TOPO
Destaques Mais lidos

Os vencedores de fevereiro

Foram apenas 28 dias no mês de fevereiro, mas meu blog foi bem visitado. Quem levou o troféu de vencedor foi a receita “Bolinho de maisena, a glória sem glúten”, com 8.926 cliques, mostrando que temas do mundo gastronômico zero glúten como lactose e açúcar, cada vez mais ganham espaço e chamam a atenção. Uma das minhas missões também é buscar novas receitas para alimentação saudável. Em segundo lugar entre os mais clicados, ficou “Arapiraca é bom demais!”, com 5.375 acessos. Em terceiro, aparece o “Churrasco Boliviano”, que obteve 4.668 cliques.
Vamos relembrar?  Ah, todas as dicas de Arapiraca serão publicadas no decorrer do mês, afinal, foram oito os locais visitados e todos aprovadíssimos.

Bolo de maisena

Bolo de maisena das Irmãs Rocha

Hoje busquei na saudade do restaurante das Irmãs Rocha para escrever este post. Como era maravilhoso o seu café regional. Mesa farta com cuscuz, sopas, sanduíches de forno, bolos, tapioca molhada, macaxeira, filhoses, chá de ervas frescas, café, leite, beiju… E a mesa de doces alagoanos, com o doce e pudim de mangaba, que ninguém nunca mais saboreou.  receitas dos bolinhos de maisena (sem glúten). Eles eram um dos itens da mesa de doces, polvilhado com açúcar e, quentinho, derretia no céu da boca.

Receita Bolinhos de maisena

300 g de açúcar

300 g de manteiga

6 ovos

400 g de maisena

Açúcar para polvilhar

Modo de preparar

Misture o açúcar com a manteiga e bata bem. Junte as gemas e bata mais um pouco até obter uma mistura homogênea. Em seguida, mexa delicadamente, e vá acrescentando com cuidado a maisena peneirada e as claras em neve. Coloque em forminhas untadas. Leve para assar no forno pré-aquecido. Desenforme e polvilhe com açúcar. Sirva bem quentinho é o segredo.

Arapiraca é bom demais

Desnude de preconceito, pois nem só de sol e mar vive Alagoas. Viajei até Arapiraca para descobrir porque ela merece o título de Princesinha do Agreste. Com a economia possante, a cidade tem o ícone, Coringa, que produz o maior símbolo do Nordeste, o cuscuz, e é bom demais no café da manhã ou no jantar. Mas não para por aí.

Sertão na França é o nome de batismo do pão francês com queijo manteiga

Já comeu o “Sertão da França”? É a melhor coisa do mundo. Um sanduíche no pão francês com queijo manteiga lá da Padaria Rio Branco, no Centro da cidade. E quando anoitece com o céu estrelado, lembre a frase: “A noite é uma criança”, e deixe a vida levar pelo Vinil Coffee Bar e apreciar o sol nascer no Mystura Fina.

Padaria Rio Branco: Av. Rio Branco, 92 – Centro, Arapiraca –  Funciona todos os dias das Segunda a sexta das 6h30 às 20h15/ Sábado das 8h às 20h/ Domingo e feriados das 9h às 20h/ Telefone: (82) 3521-1124

Caldinho do Pedrinho: é um dos botecos mais queridos de Arapiraca. Já são 45 anos de sucesso servindo apenas um tipo de caldinho, o de feijão. O caldinho é encorpado, com pedacinhos de charque, simples e bom. Reúne as mais diversas gerações em torno do feijão bem temperado e da cerveja gelada.

Rua Florêncio Apolinário, 233, no Alto do Cruzeiro, Arapiraca/ Funciona de segunda até Sábado das 9h até as 18h/ – Telefone: 99947.0438/ Aceita-se cartões

Matéria completa: http://www.nidelins.com.br/2019/02/14/arapiraca-e-bom-demais/

Churrasco boliviano saboroso e com ótimo custo beneficio

Churrasco boliviano na Jatiúca

Os apaixonados por churrasco, agora, podem escolher sua carne mais querida. Opções não faltam: picanha, bife ancho, filé e bife choriso. Quando eleger a predileta, o próximo passo é escolher a gramatura, 150gr, 300gr ou 500gr. Para ser mais clara, vou citar um exemplo: o bife ancho de 150gr com uma farofinha custa R$ 14,00. Agora, se quiser adicionar uma porção de arroz, o preço sobe R$ 2,00.

A proposta de unir o tal do custo benefício com a vontade de comer um churrasco de acordo com tamanho de sua fome e do seu bolso é do boliviano Pablo Sanches, dono do simpático restaurante Barbeque,  casa especializada em churrasco e tradições bolivianas. Veja as dicas:

Bom demais: três bifes a milanesa com batatas fritas

Trio – O bife à milanesa é uma tradição boliviana frita. No Bar-Be-Que são servidos três bifes com coberturas diferentes: primeira é de rúcula com tomates confitados e mussarela.  segunda tem cream cheese com pimentão confitado; e a terceira é de queijo chedar com cebola caramelizada. Para escoltar o trio bem crocante, batata frita. Peça uma Hop Bros, cerveja alagoana artesanal, que vai ser bom demais.

Batata recheada, uma das tradições do Barbeque

Barbeque: Avenida Pio XII, 700, Jatiúca, Galeria Condotti – Jatiúca/ Telefone: (82) 9 9993.8437/ Referência:  na mesma rua que termina no colégio Santa Ursula e o JTR

 

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Sempre tem alguém pedindo dicas de jantar romântico, mas por que não pedem sobre almoço romântico? Principalmente quando ele vem com desconto e cheio de charme? Então segue a dica: Restaurante Toscana, na Avenida Rotary, no bairro do Farol. Reserve o almoço do dia de sábado porque tem promoção: na compra de dois pratos, o segundo ganha 50% de desconto. Foto do prato: peito de pato com molho de hibiscos e purê de macaxeira
http://www.nidelins.com.br/2019/03/20/sabado-romantico/
#dicadanide #restaurante #paradois #romantico #maceio #alagoas #chefnacozinha
  • Imagine aquela costelinha de boi, vultosa, com as devidas gordurinhas, e quando sai da churrasqueira nem precisa cortar com faca porque ela se solta livremente! 
Melhor nem imaginar... Devore logo essa costelinha! Quem prepara a carne divinamente é a equipe do chef @fernandocostamaia um expert em carnes grelhadas do restaurante @fusiongrillmaceio .
http://www.nidelins.com.br/2019/03/19/costela-boa-e-do-fernando/
#dicadanide #maceio #tradição #churrasco #costeladeboi #pontaverde #alagoas #restaurante
  • A língua na gastronomia é discriminada, muita gente torce a cara para ela, as vezes é preciso omitir a sua origem para ser degustada, mas estava escrito nas estrelas que ela viraria celebridade ao lado do cuscuz. E assim aconteceu nas panelas alagoanas do chef @rodrigoaaragaoal  para o programa É de Casa, a língua, literalmente, foi a  mais falada no sábado (16). Valeu @zecacamargomundo. Conheça a história e a receita no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/03/18/lingua-alagoana-virou-celebridade/
#dicadanide #cuscuz #lingua #receita #maceio #alagoas
  • Amados e amadas, nesta quarta-feira, dia 20, às 9h, serei homenageada pela Biblioteca Graciliano Ramos. Sou muito grata ao carinho da instituição. E, claro, todo mundo está convidado.
Rua Dom Pedro II, 57, Centro de Maceió
  • FÃS do @marcelojeneci Dia 4 de abril, ás 21h, no Teatro Deodoro. Mais um show imperdível com a produção da @suechamuscaoficial
  • Quero um grande desfile de bandas de pífanos para alegrar a vida de todo do mundo. Muita gratidão aos meus seguidores. Foto do Ateliê João das Alagoas, Capela
@claudio.henrique.artesao
  • Gente! Que felicidade! Alagoas no “É de Casa” com a receita que leva meu nome, “Língua da Nide”. E ainda ser citada no programa como a “madrinha da nova geração de chefs de Maceió”!
Resumo: Alagoas é que faz comida boa.
Agradeço o carinho do @zecacamargo e do @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio
Imagem da @suzyalbuquerque_
  • Mais um alagoano, @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio, divulgando os sabores das Alagoas na telinha. Valeu @zecacamargomundo