TOPO
Chef na Cozinha Gastronomia

Menino de coração japonês

 

Ele tem um sonho, passar uma temporada no Japão. Quando alguém descreve o país oriental, os olhinhos dele cintilam. Este é o chef Roger Lima (foto @ruinagaefotografia), do badalado Restaurante Hatsu Izakaya, que nem fez nem um ano e já está entre os 10 melhores do Brasil pela revista @revistavip,  amado pelos alagoanos e turistas. Qual o motivo? Esse bom paulista nos ensinou a descobrir que os peixes alagoanos, e até o sururu, cabem nas panelas da culinária japonesa.

Sururu na versão oriental pelo chef Roger Lima

E tem mais, no Hatsu Izakaya não precisa afundar os peixinhos no mar de molho shoyo, apenas uma leve chuva de spray do molho oriental é o necessário para sentir o sabor do peixe envolvido em outros aromas, casquinha de limão, gengibre, pimenta, azeite trufado… E olhe, os molhinhos orientais são tão bons que cheguei a quebrar a etiqueta e solicitei uma colher para bebericar o caldinho da barriga do salmão. Mas o chef Roger não de e, em compensação, adicionou fios finos de beterraba, claro, nunca imaginei o imenso amor pela verdura no tal molho.

A empresária Sarah e o Chef Roger parceria de sucesso no Hatzu. @ruinagaefotagrafia

Hatsu Izakaya é um empreendimento da alagoana Sarah Andrade. Apaixonada pela gastronomia japonesa, a nova empresária está sempre por lá, até atender as mesas ela faz, afinal, um bom restaurante é feito por gente que ama e se dedica.

Algumas preciosidades:

Nosso peixe serra tomou um banho de mar oriental

Mar – O nosso peixe serra, comprado em Maceió é uma das estrelinhas do restaurante japonês, textura firme, cor transparente, vem no molho de gengibre, pimenta dedo de moça e o broto de beterraba.

Barriguinha do salmão com azeite trufado, divino

Lamber os beiços – O peixe salmão vem do Chile, cortado em lâminas, recebe um banho de rei no molho de azeite trufado, suco de limão, flor de sal e raspas de siciliano. Esse molho é perfeito, tanto que pedi uma colher para não deixar uma gota, mas o chef Roger adicionou beterraba e ficou dez. Fica aí a sugestão.

Equipe afinada: Roger Lima, Maxuel e Antonio do Hatzu

História: Roger Lima estudou no Senac, onde ganhou uma bolsa de estudo para aprimorar seus conhecimentos na culinária japonesa. Mas, desde menino, aprendeu com o avô a arte de pescar e destrinchar o peixe. Roger Lima estava trabalhando em São Paulo, mas com duas indicações de chefs de restaurantes na cidade da terra da Garoa, o consultor de restaurante Artur Nagae pescou o paulista para Maceió. Ele aceitou o desafio e já está apaixonado pela cidade e descobrindo novos ingredientes para sua cozinha.

Rota Hatsu Izakaya

Preços:  Entrada a  partir de R$9,00/ Temaki a partir de R$ 18 / Almoço executivo R$ 69,00/ Aceita-se cartões

Funciona de terça a domingo das 19 até as 23h/ Almoço executivo nas sextas e domingos

Edifício Facilities: Rua General Saleiro Pitão, 1037, Ponta Verde/ Telefone: (82) 3028-2242

Sal rosa Himalaia é uma tábua gelada para receber temperar combinado de sachimi

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram did not return a 200.