TOPO
Destaques Doces

Brigadeiro de tapioca

Na receita da professora Janaína Oliveira, o brigadeiro leva leite condensado, tapioca granulada e leite de coco, deixando-o com o sabor da tapioca, uma herança indígena. Além de bem gostosinha, a apresentação é um mimo, o doce vem com a mini tapioca da própria goma.

Se o brigadeiro de tapioca é bom, o de coco ouricuri é outro espetáculo, gostinho de infância! E para coroar o doce, tem uma cocadinha caramelizada. Eu mesmo adorava comprar o colar dos coquinhos, pendurava no pescoço, mas não durava muito, no mesmo dia comia todos.

Brigadeiro de ouricuri coroado com o coco caramelizado

A ideia de fazer brigadeiros com sabor alagoano é da própria Janaína. Tudo começou na festa do filho dela. “A cozinha é uma paixão igual a que tenho por ensinar arte plástica. Na festa de 6 anos do meu filho, uma convidada perguntou onde eu havia encomendado os brigadeiros, porque ela queria os mesmos para a festa de 15 anos da filha. Não pensei duas vezes, aceitei a encomenda”, lembra Janaína, que investiu em cursos e vende os doces por encomenda.

As receitas  de Janaína trazem as boas lembranças de sua avó paterna, que alegrava a vida da família com beijinhos de coco, era de comer rezando. Já nos dias de sábados, a professora recorda que a diversão delas e das primas era quebrar os ouricuris para depois fazer o doce com coquinho, leite e açúcar. “Foi o primeiro doce que fiz na vida. E como era bom…”, revela.

Os brigadeiros da Janaina com identidade alagoana

Com mais conhecimento, técnicas adquiridas e experiências com erros e acertos, Janaína focou nos brigadeiros com DNA alagoano, e dos bons. A doceira também prepara os clássicos, como, chocolate belga, frutas, nozes, bebidas destiladas e personalizados. Contudo, o de tapioca e ouricuri é uma viagem à infância, nossas doces tradições.

Caixinha do Janaína Oliveira Brigadeiria

Rota Janaína Oliveira Brigadeiria

Os preços variam de 120 a 200 reais, por cento do doce.

Encomendas : (82) 99972.0333

Insta: @janainaoliveirabrigadeiria/ Face: Janaina Oliveira Brigadeiria

 

Janaina trouxe para os brigadeiros as doces lembranças da infância

«

»

1 comentário
  • zelia
    7 meses Atrás

    Meu Deus!!! Salivando!! Nide parabéns pelas fotos

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Cláudia Macias, a famosa Cacau, com suas receitas de dar água na boca, principalmente em quem a segue no instagram (@acozinhadacacau) e no site www.acozinhadacacau, sabe que ela é uma dama da gastronomia. Agora, ao lado da amiga Jane Andrade, investiu no mundo das pizzas com a empresa Forno da Cacau, apenas para entrega (delivery). http://www.nidelins.com.br/2019/08/20/a-pizza-da-cacau/
#dicadanide #maceio #pizza
Funciona de terça a sexta, das 18h às 22h. Sábado e domingo, das 18h às 22h30/ Telefone: (82) 98205-7172.
  • Amantes do pitu, podem anotar mais um endereço onde comer o camarão gigante das águas doce do Rio São Francisco: o tradicional KebraKama. Mas, só com reserva, porque nem sempre tem o crustáceo. Então, por favor, liga ou manda mensagem para o Sandro (82 98806-0094) e vá ser feliz com a pituzada.
Saiba mais sobre kebrakama: http://www.nidelins.com.br/2019/08/19/pitu-com-reserva/
#dicadanide #maceio #tradição #boteco #pitu
Rua José Pinto de Barros, 298 – Conjunto Santo Eduardo, Poço – Telefone: 3357.4291
Horário de terça a domingo das 11h30 até meia noite. Segunda das 11 até as 14h.
  • Cenas do inverno do Sertão Alagoano no @restaurante_castanho e seus caminhos em Delmiro Gouveia
#dicadanide #alagoas #turismo @henrik_dantas @candeeiros_ecotur
  • No ano de 2012, fiz minha primeira viagem para o restaurante Castanho, em Delmiro Gouveia, com o guia Henrique (@henrik_dantas). O embarque foi da Praia Dulce na cidade de Olho D ' Água do Casado em uma ponte improvisada, mas a beleza dos cânions do Velho Chico era o que importava. Em 2019, a exuberância do Sertão é a mesma, mas no lugar na ponte na praia da Dulce temos um pier com um restaurante, e o Castanho Reserva Ecológica, da família do Leléu (@eliseebg), está mais encantador, pois ganhou uma pousada (inaugurada em setembro). Felicidade em ver o turismo alagoano florecer no Sertão com o empreendedorismo do @restaurante_castanho, e gerar 80 empregos diretos na região. Gratidão. Em breve, no meu blog, trago mais informações.
  • Da varanda da Pousada Castanho vejo a beleza do jardim do Rio São Francisco, do @restaurante_castanho
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante
  • No caminho do @restaurante_castanho tem o chão florido, anunciando o inverno alagoano em Delmiro Gouveia.
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante #caatinga
  • Nos fins de tarde tem fila quilométrica e o trânsito fica um caos,  tudo em nome do Cacetinho Amanteigado da Tradicional Padaria e Pizzaria na Rua Santos Dumont, no Centro da cidade de Satuba. E que cacetinho! Embora fino, é o pão bisnaga mais famoso e gostoso da região, quando sai do forno da padaria, se come até sem manteiga.
http://www.nidelins.com.br/2019/08/16/cacetinho-amanteigado-de-satuba/
#dicadanide #padaria #Satuba #alagoas
  • O chef Deco Sadigursky (@decosadigursky), The Black Beef (@theblackbeef) me questionou: “Gostou do sabor? Se eu não falasse que o hambúrguer é vegetal, você saberia identificar?” Então, respondi: “O sabor é bom. Comeria como se fosse carne. O sabor e a textura são iguais ao de carne”. Assim começo minha postagem sobre a novidade que aterrissou em Maceió: o hambúrguer vegetal, considerado a carne do futuro. Ele vem servido no pão com cogumelos e creme de queijo. Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/08/15/hamburguer-dos-tempos-modernos/