TOPO
Destaques

Mar Vermelho, nossa Suíça Alagoana

Escrevo com saudades do frio do final de tarde, do chocolate quentinho, do fogão à lenha cozinhando a costelinha suína, da prosa saborosa de Adeildo Barbosa e de sua amada  Anaelia Camargo que vivem, ou melhor, sonham nas serras da cidade de Mar Vermelho. Lugar lindo e com sabores de Minas Gerais, quem se aconchega por lá, nas redes do sítio do casal, deseja ficar por ali no alto da colina sem tempo de ir.

Esse pedaço de chão do casal Adeildo e Anaelia é o restaurante Serras Alagoanas, uma das estrelas de Mar Vermelho, conhecida como a Suíça Alagoana, que neste mês de agosto realiza o Festival de Inverno. Mas independente do evento, a cidade alagoana é um destino com sabores, trilhas e cachoeiras para qualquer estação.

Melhor chocolate quente de Alagoas tem o segredo da mineira Anaelia

A cidade de Mar Vermelho é pequenina, logo na entrada tem o Cristo Redentor, próximo onde será montado o palco do Festival de Inverno. Quando lá cheguei e perguntei sobre o Restaurante Serras Alagoanas, todo mundo logo dizia: “É da Anaelia, é só subir a Serra”. E assim seguimos por uma estrada de barro sentindo o friozinho das montanhas bem verdinhas.

Quintal verde do restaurante Serras Alagoanas

Quando aportei no restaurante Serras Alagonas, fui recebida com um abraço de Anaelia e um aperto de mão de Adeildo. Começamos nossa prosa com cafezinho torrado na casa, bolo de milho e pãozinho de queijo, bem ao estilo mineiro da matriarca. O restaurante funciona nos finais de semana e feriados e abre em outra data se houver reserva  para o mínimo de 10 pessoas.

Da roça – Boa parte dos ingredientes da cozinha de Anaelia é do sítio, como carneirinho, galinha, manjericão, alfavaca, alecrim, salsinha, cebolinha… Apenas a carne suína vem dos criadores da região.

Torresmo antes de ir para o forno a lenha. Ô trem bão sô!

Panela de ferro – O torresmo é uma das beldades da casa, bem sequinho e crocante, ele é frito em um tacho na banha de porco.

Costelinha suína no forno a lenha da cozinha do Serras Alagoanas

Fogo à lenha – Além da costelinha de porco, a galinha caipira guisada rende um delicioso pirão de lamber os beiços.

Galinhada, tradição mineira

Misturado – A galinhada, tradição mineira, é o arroz misturado aos pedaços da ave com milho e  temperos mineiros.  Gostei tanto que fiz uma quentinha e trouxe para Maceió.

Mesa farta com comidinhas da roça

Mesa farta– Na cozinha de mineiros tem sempre abundância, tutu à mineira, feijão tropeiro, arroz soltinho e salpicão.  Essas gostosuras são os acompanhamentos das tradições.

Doce de mamão com queijo coalho, ambos produção artesanal

 Doces – O preferido de Anaelia é o de mamão em lascas (também gostei, porque lembrou laranja). Para acompanhar, queijo coalho produzido por Adeildo.

Doce de leite artesanal, melhor lembrança de Mar Vermelho

Fresco – Não deixe de provar o doce de leite, talhado ou de ambrosia que é gostinho de Minas Gerais. O leite é retirado das vacas do sítio, portanto sem química, além do frescor é preparado no fogo à lenha. Trem bão!

Pela trilha de Mar Vermelho a beleza é farta

Caminhos – O ponto de partida das trilhas de Mar Vermelho é no restaurante Serras Alagoanas e o próprio guia é o Adeildo, que desde menino fazia o roteiro de 5 ou 10km para viver a natureza e tomar banho de cachoeira. Lembrando que, para trilhar novos caminhos é preciso agendar.

Gente maravilhosa: Anaelia e Adeildo no sitio em Mar Vermelho

Simplicidade – Anaelia nasceu na cidade de Pará de Minas, começou a trabalhar com sete anos de idade lavando pratos com auxílio de um banquinho para poder alcançar a pia. Como perdeu os pais, seguiu destino para São Paulo onde trabalhou como cozinheira em casas de família e foi lá que ela conheceu o alagoano Adeildo.

Amor à primeira vista, o casal viveu um bom tempo em São Paulo, até descobrir a gravidez das gêmeas Gerusa e Geovana, quando então decidiu retornar para terra prometida. Aos poucos, exatamente cinco anos, Serras Alagoanas é o coração pulsante de Mar Vermelho, com sua beleza incomum.

O Cristo da cidade de Mar Vermelho

 

Rota Mar Vermelho

Restaurante Serras Alagoanas: Sitio Durão , Zona Rural. Telefones. (82)99920-8711/98222-6804/ Preço de R$ 20,00 até 30,00 por pessoa (almoço)

«

»

5 comentários
  • José Carlos
    5 meses Atrás

    Conheci.Terra do meu AMIGO Claudio Jorge e posso garantir que é um lugar MARAVILHOSO.

  • Cicero Salviano de Lima
    5 meses Atrás

    Adorei esse lugar,mar vermelho,vou chamar minha esposa pra passar um final de sema

    • Nide Lins
      5 meses Atrás
      AUTOR

      Lá só tem uma pousada e como não me hospedei lá não conheci, prefiro não indicar, no caso só estou indicando o restaurante

  • Paulino Vasconcelos
    5 meses Atrás

    Onde se hospedar acho que deveria ter este detalhe como os números de pousadas ou outros..

  • Shay
    5 meses Atrás

    Lugar maravilhoso mesmo!!! paisagem linda, atendimento dos donos nos faz sentir em casa e comida deliciosa!!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Um dos restaurantes mais tradicionais da cidade no bairro da Ponta Grossa é o Bar do Pelado, e é de lá que sai os caldinhos mais alagoanos, o de sururu de capote e do siri de coral, todos com sal e no leite de coco bem suave. Amo os dois, e o meu caro leitor qual mais aprecia? 
http://www.nidelins.com.br/2019/01/22/caldinho-de-siri-de-coral-que-maravilha/
#dicadanide #tradição #maceio #pontagrossa #alagoas #alagoasdecantoacanto #comidadibuteco
  • Chef consultor, Antonio Mendes (@antoniomendes01) assina o cardápio do restaurante Don Capri (@doncaprimaceio), de massas e risotos, que tem como uma de suas estrelas o fetuccine Don Capri, uma massa saborosa no molho de queijo do reino (discreto) com camarões.http://www.nidelins.com.br/2019/01/21/novidades-do-chef-antonio-mendes/
  • O mar é infinito, temperado com sal de iemanjá
  • Minha amiga @silvanavalenca, mandou avisar que vai rolar festa: Abram alas para o Baile mais querido da cidade. Dia 15 de fevereiro, Seresteiros da Pitanguinha e Maestro Spok e Orquestra Recife esperam por vc. @suechamuscaoficial 
#carnavalesco #canarval #bailedapitanguinha #Maceió #alagoas
  • Não esqueça que vc foi meu um dia.
@mariabethania.mb maravilhosa valeu @suechamuscaoficial
  • SONHO MEU, SONHO MEU... @mariabethanianacarreira @zecapagodinho
#DeSantoAmaroaXerem #ExplodeCoração #SueChamusca #Maceió
@suechamuscaoficial
  • Na receita da professora Janaína Oliveira, o brigadeiro leva leite condensado, tapioca granulada e leite de coco, deixando-o com o sabor da tapioca, uma herança indígena. Além de bem gostosinha, a apresentação é um mimo, o doce vem com a mini tapioca da própria goma.Se o brigadeiro de tapioca é bom, o de coco ouricuri é outro espetáculo, gostinho de infância!  Confira no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/01/18/brigadeiro-de-tapioca/
Encomendas : (82) 99972.0333 @janainaoliveirabrigadeiria
#dicadanide #maceio #tradição #doces #brigadeiros #alagoas
  • Imagino que o coração de @wilmaaraujo está sambando de emoção. Abrir o show de Zeca do Pagodinho e Maria Betânia é uma honra. Será o melhor esquenta de 2019.  @suechamuscaoficial😘
Ginásio do Sesi, hoje,  sexta, dia 18. A abertura da casa será de 20h! #DeSantoAmaroaXerem #ExplodeCoração #SueChamusca #Maceió