TOPO
Destaques Gastronomia

Chegou com fome do Carnaval?

Chegou com fome do Carnaval, então vamos de abará ou Acarajé? Acarajé é o clássico do Akuaba, mas o Abará (acarajé cozido no vapor) é comida forte e saborosa. Para fazer a iguaria, a massa é temperada com camarão defumado, azeite de dendê e creme de cebola (natural, batido no liquidificador) e  um pouquinho de gengibre. Enrolado na bananeira, é cozido no vapor e vem escoltado por vatapá, caruru e camarão seco. E claro a pimenta, outra tradição da culinária afro. No candomblé, o Abará é comida-de-santo, oferecida a Yànsán, Obá e Ibeji. Lembrando as caipiroscas de frutas são nota mil. Akuaba – R. Ferroviário Manoel Gonçalves Filho, 6 – Jatiúca. Telefone:(82) 3325-6199

Caipiroscas do Akuaba

Cambito

Ilustração da chef Lu do Cambito, que abre com cardápio novo

Novo – Nesta Quarta-feira de Cinzas, o Cambito abre suas portas depois do carnaval com novidades. Ainda não tem foto do prato, apenas a ilustração no Instagram do restaurante dos bolinhos de moqueca de peixe acompanhados de caruaru, vinagrete e refogado de camarão da chef Ivanilda Luz. Cambito: Rua Dr. Guedes Gondim, 79- Centro (duas ruas atras do Teatro Deodoro)

Feijão com arroz, purê e bife do Mestre Cuca

Bom regional – O Mestre Cuca é uma ótima opção, rápida e saborosa, para almoço ou café regional. Um dos pratos que mais aprecio é o feijão com arroz e bife acebolado, um clássico do Mestre Cuca, com evidência para o feijão à base de legumes e linguiça. É um pecado. É de pedir bis. O bife no sal é uma simplicidade que encanta nosso paladar. Mas siga o que o restaurante tem de bom. A galinha guisada é nota 10, com direito a graxa com pouquíssima gordura e pedaços de quiabos. Para acompanhar, o cuscuz de massa puba. Mestre Cuca – Rua Deputado José Lages, telefone: 3317.1970

Tutu à mineira do Divina Gula

Pecado da Gula – O prato  mineiro vem com feijão batido com torresmo e  ovo. Na frigideira, bife de pernil suíno, linguiça caseira,  couve, torresmo, banana milanesa e uma porção arroz.  Na receita, o feijão é triturado e ganha um pouco de  farinha de mandioca, representa a  sustança para encarar novos desafios. A couve não pode faltar à mesa mineira,  o legume é rico em ferro, proporcionando energia para se viver.  Já a carne suína contam que o porco  simboliza o progresso. Divina Gula: Av. Eng. Paulo Brandão Nogueira, 85 – Jatiúca, Telefone: (82) 3235-1016

Sucesso do Boteco do Tonho: costela de porco com feijão caseiro, farofa de ovos, vinagrete e arroz

Sempre que posso, vou até o Boteco do Tonho, na Ponta Grossa, para matar o desejo de saborear a costela de porco escoltada por feijão caseiro, arroz, vinagrete e farofinha de ovo. Sempre com mesmo padrão de qualidade, de tão macia desfia com garfo, dispensa a faca, e o sal em harmonia. O feijão bem brasileiro, o caldo encorpado, pedaços de charque, quiabo e couve. Para finalizar, a farofinha de ovo. Verdadeira obra-prima da gastronomia alagoana. .Boteco do Tonho:  Rua Manoel Lourenço, 248, Ponta Grossa (na mesma rua do famoso Bar do Pelado)/ Telefone: 3221-6209

 

 

 

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Sempre tem alguém pedindo dicas de jantar romântico, mas por que não pedem sobre almoço romântico? Principalmente quando ele vem com desconto e cheio de charme? Então segue a dica: Restaurante Toscana, na Avenida Rotary, no bairro do Farol. Reserve o almoço do dia de sábado porque tem promoção: na compra de dois pratos, o segundo ganha 50% de desconto. Foto do prato: peito de pato com molho de hibiscos e purê de macaxeira
http://www.nidelins.com.br/2019/03/20/sabado-romantico/
#dicadanide #restaurante #paradois #romantico #maceio #alagoas #chefnacozinha
  • Imagine aquela costelinha de boi, vultosa, com as devidas gordurinhas, e quando sai da churrasqueira nem precisa cortar com faca porque ela se solta livremente! 
Melhor nem imaginar... Devore logo essa costelinha! Quem prepara a carne divinamente é a equipe do chef @fernandocostamaia um expert em carnes grelhadas do restaurante @fusiongrillmaceio .
http://www.nidelins.com.br/2019/03/19/costela-boa-e-do-fernando/
#dicadanide #maceio #tradição #churrasco #costeladeboi #pontaverde #alagoas #restaurante
  • A língua na gastronomia é discriminada, muita gente torce a cara para ela, as vezes é preciso omitir a sua origem para ser degustada, mas estava escrito nas estrelas que ela viraria celebridade ao lado do cuscuz. E assim aconteceu nas panelas alagoanas do chef @rodrigoaaragaoal  para o programa É de Casa, a língua, literalmente, foi a  mais falada no sábado (16). Valeu @zecacamargomundo. Conheça a história e a receita no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/03/18/lingua-alagoana-virou-celebridade/
#dicadanide #cuscuz #lingua #receita #maceio #alagoas
  • Amados e amadas, nesta quarta-feira, dia 20, às 9h, serei homenageada pela Biblioteca Graciliano Ramos. Sou muito grata ao carinho da instituição. E, claro, todo mundo está convidado.
Rua Dom Pedro II, 57, Centro de Maceió
  • FÃS do @marcelojeneci Dia 4 de abril, ás 21h, no Teatro Deodoro. Mais um show imperdível com a produção da @suechamuscaoficial
  • Quero um grande desfile de bandas de pífanos para alegrar a vida de todo do mundo. Muita gratidão aos meus seguidores. Foto do Ateliê João das Alagoas, Capela
@claudio.henrique.artesao
  • Gente! Que felicidade! Alagoas no “É de Casa” com a receita que leva meu nome, “Língua da Nide”. E ainda ser citada no programa como a “madrinha da nova geração de chefs de Maceió”!
Resumo: Alagoas é que faz comida boa.
Agradeço o carinho do @zecacamargo e do @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio
Imagem da @suzyalbuquerque_
  • Mais um alagoano, @rodrigoaaragaoal da @oxe_maceio, divulgando os sabores das Alagoas na telinha. Valeu @zecacamargomundo