TOPO
cozinha gastrotinga Destaques

A doçura da caatinga

A coroa-de-frade, no Sertão, tem uma simbologia forte: colocada no muro das casas, dizem que afastam o mal olhado. Pois bem, esta planta lindinha da caatinga também ganhou sua versão doce pelo confeiteiro Juan Mello, da Ruca Confeitaria. A coroa-de -frade tem uma casquinha de chocolate branco pintada de verde e espinhos que são pontinhos doces. O macaron por cima faz a vez da coroa. A sobremesa encantou não apenas pela apresentação impecável, mas também pelo recheio de mousse de palma, geleia de xique-xique e crocante de castanha de caju. Juan trouxe as boas lembranças doces da caatinga.

Milhares de cora-de-frade de chocolate com recheio de mousse de palma e geleia de xique-xique

A caatinga tem sua doçura. Símbolo da resistência do nordestino, é capaz também de transformar em cozinha sustentável, vide a coroa de frade do Juan.  Comer cactos ainda parece estranho, exótico, invenção… Mas o Jantar “Cozinha que Transforma”, no último dia 25 de abril, além do confeiteiro Juan, 13 chefs alagoanos e baianos mostraram que a nova tendência gastrotinga, liderada pelo chef Timoteo Domingos, é presente e futuro na mesa brasileira

O time chefs da gastrotinga: Vitor Generoso, Cícera Silva, Alex Vasconcelos, Antônio Mendes, Roger Lima, Rodrigo Aragão, Paulo Quintela, Sandy Farias, Serginho Jucá,  e Juan Mello, além dos baianos Luciano Moreira e Clodomiro Tavares

A gastrontinga tem a proposta de sustentabilidade, fazer com que os produtores sertanejos possam cultivar as plantas da caatinga para atender o mercado de bares, restaurantes e, até mesmo, a cozinha de todos nós.

No jantar, os chefs criaram receitas com ingrediente da caatinga. Algumas receitas ainda são tímidas com o uso do cacto, o que acho normal, porque é novo. Agora, uma coisa é certa, foi o jantar mais nordestino que já comi da minha vida. Teve bode, cordeiro, cuscuz, siri, coco, mel… E mais jantares da “Cozinna que transforma” que vão acontecer pelo Brasil afora.

Veja o cardápio de cactos

Xique-Xique na versão da culinária japonesa

Até no Japão – Roger Lima fez bonito e saboroso com o xique-xique grelhado com molho missô, cogumelos (frescos, são cultivados em Alagoas) e quinoa crocante. O cacto tem sabor neutro, e casou muito bem com os temperos japoneses. Uma grata surpresa, até porque o chef Roger do Hatsu pretende adicionar a receita ao cardápio da casa.

Cachaça Divininha com geleia de mandacaru com gin tônica, super refrescante.

Drinque – Edgar Amorim, do Boteco Generoso, fez vários drinques com ingredientes da caatinga. O que mais apreciei foi o de cachaça Divininha com geleia de mandacaru com gin tônica, super refrescante.

Aratu com vinagrete de xique-xique

Dupla – A alagoana chef Cícera Silva do Morea Beach Club e o baiano  Luciano Morreira criaram a mouseline de batata roxa com filé de aratu (espetáculo), vinagrete de xique-xique e macaxeira chip.

Ora-pro-nóbis no frango, farofa e molho. Fico bom demais.

Divina – Ora-pro-nóbis é uma erva muito usada na culinária mineira. Contudo, a folha é da família da caatinga, riquíssima em ferro, e tem o mesmo valor nutricional da carne. O chef Vitrola, do Divina Gula, usou da erva no frango, farofa e molho. Fico bom demais.

Mungunzá salgado misturado com carne de porco no rôti (molho) de rapadura,

Nordeste – O chef Antônio Mendes fez o mungunzá salgado misturado com carne de porco no rôti (molho) de rapadura, picles de cebola, rabanete, maionese de páprica defumada, picles de maxixe e farofa de amendoim.

Polvo no molho de xique-xique

Serginho Jucá – O polvo grelhado, e super macio, ganhou o molho de xique-xique. O chef do Sur refogou a planta com cebola, depois adicionou açúcar e vinagre de arroz. Ficou supimpa.

Língua com palma do chef Rodrigo

Rodrigo Aragão – A língua mais famosa do chef da Ôxe e da Lali, para chegar à mesa é bem limpa, escaldada, cozida e depois frita no caldo de carne, para o jantar ganhou picles de xique-xique e chá de alecrim. Resultado: carne macia, bem temperada, e quem nunca comeu se apaixona e põe fim ao preconceito.

Charque de cordeiro, farofa de cuscuz com linguiça de cordeiro, cubos de queijo coalho com geleia xique-xique e uma seringa de mel

Clodomiro Tavares – O chef paulista, residente de Paulo Afonso, teve a apresentação mais instigante. O charque de cordeiro chegou escoltado pelo time nordestino de farofa de cuscuz com linguiça de cordeiro, cubos de queijo coalho com geleia xique-xique e uma seringa de mel para dar a doçura ao charque de cordeiro.

tortelete com creme de coco verde, uburama de cheiro e farofa de coco queimado

Tortelete – A dupla Sandy Farias (Le Brulé) e Paulo Quintela (Aratu) apostaram no doce tortelete com creme de coco verde, uburama de cheiro, nativa do Sertão,  foi a estrela do prato e farofa de coco queimado. Gostei bastante do casamento do coco e a semente do Sertão que deixou o doce perfumado.

Xique-xique, o queridinho do chefs

O jantar com o tema “Cozinha que transforma” do Instituto Gastrotinga vai acontecer pelo Brasil afora, visando obter fundos para a Construção da Escola de Arte e Cultura Alimentar da Caatinga. O intuito da escola na região dos Cânions do Rio São Francisco é fomentar o cultivo e a comercialização de plantas comestíveis nativas de forma sustentável.

Veja quem abraçou o projeto da gastrotinga: Sebrae Alagoas, Divina Gula, Caatinga Rocks, Traz A Conta, Hotel Confort, Uninassau, Fusion, Pedra do Sino Hotel.

Uburama de cheiro, nativa da caatinga é perfumada

 

 

«

»

2 comentários
  • Dermival Pinheiro
    3 meses Atrás

    É muita invenção.

    • Nide Lins
      3 meses Atrás
      AUTOR

      É muita Invenção boa, e tá gerando renda para o povo sertanejo. Prove a geleia de xique-xique, em vez de achar invenção sem provar. Grata pela leitura abraço, Dermival

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Surpresa de uva, amor pra toda vida. Onde: @milocapraia. Veja mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/07/17/miloca-doce-inspiracao/
Funciona todos os dias das 12h até 21h
Av. Dep. José Lages, 184, Ponta Verde/Telefone: 82 3025.8600
  • Quando criança, Thiago Muniz nem precisava esperar o aniversário para se fartar nas surpresas de uva e coxinhas. Afinal, com a mãe Simone (@simonemunizgastronomia) e a vó Milla em casa, quituteiras de primeira linha, não lhe faltaram mimos doces. Agora, bem crescido, ele abriu uma filial da Miloca, na Ponta Verde, para vender todas as guloseimas da sua infância, entre elas, as empadas e folheados que são um espetáculo.
http://www.nidelins.com.br/2019/07/17/miloca-doce-inspiracao/
Funciona todos os dias das 12h até 21h
Av. Dep. José Lages, 184, Ponta Verde/Telefone: 82 3025.8600
  • Maria Lígia Lopes Muniz é aluna assídua dos cursos do Sebrae como, o Programa do Alimento Seguro, Gestão financeira, Empretec, Atendimento ao Cliente, entre outros. Para esta alagoana, não basta cozinhar bem: é preciso ser empreendedora. Tanto que, recentemente, inaugurou seu segundo food truck, o Café Regional no Vera Arruda Food Park (@foodparkverarruda). No novo espaço gastronômico também tem: Massa, Pajú, Open Crepes, Pêra Crepes e Tapiocas, Sonho Doce, Sandubaria, Tavuk Gastronomia Turca, Il Tramezzino, Pakino Pizza Artesanal e Chopp Time. Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/07/16/os-sabores-de-vera-arruda/
🍽Rua Marechal Antônio Guedes Muniz, 47, Jatiúca l ⏰Funciona de terça-feira a domingo a partir das 18h. Próximo a Academia GB.
  • Desde de março que a receita do bolo de banana sem glúten, zero de lactose e de açúcar segue a liderança de mais acessado do mês, desta vez, em junho obteve 11.376 internautas visitaram o post. Em segundo lugar o pastel da Mônica, @pastekasmcz (Pateska) no bairro do Farol com 6.197 e o Açaí Guardiã (@acaiguardiaoficial) produzido na cidade de Boca da Mata em terceiro lugar com 2.889.
  • Hoje com este friozinho minha dica é esquentar o estômago com o camarão  na manteiga de alho crocante sobre purê de batata inglesa. Quem faz é chef Thaísa de Mello do restaurante Del Mare. MARAVILHOSO e vai entrar pro meu blog.
DEL Mare: Rua Dois, n° 5, Cruz das Almas (pela praia entra na rua do Hotel Reymar e depois na segunda rua a direita)/ Reservas: 98735-2697🦐
#restaurante #maceio #frutosdomar #chefnacozinha
  • Inglaterra, Itália, Alemanha, Áustria, França, Nova Zelândia, EUA, Canadá, Colômbia… Estes são apenas alguns países que receberam os espetáculos da Cia Deborah Colker, sempre com muito sucesso tanto de público quanto de crítica. Dia 21 de julho é a vez do público alagoano  conferir “Nó” e viver uma noite mágica. Garanta seu ingresso!
.
🔖 [INGRESSOS DISPONÍVEIS]
.
🎶 Espetáculo “Nó”, da @ciadeborahcolker
🏛 Local: Teatro Gustavo Leite
🗓 Data: 21 de julho
🕗 Abertura da casa: 20h
🕘 Início: 21h
👉 Classificação etária: livre
.
📍 INGRESSOS
▶ PLATEIA
▪ R$ 140,00 (inteira)
▪ R$ 70,00 (meia)
▶ MEZANINO (ingresso popular)
▪ R$ 75,00 (inteira)
▪ R$ 37,50 (meia)
▶ OBSERVAÇÕES (descontos)
▪ Cartão Petrobras e Força de Trabalho: 50% de desconto na compra de até 2 ingressos por apresentação (desconto não cumulativo)
▪ Professores, maiores de 60 anos, estudantes e pessoas com deficiência: 50% de desconto
.
💰 FORMA DE PAGAMENTO: dinheiro, débito, rotativo e parcelado em até 2x
.
📍PONTOS DE VENDA:
▶ Erva Doce Doce Erva (Rua Eng. Mário de Gusmão, 530 -Ponta Verde)
▶ Acesso Vip (Parque Shopping e Unicompra farol)
▶ Vendas online: www.suechamusca.byinti.
OBS: No dia do show, os ingressos também serão vendidos na bilheteria do local.
.
Para mais informações:
☎ (82) 3235-5301
📱 (82) 99928-8675 (WhatsApp)
fb.com/suechamusca
@suechamuscaoficial
.
.
.
#suechamusca #nó #deborakcolker #ciadeborahcolker #dança #arte #cultura #maceio #alagoas
  • Neste sábado, 13, tem sanduíche novo do chef Vitor Generoso (@vitrolageneroso) na noite do Rock Week no Parque Shopping Maceió (@parqueshoppingmaceio). Na receita do nosso famoso chef Vitrola, o pão de leite (foto principal) vem recheado com sobrecoxa de frango empanada, molho ceasar do boteco, alface americana, tomate seco caseiro e polvilhado com parmesão. Para acompanhar o sanduba do chef, chope da Caatinga Rocks (@caatingarocks) , uma das idealizadoras do Rock Week. Também terá comidinhas da @daslagoasbrewpub @blackbeerparrilla @obapizzanburger @botecogeneroso
http://www.nidelins.com.br/2019/07/12/rock-cerveja-e-comidinhas/
  • O cacetinho baiano é a massa do acarajé no formato de palito, um petisco bem legal, que a gente encontra no restaurante Aracajé das meninas Erika Cortez e Priscilla Prill. A novidade da casa vem acompanhada dos molhos de camarão, frango, siri, goiabada com pimenta e geleia de abacaxi com pimenta. Eu prefiro só com o sabor do acarajé, sem complementos, a não ser uma cerveja gelada.
Confira no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/07/12/cacetinho-baiano-em-alta/
Av. Paulo Falcão 629-B, Jatiúca (Por trás da antiga sorveteria Lambe Lambe).
#dicadanide #maceio #tradição #boteco #cozinhabaiana