TOPO
Cozinha nordestina Destaques

Caatinga no debate e na cozinha

A primeira vez que comi cocada de coroa de frade foi no Espaço Ecológico Angicos, das chefs alagoanas Dona Gilda e sua filha Angecila Correia. Embora eu não seja fã de doces, gostei da novidade porque, até então, para mim coroa de frade era usada apenas para afastar maus olhados( por isso está sempre nos muros e portas das casas). A minha segunda experiência aconteceu em 2014, no restaurante Manga Verde, comida natural da nutricionista Moema Ferro, onde Timóteo Domingo, que era estagiário, me apresentou o Mousse de Palma, que não é muito doce, ótima sobremesa.

Chef Timóteo: Mousse de palma, sabor exótico, não é muito doce e ótima sobremesa

O tempo passou e o nosso Timóteo virou chef da gastrotinga, novo termo da culinária sertaneja para estudar os ingredientes da Caatinga. Ele também lançou livro e promoveu jantar harmonizado com os irmãos da Caatinga Rock’s. Agora, recebi um convite bem bacana, viajar até Piranhas para participar da 5ª edição do Seminário Internacional de Convivência com o Semiárido. O evento reúne profissionais, agricultores, chefs e cozinheiras do Sertão, e com certeza será uma experiência riquíssima em debates e sabores, nos dias 8 e 9 deste mês. Ainda tem vaga. Basta se inscrever: https://xingo.com.br ou no próprio evento.

Cidade de Piranhas será palco de debate e sabor no 5ª edição do Seminário Internacional de Convivência com Semiárido

A taxa é simbólica e voluntária, R$ 22,00, e será revertida para a Associação de Delmiro Gouveia, composta apenas por mulheres que produzem farinha, beiju, goma de tapioca e vários outros derivados da macaxeira.

Os chefs convidados para o evento são o professor Antonio Mendes, que dará aula show sobre a fusão das plantas da Caatinga com outros produtos tradicionais da região. Já a chef indígena do Mato Grosso do Sul, kalymaracaya, apresentará na aula show as técnicas indígenas e a chef Irina Cordeiro (uma das finalistas do masterchef) abordará na palestra o tema “Inserção Produtiva e Gastronomia Social”.

Os chefs: Timoteo, Antonio, kalymaracaya e Irina  vão participar do Seminário Internacional de Convivência com o Semiárido

O tema da nutricionista Valéria Paschoal será sobre Plantas e Agricultura Sustentável na comunidade. Timóteo comandará as panelas do evento, com cardápio das tradições, como o bode, até comidinhas da Caatinga.

A 5ª edição do Seminário Internacional de Convivência com Semiárido já começou bem na bela cidade de Piranhas, que vai gerar mais conhecimento e sabor na culinária do Sertão, com o viés da sustentabilidade dos pequenos produtores, diversidade e cultura nas panelas.

Cidade de Piranhas é uma das estrelas do Rio São Francisco

Rota
5ª edição do Seminário Internacional de Convivência com o Semiárido, dias 8 e 9 na cidade de Piranhas
Ficha de inscrição e programação no site: xingo.com.br

A realização é do comitê gestor: Seagri-AL (Governo do Estado), Sebrae-AL, IICA, Embrapa e IABS/Patrocinadores: Banco do Nordeste e Sebrae-AL/Apoio: VP Nutrição Funcional e Rede Clima/CDS-UnB

No encontro também vai debater a proposta de preservação da caatinga

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.