TOPO
Chef na Cozinha Destaques

Siri virou hambúrguer, e dos bons

Muita gente, mais muita mesmo, fez torcida organizada para o chef Paulo Quintella, jovem talentoso, que mostrou sua cara para o Brasil no Master Chef.  Com seu jeitinho desligado, o alagoano de sorriso tímido conquistou legião de fãs e continua fazendo bonito no seu restaurante Aratu, e o siri, estrela da sua cozinha, virou hambúrguer, e o fruta-pão um delicioso pão.

Pois bem, o fruta-pão, tão comum com manteiga na mesa do alagoano, foi parar na receita de um pão fofinho. Já o siri, bichinho do mangue, xodó do chef Paulo Quintella, na versão de hambúrguer é empanado na farinha de mandioca, o que o deixou delicioso, bem feito, e ainda vem na companhia da maionese de coral e com conserva de acelga com pimenta de cheiro.

PauQuintella, novo talento da gastronomia alagoana com sua cozinha autoral

O hambúrguer de siri é uma das entradas do menu do Aratu, assinado pelo chef Quintella, com opções de três etapas (entrada, prato principal e sobremesa) e seis etapas (duas entradas, dois principais e duas sobremesas).

Banana terra e peixe curado no molho de trige

Terra e mar – A banana da terra continua com presença marcante na cozinha do Aratu, dessa vez ao lado de lâminas de peixe curado (sabor mais apurado) e marinado no leite de tigre (base de limão, cebola roxa e pimenta).

File de sol com massapuba com queijo coalho

Raiz – A massa puba (amarela e azedinha) também dá muitos palpites, ou melhor, boas receitas no Aratu. Dessa vez a massa da mandioca misturada ao queijo coalho, faz as honras com o filé de sol preparado também na cozinha do chef. E manteiga com ervas para realçar a carne.

Peixe com purê de banana e caviar de ceviche

Peixe coral – E a banana da terra que  também é toda poderosa na cozinha do chef, tornou-se purê numa brincadeira agridoce ao paladar, molho de camarão, e o surpreendente caviar de ceviche (bolinhas curtidas no limão). Sensacional.

Bolo e creme de banana

Para adoçar – O creme brulado de doce de coco é dos deuses, docinho suave, leve e com açúcar queimado por cima. A outra opção é o bolo de banana com crosta de castanhas, canela e creme de banana.

Continua em cartaz, tortilha de macaxeira recheada com camarões crocantes

De casa – O que acho mais legal do chef Paulo Quintella é a valorização dos produtos locais, como siri, farinha, massa puba, manteiga de garrafa, banana da terra, numa proposta elegante e que faz a gente mergulhar na alagoanidade, ou seja, um master chef de raiz com muito saber e sabor.

Recepção do Aratu na Massagueira

Rota Aratu

Preços: menu com 3 etapas (entrada, prato principal e sobremesa: R$ 105,00 – por pessoa)/  Menu 6 etapas (2entradas, 2pratos principais e 2 sobremesa-R$ 190,00)/ Aceita-se cartões

Funciona sexta, sábado e domingo, das 12h às 17h30. Reservas: 82 99115-2257

Avenida Divina Pastora, S/N – Massagueira (Marechal Deodoro) / Depois do ultimo bar segue uma estrada de barro até encontrara placa Aratu

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • No Mistura Alagoana (@misturalagoana), além dos bons caldinhos, tem um desfile de comidas nordestinas, que vai da rabada com pirão ao suculento bife de faldrinha grelhada com arroz, feijão e vinagre. E tem até siri-de-coral, uma exclusividade alagoana. A única intervenção baiana é a do chef Guilherme Jordão que trouxe o molho lambão, uma receita tradicional, danada de boa. Ela acompanha os guisados com pirão para realçar o tempero.
http://www.nidelins.com.br/2020/02/20/serraria-com-sabores-alagoanos/
  • Combo de caldinhos, para mim, é uma novidade das boas. A gente prova quatro sabores e fica mais “fácil” decidir qual o predileto. Tem de feijão, galinha velha, sururu e de pitu (este, eu amo). A invenção é do restaurante Mistura Alagoana (@misturalagoana), no bairro da Serraria, com preços bem camaradas. O almoço para uma pessoa é a partir de R$ 16,80; ou pode escolher prato do dia, a feijoada na sexta-feira para duas pessoas por R$31. Gostou? Então, vamos conhecer o mais novo empreendimento na cidade alta de Maceió, que vai abrir todos os dias de carnaval.

http://www.nidelins.com.br/2020/02/20/serraria-com-sabores-alagoanos/

#dicadanide #maceio #tradição #cozinhaalagoana

Funciona todos os dias, segunda e terça das 11h até 17h/ de quarta a sábado das 11h até meia noite/ domingo até 17h
Av. Menino Marcelo, 9660 – Serraria, Telefone: (82) 3316-1114
  • Quem tem restrições ao glúten, claro, desde que não seja intolerância severa, tipo não pode nem respirar a farinha de trigo, saiba que restaurantes italianos oferecem massas sem glúten. Veja os lugares que já conheço, e aceito dicas sobre massa sem glúten para próxima reportagem .
@toscanarestaurante
@davenetotrattoria @mariaantonieta.maceio @basilicoristoranteitaliano 
saiba mais: http://www.nidelins.com.br/2020/02/19/e-sem-gluten-que-massa/
  • Já comeu pão com fermentação natural? Quem ainda não provou a iguaria, deve testar, embora seja bem diferente do nosso pão francês. Ele é mais rústico, contudo, tem sabor e seus benefícios. Ele tem baixo índice glicêmico, digestão mais fácil até para os intolerantes a glúten porque possui uma fermentação mais lenta. Também aumenta o teor das bactérias benéficas no intestino. Onde encontrar pão de fermentação natural? Back Bakery (@backbakery): Encomendas pelo telefone: 82 99697-0099/ Padaria Massa Madre (@misterfrios): Avenida Jatiúca, 162/  Telefone: (082) 3327-3636
  • No carnaval de 2011 eu visitei “Tia Jacy”, chamada, assim, carinhosamente pela família, uma das saudosas das irmãs Rocha. Na época, além de uma entrevista saborosa, fui sua auxiliar de cozinha na receita de filhoses, uma tradição da festa de Momo. A dama da gastronomia alagoana me ensinou os segredinhos do doce tradicional de carnaval, feito de farinha de trigo, água, manteiga, sal e uma calda de açúcar. Quem participou da entrevista também foi a sobrinha da Jacy, Tatalia (@mariaeuthaliamontenegro)que relembrou das histórias de sua tia. Em setembro do ano de 2014, Jacy partiu e deixou seu legado gastronômico registrado no livro “Delícias da Cozinha Alagoana”, das Irmãs Rochas, da Editora e Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Acesse a receita no meu blog para uma festa de Momo saborosa e feliz.  http://www.nidelins.com.br/2020/02/17/filhoses-doce-tradicao-de-momo/
#dicadanide #maceio #tradição #docecarnaval
@rocha.yeda
  • @zecacamargomundo, jornalista apaixonado por nossa Alagoas, aquele abraço 💗💙😺 @thawacalixto @rodrigoaragaoal @galeriakarandash. Você @edecasaofficial, sempre bem-vindo
  • Maravilha sem glúten: macarrão de legumes, camarões e molho de queijo. Quem faz: Chef @tbrandaos do @davenetotrattoria
  • #Repost @thawacalixto (@get_repost)
・・・
Com dois chefs lindos e maravilhosos, @thawacalixto e @lekamelro .... 📸@felizpem
No camarote do.@palato24h