TOPO
Destaques Mais acessados

Bolo de banana, campeão de março

A banana com a casquinha preta traz, naturalmente, mais doçura.  Este é um dos segredos do sucesso do bolo de banana com zero de açúcar, glúten e lactose que conquistou o primeiro lugar no meu blog de março com 16.560. O segundo lugar de acesso foi o Restaurante e Soparia da cidade de Arapiraca com 4.038, e em terceiro lugar a costela bovina do Fusion Grill com 3.184. Vamos lembrar dos campeões.

A primeira vez que comi o bolo de banana com zero de açúcar, glúten e lactose foi no restaurante Ser-Afim. Gostei tanto que ganhei a receita. Nos meus testes fiz pequenas mudanças, como diminuir o número ovos, passou de cinco para três ovos. Quem já fez, aprovou. E quem ainda não fez, segue a receita:

Quanto mais madura a banana mais doçura no bolo

Ingredientes:

6 bananas prata bem maduras

5 ovos (Utilizo apenas 3)

1 xícara de óleo girassol

1 xícara de uvas passas

2 xícaras (bem cheias) de aveia sem glúten

1 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio

1 colher casca de laranja

1 banana da terra madura (opcional)

Canela em pó (1 colher chá de sopa)

Modo de fazer:

Adicione ao liquidificador as bananas, ovos e o óleo. Bata bem.

Em seguida coloque uma xícara de passas e pulse. Adicione casca de laranja.

Coloque numa vasilha e misture aveia e canela.

Unte a forma com manteiga e farinha de arroz.

Despeje a massa na forma e coloque por cima rodelas da banana da terra. (opcional)

Leve ao forno aquecido, fica pronto entre 30 a 40 minutos (depende do forno).

Deixe sua semana mais gostosa e leve.

Fusion Grill

Detalhe da costelinha grelhada

Imagine aquela costelinha de boi, vultosa, com as devidas gordurinhas, e quando sai da churrasqueira nem precisa cortar com faca porque ela se solta livremente!  Melhor nem imaginar… Devore logo essa costelinha! Quem prepara a carne divinamente é a equipe do chef Fernando Costa, um expert em carnes grelhadas do restaurante Fusion Grill.

A costelinha de boi vem escoltada por quatro porções, e confesso, nem penso em fazer dieta, invisto na batata com a maionese, feijão caseiro, arroz biro birô e macarrão, é bom demais.

Fusion Grill: Funciona: De terça a domingo das 11h até as 23h30/De Sexta- Sábado: 11h até as 00h30/ Rua Dep. José Lages, 469 – Ponta Verde, Maceió – Telefone: (82) 3024-3005

Restaurante e Soparia

Arapiraca: Variedades de sopa e todas custam R$ 10,00

Já era final de tarde quando cheguei em Arapiraca, e meu pensamento era apenas um: tomar uma sopa caseira, bem quentinha, com caldo espesso, e, claro, com macarrão e torradas. Fui direto ao Restaurante e Soparia, no bairro Baixa Grande, espaço dedicado à culinária regional. O preço da sopa é bem saboroso, R$10,00. O café e as torradas são os acompanhamentos. A casa também vende cuscuz recheado, mas o que me ganhou meu paladar foi a sopa de mocotó bem substancioso.

Restaurante e Soparia: Funciona de segunda a sábado/ Rua exp. Brasileiros, 412. Baixa grande. (82) 99601-6060/ Arapiraca

 

 

 

«

»

1 comentário
  • Malton Oliveira da Frotta
    3 semanas Atrás

    Muito bom!!!!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Já comeu as coxinhas de galinha do Conversa Botequim? Pois bem, as beldades são viciantes. A gente começa a comer e não querer mais parar. Na receita, o salgado leva batata inglesa, farinha de trigo e leite, depois são empanadas na massa de tempurá e farinha panko (pão japonês). O recheio é generoso.
Para acompanhar o petisco, cerveja bem gelada ou drinks do Itynerantys
http://www.nidelins.com.br/2019/04/24/coxinha-do-conversa/
@conversabotequim @itynerantys @luizsiqueira87
  • Na pracinha, por sinal, bem lindinha, da cidade de Capela, uma placa do governo do Estado indica o Caldinho de Capela, patrimônio alagoano sob a batuta do Newton Melo Bastos, uma lenda viva do Município que também abriga o atelier do ceramista João de Alagoas e seus seguidores.
Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/23/seu-newton-autoridade-do-caldinho/
#dicadanide #alagoas #comidadibuteco #alagoas #capela
  • O churrasquinho de cordeiro escoltado por arroz com alho, feijão preto, farofa com bacon e salada, é uma das delícias do
Santo Almoço Executivo, no  Santo Antônio Bar, com preços de R$ 18,90 até R$ 36,00 (prato pra uma pessoa). De terça-feira à sexta-feira, o cardápio leva assinatura do @serginhorjuca. Veja mais no blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/22/almoco-com-antonio/
#dicadanide #maceio #restaurante #jatiuca #almoçoexecutivo
  • Espírito Santo do atelier João das Alagoas na cidade de Capela. Destino de arte e do famoso Caldinho do seu  Newton, o melhor da região.
  • Sexta-feira da Paixão, maré baixa, mar sereno, lua cheia, gente, muita gente assentada na areia, ou nas cadeiras que trouxeram de casa. Tudo para confortar o corpo, porque o coração já estava domado pelo projeto Velas Telas na Praia da Ponta Verde, bem de frente ao farol que nos guia.  As velas enfileiradas viraram telas de cinema ao céu aberto como o escurinho do cinema, onde foram projetas obras dos artistas plásticos alagoanos. As velas não partiram para o mar, mas projetaram a beleza dos nossos artistas plásticos e nós, até domingo, dia 21, podemos mergulhar no universo da arte no projeto Arte em Movimento – VelasTelas, do Núcleo Zero e Mirna Porto com patrocínio do Magazine Luiza por meio da Lei Rouanet. http://www.nidelins.com.br/2019/04/20/velas-da-lua-cheia/ foto: tela de Lula Nogueira @curiboca 
#velastelas #maceio #alagoas #cultura
@velas.telas @nucleozero_ @mirnaportomaia
  • Minha Maceió é mar, lua, Arte em Movimento - VelasTelas, projeto do @nucleozero_ @mirnaportomaia na orla da Ponta Verde (na altura do Farol), até  21 de abril, a partir das 20h.  Patrocínio @magazineluiz
#dicadanide
#maceio
#arte #pontaverde @rosapiattiarte @mirnaportomaia @nucleozero_
  • Fique ligado: Vem aí o Janga Week, de segunda a sexta, no Janga Praia no horário do almoço com prato para duas pessoas no valor de R$ 69,00. São seis pratos para o comensal escolher, como a Tilápia Primavera com salada e acompanhada com arroz integral, mas tem camarão, frango e carnes. Saiba mais sobre o @restaurantejanga no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/19/camaroes-crocantes-do-janga/
  • A moqueca de camarão, quando sobra de um dia para outro no doce lar da família da Chef Vera Moreira, tem destino certo: o café da manhã. Basta adicionar ovos na moqueca para acompanhar o cuscuz de milho. Essa tradição do café da manhã  foi parar no cardápio do restaurante Akuaba. Mas, no lugar do cuscuz, entrou em cena o arroz, a farofa e o pirão. É bom demais. Saiba mais sobre os 25 anos do @akuababr no meu blog http://www.nidelins.com.br/2019/04/18/temperando-maceio-com-dende/
@verasmoreira @jonatasmoreira @ainamoreira @osvaldo_moreira 
#dicadanide #maceio #cozinhabaiana #moqueca #acaraje