da Unidade Poço, está orçado em mais de R$ 2 milhões e tem previsão de entrega para dezembro deste ano. Ele terá capacidade de atender 200 alunos por turno e vai abrigar cozinha, confeitaria, auditório para aula-show e restaurante para 80 pessoas.

Articuladores: presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Wilton Malta, Telma Ribeiro, Geilsa Martins, Ana Luiza e  Cláudia Pessôa

Para o sucesso do evento em Brasilia, o presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Wilton Malta, e a diretora regional do Senac Alagoas, Telma Ribeiro, contaram com o auxílio luxuoso da coordenadora do Centro Integrado de Hotelaria e Turismo do Senac Alagoas, Geilsa Martins, a presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Penedo e Conselheira do Senac Alagoas Ana Luiza e a assessora técnica da Fecomércio, Cláudia Pessôa.

Meu livro Receita das Alagoas, cozinhas de chef, de boteco, de tradição e de rua foi doado para Biblioteca do Senac Brasília. Na foto: Marilene Delgado (Senac Brasília), Geilsa Martins (Senac Alagoas) e Telma Ribeiro (Senac Alagoas). Foto: Exemplus Comunicação

A comitiva do Senac também recebeu, e alinhou com a bancada alagoana, a importância da instituição na formação de profissionais para o mercado de trabalho da alimentação fora do lar.

Viajei a convite do Senac Alagoas.

Camarão Terra e Mar. Foto: Exemplus Comunicação

Receita Camarão Terra e Mar

Ingredientes:

2 kg filé de camarão limpo
Molho bechamel
500 ml creme de leite fresco
1 kg macaxeira cozida cortada em cubos
600 g queijo coalho cortado em cubos
200 g manteiga
200 g cebola
80 g alho picado
300 g de molho de tomate
1/2 molho de coentro picado
pimenta do reino
sal
noz-moscada

Molho bechamel 

Ingredientes

80 gramas manteiga

80 gramas de farinha de trigo

1 litro de leite

1 pitada de noz-moscada

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo do Molho bechamel:

Coloque a manteiga na panela e leve ao fogo baixo. Quando derreter, acrescente a farinha de trigo e mexa por dois minutos até a mistura ficar levemente dourada. Retire a panela do fogo e vá acrescentando o leite enquanto você bate o líquido com um fouet (o clássico batedor feito de arames).
Aumente o fogo para médio, coloque a panela e continue mexendo. Quando começar a ferver, baixe o fogo e tempere com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada.
Deixe cozinhar por cerca de 12 minutos e vá mexendo de vez em quando até o molho engrossar um pouco.

Modo de preparo do Camarão:

Tempere os camarões com sal e pimenta.  Leve uma caçarola ao fogo e doure o alho e a cebola, junte o camarão, deixe refogar. Acrescente o molho bechamel quente, a macaxeira, queijo coalho e os demais ingredientes. Deixe levantar fervura e retifique os temperos.
Desligue o fogo e pode servir com arroz branco.

Mais fotos no Restaurante do Senac Brasília

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Lancinho de tarde: Falafel bolinhos fritos de grão-de-bico com especiarias do @falafel_do_egito. 
#vegano #vegetariana #dicadanide #maceio #alagoinhas #pontaverde #foodtruck
  • A convite do jornalista e apresentador, @wilsonjunioral, do programa Balanço Geral, da @tvpajucara , visitei o famoso Nado’s Bar para provar a ova de peixe e o caldinho de galinha. No último tempo, também degustei a galinha velha guisada, por sinal, danada de boa. O recinto é simples e tem comidinha primorosa sob o comando do casal Josinaldo, conhecido como Nado, e Maria do Socorro dos Santos. A casa fica  no bairro da Ponta da Terra.
Rua Dona Alzira Aguiar, 269 – Ponta da Terra (terceira rua por trás do Bompreço da Pajuçara)/ Telefone: 98877.3458
http://www.nidelins.com.br/2019/06/14/ova-de-peixe-da-ponta-da-terra/
  • O chef @rodrigoaaragaoal adotou o cuscuz de arroz do Luiz, e elaborou uma farofa com tomate, cebola, pimentão, pimenta biquinho com camarão no molho de tomate, lembrando a receita do Bar das Ostras. Onde: @lalirestaurante
Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), 172 – Jatiúca
  • Quando menina, gostava de comer charque cru. Depois, entrevistando o chef Rodrigo Aragão, descobri que ele também fazia a mesma coisa. E assim, a cozinha vai se enchendo de lembranças boas. O alagoano criou o carpaccio de charque, que ele mesmo produz no seu Restaurante Lali.
http://www.nidelins.com.br/2019/06/13/carpaccio-de-charque/
  • O novo restaurante Kawamura, de cozinha japonesa, além do lamén (sopa oriental), tem a comida do dia a dia da cozinha da família japonesa da Maki. A chef tem uma linda história de amor com Akira Takada Tani. Confira no meu blog:http://www.nidelins.com.br/2019/06/12/paixao-japonesa/
#dicadanide #maceio #cozinhajaponesa
  • O céu não é o limite, principalmente para a confeiteira @sandyfarias, da Le Brulé (@lebrulecafeteria) que, no próximo sábado, lança croissants doces, muito doce, junto com a sócia  Andréa Pessôa (@deapessoa) . Na versão sobremesa, o pão tipicamente francês vem com fios de caramelo, flor de sal, brigadeiro brulé, farofa doce de castanha de caju e sorvete de creme da Bali.
http://www.nidelins.com.br/2019/06/11/croissant-doces/
  • Gente do céu, a receita do bolo de banana sem glúten, sem lactose e sem açúcar, continua na parada de sucesso. De novo, ele ganhou o primeiro lugar com 13.825 acessos no blog. Em segundo lugar ficou a trilha de pasteis de Alagoas com 5.414. Em terceiro, a Acarajé da Luz do Restaurante Cambito com 4.231
http://www.nidelins.com.br/2019/06/10/bolo-da-banana-tri-campeao/
  • #Repost @wilsonjunioral (@get_repost)
・・・
Eu e a amiga caçadora de sabores Nide Lins..... Pelos Botecos da Vida !!. Bar do Nado's na Tv. Dona Alzira Aguiar, 265 - Ponta da Terra. Destaque para Ova de peixe e caldinho de frango ..... 👏👏👏👏👏😊😊