TOPO
Destaques vegano e vegetarino

Naturalmente bom

Surpreender o paladar é a melhor referência de uma cozinha boa. Principalmente quando segue a linha do vegetariano e vegano, pois é preciso se valer de condimentos, temperos e muita criatividade. Eu sou feliz com o Ser-Afim Natural, um restaurante que começou pequeno e evoluiu muito. Recentemente, provei almôndegas da singela berinjela misturada com quinoa e chia. Adorei e adotei vários bolinhos ao lado das saladas. E, quem gosta, ainda pode adicionar molho de tomate. Prefiro sem.

Saboroso: Almôndegas da singela berinjela misturada com quinoa e chia

No Ser-Afim existe um mundo sem carnes que agrada até os carnívoros, como a minha pessoa. Um prato de boa comida com vegetais eu não dispenso jamais, e até repito. Com a variedade de saladas que existem na casa, a missão fica super facil.

Sorvete natural é a novidade de casa de banana com cacau sem adição de açúcar e nem leite

A musa do Ser-Afim é a argentina Nídia Battaglia, que começou com o restaurante pequeno. Aos poucos a casa foi crescendo, até um charmoso jardim ela ganhou, com mesas para atender os seus fieis seguidores. A lojinha, feirinha orgânica (terças e sextas) e as massagens também deixaram o espaço mais cativo.

Já a estrela da casa, as comidinhas, estão mais saborosas. Aumentou a oferta para os veganos, a exemplo do estrogonofe com leite de amêndoas, produção própria, como o tofu (queijo de soja), sorvete caseiro entre outros itens.

No Ser-Afim o cliente monta seu prato e pode repetir quantas vezes desejar

A criatividade também é a alma do negócio de Nidia, que sempre gostou de cozinhar. Em 1984 ela apostou na alimentação saudável e, para nossa sorte, abriu o restaurante Ser-Afim com a boa proposta de comida saudável e vegetariana, uma experiência incrível. No mais, viva Ser-Afim.

Nidia é a chef do seu restaurante Ser-Afim

Lembrando que o cardápio muda todo dia e tem uma variedade de saladas, feijões e arroz. Fique ligado no instagram @serafimnatural, que tem sempre oficinas de culinária vegana e vegetariana.

Hambúrguer de grãos com batata rústica

Rota do Ser-Afim Natural

Bufê sem balança: Na quarta tem promoção: R$24,20 por pessoa/ Nas terças, quintas e sextas R$28,00/ domingo e feriados R$ 32,00/ Aceita-se cartão

Rua Paulina Maria Mendonça, 141 – Jatiúca/ Telefone  3026-3155 (Delivery)

Variedade e o colorido  das saladas e legumes do Ser-Afim

O jardim do restaurante Ser-Afim com suas delícias vegana e vegetariana na Jatiúca

«

»

1 comentário
  • Evelina Antunes
    3 meses Atrás

    Almoçar no Ser-Afim é sempre muito bom! A variedade de combinações de alimentos comuns que se tornam pratos surpreendentes é sempre muito boa! Além do atendimento excelente, ainda podemos comprar coisinhas deliciosas pra levar. Pra completar, tem delivery pro dia que não dá pra ir. Vida longa ao restaurante!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Já comeu as coxinhas de galinha do Conversa Botequim? Pois bem, as beldades são viciantes. A gente começa a comer e não querer mais parar. Na receita, o salgado leva batata inglesa, farinha de trigo e leite, depois são empanadas na massa de tempurá e farinha panko (pão japonês). O recheio é generoso.
Para acompanhar o petisco, cerveja bem gelada ou drinks do Itynerantys
http://www.nidelins.com.br/2019/04/24/coxinha-do-conversa/
@conversabotequim @itynerantys @luizsiqueira87
  • Na pracinha, por sinal, bem lindinha, da cidade de Capela, uma placa do governo do Estado indica o Caldinho de Capela, patrimônio alagoano sob a batuta do Newton Melo Bastos, uma lenda viva do Município que também abriga o atelier do ceramista João de Alagoas e seus seguidores.
Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/23/seu-newton-autoridade-do-caldinho/
#dicadanide #alagoas #comidadibuteco #alagoas #capela
  • O churrasquinho de cordeiro escoltado por arroz com alho, feijão preto, farofa com bacon e salada, é uma das delícias do
Santo Almoço Executivo, no  Santo Antônio Bar, com preços de R$ 18,90 até R$ 36,00 (prato pra uma pessoa). De terça-feira à sexta-feira, o cardápio leva assinatura do @serginhorjuca. Veja mais no blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/22/almoco-com-antonio/
#dicadanide #maceio #restaurante #jatiuca #almoçoexecutivo
  • Espírito Santo do atelier João das Alagoas na cidade de Capela. Destino de arte e do famoso Caldinho do seu  Newton, o melhor da região.
  • Sexta-feira da Paixão, maré baixa, mar sereno, lua cheia, gente, muita gente assentada na areia, ou nas cadeiras que trouxeram de casa. Tudo para confortar o corpo, porque o coração já estava domado pelo projeto Velas Telas na Praia da Ponta Verde, bem de frente ao farol que nos guia.  As velas enfileiradas viraram telas de cinema ao céu aberto como o escurinho do cinema, onde foram projetas obras dos artistas plásticos alagoanos. As velas não partiram para o mar, mas projetaram a beleza dos nossos artistas plásticos e nós, até domingo, dia 21, podemos mergulhar no universo da arte no projeto Arte em Movimento – VelasTelas, do Núcleo Zero e Mirna Porto com patrocínio do Magazine Luiza por meio da Lei Rouanet. http://www.nidelins.com.br/2019/04/20/velas-da-lua-cheia/ foto: tela de Lula Nogueira @curiboca 
#velastelas #maceio #alagoas #cultura
@velas.telas @nucleozero_ @mirnaportomaia
  • Minha Maceió é mar, lua, Arte em Movimento - VelasTelas, projeto do @nucleozero_ @mirnaportomaia na orla da Ponta Verde (na altura do Farol), até  21 de abril, a partir das 20h.  Patrocínio @magazineluiz
#dicadanide
#maceio
#arte #pontaverde @rosapiattiarte @mirnaportomaia @nucleozero_
  • Fique ligado: Vem aí o Janga Week, de segunda a sexta, no Janga Praia no horário do almoço com prato para duas pessoas no valor de R$ 69,00. São seis pratos para o comensal escolher, como a Tilápia Primavera com salada e acompanhada com arroz integral, mas tem camarão, frango e carnes. Saiba mais sobre o @restaurantejanga no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/04/19/camaroes-crocantes-do-janga/
  • A moqueca de camarão, quando sobra de um dia para outro no doce lar da família da Chef Vera Moreira, tem destino certo: o café da manhã. Basta adicionar ovos na moqueca para acompanhar o cuscuz de milho. Essa tradição do café da manhã  foi parar no cardápio do restaurante Akuaba. Mas, no lugar do cuscuz, entrou em cena o arroz, a farofa e o pirão. É bom demais. Saiba mais sobre os 25 anos do @akuababr no meu blog http://www.nidelins.com.br/2019/04/18/temperando-maceio-com-dende/
@verasmoreira @jonatasmoreira @ainamoreira @osvaldo_moreira 
#dicadanide #maceio #cozinhabaiana #moqueca #acaraje