TOPO
Destaques Maragogi

Peixada de São Bento, fartura de sabores

 

Na minha viagem para Maragogi, a proposta inicial era almoçar apenas uma peixada, porém estava sonhando com peixinho frito. Chegando ao Império do Marisco, na praia de São Bento, a sorridente Girlene Lúcia logo alertou: “Nossa peixada come bem três pessoas!”. Me animei. Felicidade, mesmo, veio quando falou aconselhou que “uma peixada e meio peixe frito é de bom tamanho”.

Assim seguimos a dica da alagoana, eu e outras três pessoas, todas boas de garfo. Para nossa felicidade, além da fartura, os pratos de pescados do restaurante são danados de bom e os preços convidativos.

Meio peixe frito é uma posta grande com arroz, purê de batata, macaxeira e salada

O “meio” peixe frito é porção para duas pessoas. Ele vem agraciado com arroz de cenoura, macaxeira frita e purê de batata, daqueles fofinhos de mãe. Simplicidade e perfeição até na forma da apresentação dos pratos. No modesto Império do Marisco, quem manda na cozinha é o esposo da Girlene, José Luiz, o Zé. Os peixes são comprados nas feiras de Maragogi e Japaratinga, portanto, sempre fresquinhos.

Peixada ao leite de coco com pirão do Império do Marisco

A peixada é muita gostosa, bem servida com duas postas de peixe cavala branca, ou outro peixe do dia, como badejo (sirigado) e atum. Feito com leite de coco natural, vem com ovos cozidos, legumes, arroz, e um pirão de lamber os beiços. Comida de primeira, lugar simples, com a brisa do mar abrando o sol. Ficamos cara a cara com a praia serena de São Bento, famosa pelas broinhas doces.

Casal de empreendedores: Girlene e Zé já foram garçons e há 10 anos tem seu próprio bar

Mariscos – No post do story do Instagram (@nidelins) contei um pouco da história do Zé, o cozinheiro.  Mas quem manda no pedaço é a esposa Girlene, que atende a todos sorridente e, claro, administra o caixa. O casal está junto bem antes ter seu próprio negócio. Foram garçons e catadores de mariscos, riqueza gastronômica da praia de São Bento.

Zé e Girlene são empreendedores natos. Começaram com uma barraquinha de praia e, mais tarde, pensando no futuro, buscaram conhecimento no Sebrae Alagoas no curso de Empretec. “A gente sabe fazer comida, mas não tinha conhecimento de gestão, de preço, de estoque… Resolvemos estudar para crescer, e conseguimos. Meu sonho é uma pequena pousada e já iniciei a construção”, diz Zé. Para a esposa do Zé, o Sebrae não é uma ‘mão na roda’, são duas.

“O Zé também atendia nas mesas, mas tem um coração grande, e como ele cozinha bem, achamos melhor dividir: ele na cozinha e eu tomando conta no salão”, conta rindo, Girlene, a dama de ferro, que também foi recriadora no Salinas.

Caldinho de marisco, uma tradição de São Bento

“Comecei com auxiliar de cozinha, mas o salário era pouco, então mudei para garçom, por conta das gorjetas”, diz Zé, que aprendeu a cozinhar desde menino. O pai abandonou a família e a mãe teve que trabalhar para sustentar os seis filhos. Coube ao Zé fazer comida para os cincos irmãos. Iniciou fazendo arroz, fritando ovo, mas já acrescentava tomate, cebola…

O que Zé mais gostava era catar os mariscos na praia de São Bento e depois prepará-los no leite de coco, manteiga, ou sem nada, porque a natureza deu sabor próprio as conchinhas da arreia do mar que ainda fazem a alegria de muitas famílias, como a dele.

Praia de São Bento, sempre serena na cidade de Maragogi.

Grata às meninas do Sebrae, Valéria e Pauline, pela dica preciosa do Império do Marisco. Lembrete: No Império do Marisco também faz passeio as piscinas naturais de São Bento.

Broinhas de Maragogi, uma tradição do povoado de São Bento

Rota Império do Marisco

Preços: Peixada: R$ 63,00/ Meio peixe frito: R$38,00/ Aceita-se cartões

Rua Samião Ribeiro de Albuquequer S/N – Praia de São Bento, Maragogi – Litoral Norte de Alagoas/ Telefone: (82) 99152.5813

Funciona todos os dias das 8h até 17h

«

»

3 comentários
  • Napoleão Ferreira
    2 semanas Atrás

    Legal, menos os ovos cozidos, a cenoura e o chuchu presentes no peixe cozido; não é a legítima peixada alagoana. Está é uma mistura de peixada portuguesa com a peixada alagoana. A portuguesa é com azeite de oliva e legumes; quanto a alagoana é com leite de coco sem legumes.

  • Pedro
    2 semanas Atrás

    Nilde você está de parabéns pelo excelente trabalho que faz divulgando a nossa culinária. Com respeito a peixada da Girlene me deixou com água na boca.

    Abraços,

    Pedro Novais

  • Pedro
    2 semanas Atrás

    Nide você está de parabéns pelo excelente trabalho que faz divulgando a nossa culinária. Com respeito a peixada da Girlene me deixou com água na boca.

    Abraços,

    Pedro Novais

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Na cozinha da chef Lícia Maranhão, a Lila (@liciamaranhao), o nhoque é preparado com muito esmero. A batata asterix é o principal ingrediente, porque tem menos água e requer menos farinha de trigo, deixando a iguaria mais saborosa. No bistrô da Lila (@lila.bistro) tem nhoques nos molhos de tomate com manjericão, ragu e gorgonzola. Mas o de queijo reino é a estrela da casa.
#dicadanide #maceio #nhoquedasorte
http://www.nidelins.com.br/2018/09/25/nhoque-da-sorte-da-chef-lila/
  • O sanduba Pastrami agora tem todo dia no @tamarineirabar para glória dos fãs do sanduíche.Para fazer a delícia o chef Ramiro Ribeiro utiliza o corte de coxão mole, é macio, suculento e levemente defumado. Lá também tem cuscuz e dos bons. 
http://www.nidelins.com.br/2018/09/24/pastrami-voltou-para-a-gloria-dos-fas/
#dicadanide #alagoas201anos #maceio #cozinhaautoral #santoeduardo #comidadibuteco #sanduiche #amocuscuz
  • Setembro Vermelho é uma campanha do Hospital do Coração (@hospitaldocoracaoal) que alerta para cuidados com o coração. E a gastronomia alagoana está fazendo sua parte, compartilhando receitas saudáveis e saborosas com aulas gratuitas na loja Camicado. Assisti a aula de lasanha de berinjela da chef alagoana, @lekamelro (Letícia Melro Bentes), do @toscanarestaurante 
http://www.nidelins.com.br/2018/09/23/receitas-do-coracao/
#dicadanide #maceio #receitas
  • Simplicidade: bolo de maçã, banana, passas e aveia. E um café quentinho com zelo da Isabel da @ecoharyoga em Maragogi para acalmar a vida.
#dicadanide #alagoas201anos #maragogi #pousada #vegano #vegetariano #yoga
  • No @salinasmaragogi o iguana tem um jardim para chamar de seu
  • Em Japaratinga, Litoral Norte de Alagoas, na maré baixa, é preciso caminhar alguns metros para poder mergulhar, já na maré alta, o mar beija seus pés. Pode até chover, contudo, a beleza da Pousada Estalagem Caiuia é intacta, na cozinha o café é quentinho, nos quartos a brisa marítima abraça, e até os banheiros são admiráveis. Aliás, a pousada é sonho de consumo, é acolhedora.
http://www.nidelins.com.br/2018/09/21/japaratinga-acolhedora/
#dicadanide #alagoas201anos #Japaratinga #turismo  #litoralnorte
  • Coco de roda alagoano, um esquenta para 20 de outubro no @oxetoberfest (festa do chope). @caatingarocks
  • Pastel da tilápia: Na receita, o peixe é refogado na manteiga de garrafa com alho, cebola, pimentão vermelho, sal e, por fim, a salsa (bem picada). Resultado é uma iguaria bacana para petiscar ao lado de uma cerveja bem gelada, o que no Bar de Cação tem de sobra.
Confira no meu bloG:http://www.nidelins.com.br/2018/09/20/alem-do-cacao-no-coco/
#dicadanide #alagoas201anos #maceio #farol #boteco #cacaonococo #tilapia #almocoexecutivo