TOPO
Chef na Cozinha Destaques

Além dos tomates verdes fritos…

Existem filmes que a gente tem vontade de extrapolar a telinha e roubar a comida da cena. Eu vivi esta experiência com vários longas-metragens, como o “Tomate Verdes Fritos”. Ficava querendo saber o gosto da fruta verde frita… Parecia ser tão divina. E acreditem, realizei meu sonho no Cambito, novo restaurante do Centro, e amei desde a primeira mordida. Amei, exatamente como no filme sobre história de amizades.

Detalhe do restaurante Cambito, no Centro de Maceió

A comida do restaurante Cambito é afago no coração, aliás, o novo espaço gastronômico aterrissou no Centro de Maceió com a nostalgia das casas antigas, com comidinhas inspiradas nas tradições, mas ao mesmo tempo moderna. Gostei do lugar de cara, ou melhor, pela foto que vi no Instagram. Três pessoas conspiram a favor do Cambito: os donos, Pedro Lira e Isabela Leão, e a chef convidada por eles, Ivanilda Luz, com seu tempero de ancestralidade.

Peixe

Sigam minhas impressões do Cambito

Na segunda -feira tem Baião de dois, danado de bom

Para entender: Cada dia da semana, de segunda a sábado, tem cardápio diferente com quatro opções entre carne, pescado, frango e um vegetariano. São pratos individuais e de bom tamanho. O baião de dois, nos dias de segunda-feira, é danado de bom. Feijão fradinho, legumes, queijo, arroz, charque, calabresa e, a estrela da cozinha, compota de pimenta de cheiro vermelha, aromática e estilosa ao paladar.

Galinhada é arroz cremoso com legumes, cebola roxa e pimenta de cheiro de compota

Galinhada: O frango a passarinho ganhou uma versão da galinhada, preparada no arroz cremoso, quiabo grelhado e cebola roxa. Perfeito. Este prato também tem na segunda, contudo pretendo ir todos os dias para provar o roteiro da semana.

Mosaico Vegetariano, com mix de folhas, tomate seco, sementes de romã, farofa de kafta de soja

Farofa: O que mais me surpreendeu foi a soja, até porque não curto, mas a receita da chef Ivanilda a deixou bem temperada e saborosa. A chef compartilhou o segredo: depois de hidratar o grão, espreme bem para retirar água e tempera com limão. Faz toda diferença. O nome do prato é Mosaico Vegetariano, com mix de folhas, tomate seco, sementes de romã, farofa de kafta de soja (perfeito), lasca de queijo parmesão e molho pesto.

Na terça-feira tem guisado com legumes e arroz

Mudanças – Na terça comi o cozido que não tem pirão, portanto não é tradicional. A carne vem numa redução de carne, legumes e arroz.  Lembrando que cada dia tem o cardápio novo. E tem mais: em fevereiro tudo muda.

Detalhe das salas do restaurante

Lar – A casa tem dois andares. No primeiro são salas com mesas e um ambiente decorado com quadros. No corredor, fotos de pássaros, que representam a liberdade de criar, do aconchego, da amizade. Tudo muito lindinho. O restaurante charmoso no Centro de Maceió é do casal Pedro e Isabela, ele engenheiro de software e ela arquiteta e estilista, que fez o restaurante dos seus sonhos (e de muitos também).

Cambito é perna fina, e todo artesanato e desenho casa tem os famosos cambitos

Antes do restaurante, Isabela tinha um  ateliê virtual de biquínis, mas eles alçaram o voo maior, o restaurante. Assim foram quatro meses entre restauro e reforma. O nome Cambito se refere as pernas finas.

Chef Ivanilda Luz, sempre alegre é novo talento da gastronomia alagoana

Ancestral – O casal convidou a chef Ivanilda Luz, que desde os cinco anos ajudava a mãe na cozinha ancestral. “Adorava cortar legumes, era a melhor brincadeira. E assim cresci em torno da panela e fogo”, diz a paulista de uma alegria contagiante com seus seus turbantes charmosos.

Bolinho de chocolate recheado com doce de leite, coberto com brigadeiro, pimenta rosa e acompanhado de sorvete

Com o coração alagoano, ela trilha a cozinha contemporânea inspirada nas tradições, do frescor dos ingredientes, do detalhe, do bem feito, vide a compota de pimenta vermelha. Luz formou-se na Pitágoras e trouxe para a cozinha do Cambito novos talentos para compartilhar afeto.

Equipe do restaurante Cambito é show de bola: David, Mellany, Renato, Jhonatan, Jade, Iasmin, Isabela, Pedro e  luz

Minha única solicitação é a de que os tomates fritos devem estar presentes todos os dias, e não apenas aos sábados. Que os orixás e santos tragam muita luz na casa. Ah, todo dia tem uma entrada por conta da casa.

Creme de coco com brigadeiro mole, pimenta rosa e sorvete

Rota Restaurante Cambito

Preços: R$ 15,00 até R$ 29,00 (prato individual)/ Aceita-se cartões

Funciona de segunda a sábado, das 11h30 até as 15h

Rua Dr. Guedes Gondim, 79- Centro

Fachada do restaurante Cambito, duas ruas atras do Teatro Deodoro

 

«

»

5 comentários
  • Roberta Marques
    3 meses Atrás

    👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 Muito bom! Comida deliciosa!

  • Pedro Nivaldo Lira
    3 meses Atrás

    Muito bom gosto
    Comida especial para um deliciador.
    Ambiante aconchegante com ar condicionado
    Muita gentileza.

  • Paula
    3 meses Atrás

    Parece ser um ambiente muito simpático. Queria saber o cardápio da semana toda, sempre almoço no centro uma vez por semana.
    Pena q ele não fica bem no centro mesmo, é meio contra mão sair do centrão e caminhar até a Guedes Gondim.

    • Nide Lins
      3 meses Atrás
      AUTOR

      Boa tarde, Paula Siga o restaurante no instagram (@cambitorestaurante), eles divulgam o cardapio. Eu já fui andando da Rua do Sol, pra lá, porque vale a pena, caminhar para comer bem.

  • felipo
    3 meses Atrás

    Boa Tarde, hoje fui conhecer este espaço. Muito aconchegante, decoração leve e de bom gosto. Experimentei o quibebe com carne de sol e farofa citrica. Extraordinário. O atendimento é excelente, e ainda fui agraciado com uma entrada de mini pão sírio com molho pesto. Estão de parabéns, com certeza entrá para meu rol de espaços que visitarei sempre. Super recomendo.

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Já comeu as coxinhas de galinha do Conversa Botequim? Pois bem, as beldades são viciantes. A gente começa a comer e não querer mais parar. Na receita, o salgado leva batata inglesa, farinha de trigo e leite, depois são empanadas na massa de tempurá e farinha panko (pão japonês). O recheio é generoso.
Para acompanhar o petisco, cerveja bem gelada ou drinks do Itynerantys
http://www.nidelins.com.br/2019/04/24/coxinha-do-conversa/
@conversabotequim @itynerantys @luizsiqueira87
  • Na pracinha, por sinal, bem lindinha, da cidade de Capela, uma placa do governo do Estado indica o Caldinho de Capela, patrimônio alagoano sob a batuta do Newton Melo Bastos, uma lenda viva do Município que também abriga o atelier do ceramista João de Alagoas e seus seguidores.
Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/23/seu-newton-autoridade-do-caldinho/
#dicadanide #alagoas #comidadibuteco #alagoas #capela
  • O churrasquinho de cordeiro escoltado por arroz com alho, feijão preto, farofa com bacon e salada, é uma das delícias do
Santo Almoço Executivo, no  Santo Antônio Bar, com preços de R$ 18,90 até R$ 36,00 (prato pra uma pessoa). De terça-feira à sexta-feira, o cardápio leva assinatura do @serginhorjuca. Veja mais no blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/22/almoco-com-antonio/
#dicadanide #maceio #restaurante #jatiuca #almoçoexecutivo
  • Espírito Santo do atelier João das Alagoas na cidade de Capela. Destino de arte e do famoso Caldinho do seu  Newton, o melhor da região.
  • Sexta-feira da Paixão, maré baixa, mar sereno, lua cheia, gente, muita gente assentada na areia, ou nas cadeiras que trouxeram de casa. Tudo para confortar o corpo, porque o coração já estava domado pelo projeto Velas Telas na Praia da Ponta Verde, bem de frente ao farol que nos guia.  As velas enfileiradas viraram telas de cinema ao céu aberto como o escurinho do cinema, onde foram projetas obras dos artistas plásticos alagoanos. As velas não partiram para o mar, mas projetaram a beleza dos nossos artistas plásticos e nós, até domingo, dia 21, podemos mergulhar no universo da arte no projeto Arte em Movimento – VelasTelas, do Núcleo Zero e Mirna Porto com patrocínio do Magazine Luiza por meio da Lei Rouanet. http://www.nidelins.com.br/2019/04/20/velas-da-lua-cheia/ foto: tela de Lula Nogueira @curiboca 
#velastelas #maceio #alagoas #cultura
@velas.telas @nucleozero_ @mirnaportomaia
  • Minha Maceió é mar, lua, Arte em Movimento - VelasTelas, projeto do @nucleozero_ @mirnaportomaia na orla da Ponta Verde (na altura do Farol), até  21 de abril, a partir das 20h.  Patrocínio @magazineluiz
#dicadanide
#maceio
#arte #pontaverde @rosapiattiarte @mirnaportomaia @nucleozero_
  • Fique ligado: Vem aí o Janga Week, de segunda a sexta, no Janga Praia no horário do almoço com prato para duas pessoas no valor de R$ 69,00. São seis pratos para o comensal escolher, como a Tilápia Primavera com salada e acompanhada com arroz integral, mas tem camarão, frango e carnes. Saiba mais sobre o @restaurantejanga no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/19/camaroes-crocantes-do-janga/
  • A moqueca de camarão, quando sobra de um dia para outro no doce lar da família da Chef Vera Moreira, tem destino certo: o café da manhã. Basta adicionar ovos na moqueca para acompanhar o cuscuz de milho. Essa tradição do café da manhã  foi parar no cardápio do restaurante Akuaba. Mas, no lugar do cuscuz, entrou em cena o arroz, a farofa e o pirão. É bom demais. Saiba mais sobre os 25 anos do @akuababr no meu blog http://www.nidelins.com.br/2019/04/18/temperando-maceio-com-dende/
@verasmoreira @jonatasmoreira @ainamoreira @osvaldo_moreira 
#dicadanide #maceio #cozinhabaiana #moqueca #acaraje