TOPO
Gastronomia

Carnaval de comidinhas

 

Sexta-feira e assim como eu, vai passar o carnaval em Maceió? A dica  é curtir sol, mar, cinema, descansar, e claro, comer, beber e viver. Graças à padroeira da cidade, Nossa Senhora dos Prazeres, a capital alagoana oferece um manjar de sabores, cores e aromas. Vejam os restaurantes que vão abrir todos os dias da festa de momo. Sigam as minhas sugestões:
chef Breno Gama apostou no visual diferente da carbonara

Maria Antonieta: chef Breno Gama apostou no visual diferente da carbonara

Massa– A minha primeira dica é do nosso restaurante italiano Maria Antonieta. Ele abre todos os dias com seu cardápio de massas, risotos, vinhos e a tradicional receita alagoana, Camarão Bar das Ostras. Mas o chef Breno caprichou no item carnaval. Todas as noites terá a programação musical com Expedito Rossiter tocando um repertório da folia, com algumas marchinhas e chorinho ao piano.  Maria Antonieta – Av. Dr. Antônio Gomes de Barros, 150 – Jatiúca, Telefone: (82) 3202-8828

"Filé poivre-de-cheiro" é uma gostosura inspirada nas delicias das boleiras de Riacho Doce, litoral norte de Maceió.

Hotel Premier: “Filé poivre-de-cheiro” uma gostosura inspirada nas delicias de Riacho Doce

Sabor Guga – Quem ainda não provou o cardápio criado pelo chef Guga Rocha para o restaurante Le Premier do hotel Best Western Premier Maceió (leia-se família Brandão), no coração da Pajuçara, precisa conhecer. Gostei das novidades do chef alagoano e fiquei fã de carteirinha do filé poivre-de-cheiro.  São três camadas com couve crisp,  filé mignon e a grande vedete – torta de grude (goma de tapioca) salgada e envolvida no molho da própria carne com pimentas biquinho e de cheiro. O prato leva ainda grãos de feijão frito. É uma gostosura peculiar inspirada nas delícias das boleiras de Riacho Doce, litoral norte de Maceió. Le Premier (Ex – Radisson Maceió)- Av. Dr. Antônio Gouveia, 925 – Pajuçara, Maceió -Telefone: (82) 3023-8100

O sururu também continua divino: vem envolvido num suave molho de coco

Anamá: O sururu também continua divino: vem envolvido num suave molho de coco

Sururu – Lembra-se da música “Sururu da Nêga”, de Aristóbulo Cardoso e Pedro Nunes? Ela foi composta nas lonjuras do ano de 1934, mas ainda hoje é cantada nos cortejos dos  blocos carnavalescos (de raiz) como Filhinhos da Mamãe, Seresteiros da Pitanguinha e Pinto da Madrugada. Pois bem, amo o sururu no leite de coco do Anamá.

Eutímio Brandão adotou o nosso cartão postal "Eu Amo Maceió"

Eutímio Brandão adotou o nosso cartão postal “Eu Amo Maceió”

Mas todo alagoano já sabe o endereço do restaurante comandado pelo empresário Eutímio Brandão, que recentemente adotou o toten com o nome Maceió para cuidar bem dele, um dos pontos turísticos da cidade.Lembrando que o Anamá abre para almoço com buffet rico em sabores e no jantar com suas sopinhas deliciosas para uma noite leve. Anamá – Av. Silvio Carlos Viana, 2501 – Ponta Verde –  Telefones: (82) 3305-4405

Divina Gula: Tutu à Mineira, a gula sem pecado

Divina Gula: Tutu à Mineira, a gula sem pecado

Pecado da Gula – O restaurante Divina Gula está de cara nova e uma das estrelas da casa são as cervejas artesanais alagoanas e brasileiras, sempre geladas. Mas neste cantinho brasileiro, mineiro e alagoano tudo é bom. Do caldinho do feijão até o maravilhoso Tutu à Mineira, uma das minhas paixões, mas tem as novidades como a coxinha caipira, torresmo de macaxeira e a barriga de porco. Um carnaval de comilança. Divina Gula: Av. Eng. Paulo Brandão Nogueira, 85 – Jatiúca, Telefone: (82) 3235-1016

Bife acebolado, arroz, feijão (maravilhoso) e purê de batata é nosso prato brasileiro sagrado

Mestre Cuca: Bife acebolado, arroz, feijão e purê de batata é nosso prato brasileiro sagrado

Bom regional – O Mestre Cuca é uma ótima opção, rápida e saborosa, para almoço ou café regional. Um dos pratos que mais aprecio é o feijão com arroz e bife acebolado, um clássico do Mestre Cuca, com evidência para o feijão à base de legumes e lingüiça. É um pecado. É de pedir bis. O bife no sal é uma simplicidade que encanta nosso paladar. Mas siga o que o restaurante tem de bom. A galinha guisada é nota 10, com direito a graxa com pouquíssima gordura e pedaços de quiabos. Para acompanhar, o cuscuz de massa puba. Mestre Cuca – Rua Deputado José Lages, telefone: 3317.1970

Pão de macaxeira uma das tradições do Bodega do Sertão é delicioso e fácil de fazer

Bodega do Sertão: Pão de macaxeira uma das tradições do restaurante

Nordestino – No Bodega do Sertão a mesa farta é de encher os olhos de desejos. Carneiro, charque, mas a carne do sol na nata é uma das vedetes do restaurante. Seja no almoço, jantar, ou café nos dias do domingo é muita gostosura nordestina. Lá sou fã de carteirinha do pão de macaxeira, cuscuz, inhame, macaxeira, aliás me entrego no pão grelhado com  queijo manteiga assado, sempre imperdível. Benza Deus! Bodega do Sertão – Av. Dr. Júlio Marques Luz, 62 – Jatiúca.  Telefone: 3327-4446

Bolinhos de baião de dois, uma das novidades do Lopana

Lopana: Bolinhos de baião de dois, criação do chef Wanderson Medeiros

Ponta verde:  Aline Angeli, assessora do Lopana, informou que a casa criou um marca própria para a festa de Momo:  CarnaLopana, com programação musical que promete agitar ainda mais a badalada barraca da orla de Maceió. A animação começa já neste sábado (18), a partir das 9h, com uma prévia especial comandada pelo DJ Arthur Vasconcelos. No domingo (26), o Grupo Cai Dentro se apresenta às 12h30. Fechando o dia, a cantora Fernanda Guimarães canta sucessos da música brasileira e internacional. Segunda (27) e terça (28), último dia do Carnaval, Herberth Azzul faz o show “Folia”, às 22h e às 12h30, respectivamente. E, encerrando a série de apresentações, a banda Big Jones leva o Pop Rock às 22h. Bom, a comida de lá é sempre muito bacana, vide bolinho de baião de dois. Basta morder para sentir cada ingrediente: o arroz, feijão, carne de sol e queijo bem triturados e bem unidos com sabor. Lopana: Av. Silvio Carlos Viana, 27 –Telefone:3231-7484

Costelinha do restaurante Picuí: de tão macia, solta dos ossos, e para acompanhar, arroz e batata doce

Picui: Costelinha de tão macia, solta dos ossos, e para acompanhar, arroz e batata doce

Costelinha – A costelinha de porco crocante e bem macia, do Picuí, é impossível de resistir. E ainda vem na companhia de arroz de brócolis e rodelas de batata doce corada, casamento perfeito ao paladar. Sua apresentação é linda, mas além da beleza e do sabor, a perfeição está na textura da carne, tão macia que solta dos ossos. O criador desta obra de arte gastronômica é o chef Wanderson Medeiros. Picuí: Av. da Paz, 1140 Jaraguá, Maceió – Telefone: (82) 3223-8080.

Buchada do Galego. Lá, a comida é boa e o preço é surreal, no bairro da Pajuçara

Buchada do Galego. Lá, a comida é boa e o preço é surreal, no bairro da Pajuçara

Variedade–  No cenário da gastronomia popular de Maceió, o Galego, dono de um dos lugares mais badalados: a Buchada do Galego. Além da buchada, lá tem de tudo: rabada, sarapatel, carneiro, mocotó, sururu, boi guisado, chambaril, porco guisado, carne de sol, galinha ao molho pardo, peito de frango, galinha guisada, peixe, língua, fígado, bisteca de porco, feijoada e lombo paulista ao molho de cerveja..  Telefone: 9978-9852

Lagostins direto da balança do peixe para a barraca da Betânia, chef da gastronomia dos mares

Lagostas direto da balança do peixe para a barraca da Betânia, chef da gastronomia dos mares

Betânia – O carrinho fogão (uma versão popular food truck) da Betânia, funciona assim: a pessoa vai até a balança de peixe da Pajuçara, compra os frutos do mar  e os leva para a chef. Eu comprei camarão e peixes e ela os preparou fritos, na casca. Ela cobra R$ 15,00 para preparar um quilo do pescado. Mas também tem almoço. Ela oferece porções de feijão caseiro (feito com charque, maravilhoso), arroz e uma saladinha. E tem mais, a  nossa alagoana tem jangada para passear pelas piscinas naturais da Pajuçara.  Betânia – Praia da Pajuçara – Atrás da Balança do Peixe – Telefone: 99663.2155

Lombo de panela receita de Cleia é o trem bão de Minas Gerais na praia da Garça Torta

Divininha/Arri Praia: Lombo de panela,trem bão de Minas Gerais na praia da Garça Torta

Garça Torta – Comer bem é um dos motivos de curtir o Divininha e o Arri, na Praia de Garça Torta. Adoro o Lombo de Panela, receita mineira de dona Terezinha, mãe da Cléia. Na receita, o porquinho vem com molho à base de creme de cebola, além do alho e pimenta.  A iguaria é servida com pão sírio, e tanto a carne e o molho são coisas para se guardar do lado esquerdo do coração. É o trem “bão” da Garça Torta. Divininha e Arri Praia – Epaço Malibu – Garça Torta (litoral Norte de  Maceió).

Acarajé da família do Akuaba será um dos dez quitutes na praia da Ponta Verde

Acarajé da família do Akuaba para começar bem o carnaval

Abará ou Acarajé? Acarajé é o clássico do Akuaba, mas o Abará (acarajé cozido no vapor) é comida forte e saborosa. Para fazer a iguaria, a massa é temperada com camarão defumado, azeite de dendê e creme de cebola (natural, batido no liquidificador) e  um pouquinho de gengibre. Enrolado na bananeira, é cozido no vapor e vem escoltado por vatapá, caruru e camarão seco. E claro a pimenta, outra tradição da culinária afro. No candomblé, o Abará é comida-de-santo, oferecida a Yànsán, Obá e Ibeji. Lembrando as caipiroscas de frutas são nota mil. Akuaba – R. Ferroviário Manoel Gonçalves Filho, 6 – Jatiúca. Telefone:(82) 3325-6199

Gratin de batata inglesa com macaxeira e pouco queijo para acompanhar o filé

Gratin de batata inglesa com macaxeira e pouco queijo para acompanhar o filé

Tempo bom: O Castro Bistrô Bar, uma homenagem ao poeta baiano pela família Moreira (leia-se Akuaba e Vera Moreira), vai abrir todos os dias. Dá para apreciar um cafezinho com uma fatia do bolo de brigadeiro ou para se deleitar na receita clássica, francesa, do filé mignon com gratin (gratinado de batata inglesa) com queijo. Mas o nosso chef Jonatas deu uma repaginada no prato: menos queijo e, além da batata, também inseriu a macaxeira, ingrediente sagrado da culinária nordestina. Ficou “arretado”, leve e saboroso. Parque Shopping Maceió – Av. Comendador Gustavo Paiva, 5945 – Cruz das Almas

O filé do Moraes, dois filés altos, coroados com alhos laminados no azeite e salsa. Para escoltar, farofinha de banana com bacon e ceboletes (pétalas de cebolas curtidas na água, azeite e folha de louro).

Restaurante Villás: filé do Moraes, dois filés altos, coroados com alhos laminados no azeite e salsa

Guaxuma – No Vill’as Restaurante , adoro o Filé do Moraes. São dois filés altos, coroados com alhos laminados no azeite e salsa. Para escoltar, farofinha de banana com bacon e ceboletes (pétalas de cebolas curtidas na água, azeite e folha de louro).  Os quibes também são ótimos, sequinhos por fora e macios por dentro. A carne é bem temperada com azeitona, salsinha, cebola, alho e sal – tudo na medida -, e alguns pingos de limão para finalizar. Villa’s Restaurante :  Rua da Praia, 42 – Entre no Sesc Guaxuma, uma casa depois do Bar Brasil- telefone 3355.1697

Hambúrguer "o Pecador" vem com geleia de bacon e cebolas

Santo Burguer: Abre todos os dias. A foto é do hambúrguer “o Pecador” vem com geleia de bacon e cebolas. Detalhe: cervejas artesanais sempre geladas. Dr. Antônio Gomes de Barros, 525 – Jatiúca

Atenção moçada, no carnaval tem hambúrgueres todos dias de carnaval do SantoBurger e do  The Black Beef, então vamos cair na comilança.

The Black Beef do chef Deco Sadigursky

The Black Beef do chef Deco Sadigursky abre todos os dias. Av. Dr. Antônio Gomes de Barros, 124 – Jatiúca

Em Casa – Para quem vai assistir filmes e documentários da Netflix recomendo a pizza do Palato, produção da padaria e assada em forno à lenha pelo experiente Cícero Ribeiro. Lá, você monta a massa com os recheios e leva pra casa, mas também pode comer no supermercado. Palato: Av. Fernandes Lima, 548 – Farol. Telefone: (82) 2126-3000

Palato Farol: Pizza de margarita, massa leve, manjericão e queijo

Palato Farol: Pizza de margarita, massa leve, manjericão e queijo. Nota 10

 

 

«

»

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

Instagram has returned invalid data.