TOPO
Gastronomia

Seu Açucena, um doce de pai

 

A partir das 10h às 16h, entre o Banco do Brasil e a  Associação Comercial, no  bairro histórico de Jaraguá, o seu José Açucena da Silva, natural de Murici, arma seu tabuleiro para vender a mais doces das tradições do Nordeste, o quebra-queixo. Aos 73 anos, sua rotina é acordar cedo para  ralar o coco, misturar com açúcar, em seguida despejar os ingredientes no tacho de cobre e cozinhar no fogo à lenha. “Menina, não sei ficar parado, além do dinheiro extra é também minha diversão”, diz seu Açunena, pai de nove filhos, todos, ao contrário dele, frequentaram a sala de aula.

Estudar foi uma palavra que não existiu na vida de  seu Açucena. Desde menino, ele trabalhou na cana de açúcar e tinha dias que ia dormir sem saber o que comeria no dia seguinte. Ele  enfrentou a fome, e venceu. “Meu maior orgulho é minha família, todos estudaram e trabalham. Domingo todo mundo vem para minha casa almoçar”. Realmente, na  modesta residência do alagoano é só felicidade. Eu tive o prazer de tomar o café da manhã com eles e almoçar a carne guisada preparada pela sua  esposa, Dona Maria do Carmo.

A receita do quebra-queixo do seu Açucena estará no meu próximo livro

O convite para  comer ao lado da família revela que  o coração do seu Açucena é nobre, abraça todo mundo com sabor. Minha visita ao seu Açunena foi  para entrevistar, documentar e tirar fotos da receita do quebra- queixo, história que será compartilhada em breve no meu próximo livro sobre as cozinhas alagoanas.

Nos bastidores da reportagem: Seu Açucena e suas netas Thayse e Ana Clara

Aposentado, ex-cortador de cana, pedreiro e há 20 anos doceiro, em nome de seu Açucena, Feliz Dia dos Pais para todos, em  especial, àqueles que adicionam nas panelas  tempero de felicidade.

Açucena vende quebra-queixo de segunda a sexta vizinho ao Banco do Brasil e Associação Comercial

 

«

»

2 comentários
  • EspinhaDeCarapeba
    3 anos Atrás

    Nilde, parabens pela postagem tao cheia de carinho nesse Dia dos Pais !
    Muito boas as suas reportagens gastronomicas que vao das cozinhas mais sofisticadas aos mais humildes tabuleiros de doces…
    Desculpe, pela falta de acentuaçao, estou com preguiça de configurar o note book…

    • Nide Lins
      3 anos Atrás
      AUTOR

      Relaxe. Eu leio com o coração. Abraços

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.