TOPO
Chef na Cozinha Gastronomia

Sanduíche de porco é do Peru!

 

Costelinha de porco desfiada frita, salsa, cebola roxa, batata doce frita e o molho (maionese de leite) especial num bem abençoado baguete, é uma das coisas boas do novo food truck peruano, do chef Lucas Padilha, um doce rapaz que é o comandante da doceria La Marquesa (sob encomendas). Há três anos Padilha sonhava em ter sua cozinha peruana e, no último dia 10 novembro, esse sonho virou realidade com o Chuyo, Cocina Peruana.

Sanguches (sanduíche de porco), tradição peruana. Cortado ao meio dá bem para duas pessoas. Foto de Nayane Queiroz

Sanguches (sanduíche de porco), tradição peruana. Cortado ao meio dá bem para duas pessoas. Foto de Nayane Queiroz

Conferi a novidade e gostei da arte do food truck, da música e, mais ainda, da comida. O sanduíche de porco, segundo Lucas Padilha, é uma tradição peruana e até a batata doce no contexto, dentro do pão, ficou bom. Agora, ele é gigante e dá para dividir entre duas pessoas, embora tem gente que encara o sanduba inteiro numa boa.

Peixe, camarão e polvo bem frito e crocante, e os três reis dos mares vêm com macaxeira frita (macia por dentro) temperada da salsa, cebola roxa e molho especial.

Peixe, camarão e polvo bem frito e crocante, e os três reis dos mares vêm com macaxeira frita (macia por dentro) temperada da salsa, cebola roxa e molho especial.

Pede uma gelada: Chicharrón Mixto são pedaços de peixe, camarão e polvo bem frito e crocante, e os três reis dos mares vêm com macaxeira frita (macia por dentro) temperada da salsa, cebola roxa e molho especial. Ah! Combina com cerveja gelada.

Ceviche, prato típico da culinária peruana, com os frutos do mar marinado no limão

Ceviche, prato típico da culinária peruana, com os frutos do mar marinado no limão

Tradição – Na cozinha (apertada) do Lucas, a comida é tradicional do Peru e, claro, o ceviche é a menina dos olhos do chef. Eu provei o misto: polvo, camarão e peixe marinados no suco de limão, alho, pimenta, milho e batata doce para cortar a acidez do molho, também conhecido como leite de tigre. (O “leite” se deve à cor branca e o “tigre”, ao fato desse molho ser usado no Peru para curar “ressacas” e dar força a quem o ingere).

Lucas Padilha realizou o sonho de três, agora tem sua cozinha peruana

Lucas Padilha realizou o sonho de três, agora tem sua cozinha peruana

Quem é – Lucas Padilha é formado em Gastronomia na escola peruana de confeitaria D’Gallia, mas sua base vem da família, a mãe Maria Elba e sua vó Carlota, duas damas da gastronomia peruana. Nosso chef alagoano trouxe o troféu Dólmã e, em 2015, foi embaixador alagoano no mesmo prêmio de gastronomia, onde preparou ceviche de sururu que agradou gregos e troianos. No food truck, Lucas conta com o apoio de Auxiliadora e  Marília, para alegrar as nossas noites com comidinhas peruanas.

chef Lucas com mãe Elma e vó Cartola, suas inspirações

chef Lucas com mãe Elma e vó Cartola, suas inspirações

Suspiro limoleño, doce peruano para adoçar os domingos

Suspiro limoleño, doce peruano também no Chuyo

Rota Chuyo, Cocina Peruana

Preço: ceviche – a partir de R$ 23,00/ sanduíche de porco: R$ 24,00 – Aceita cartão

De quarta a domingo, das 19 até as 23h/ No estacionamento da Musique (Rua do Divina Gula).

Detalhe: neste espaço do food truck tem culinária argentina, mexicana, peruana e food bick de tortiletes (sweet Staion)

Chuyho (significa gorro de lã peruano)

Lucas no food truck peruano. Foto de Nayane Queiroz

Lucas no food truck peruano. Foto de Nayane Queiroz

«

»

4 comentários
  • Rafael
    3 anos Atrás

    Tudo muito apetitoso!

  • antonio ed
    3 anos Atrás

    Anotadíssimo…enfim vou orivar um ceviche….

  • Igor de Moraes
    3 anos Atrás

    Padilha não enche somente a família de orgulho, e sim os amigos também. Desejo mta sorte e vida longa ao Chuyo. Abraçao meu querido amigo Lucas. Ninguém segura, voa alto parceiro.

  • Mili Liporoni
    3 anos Atrás

    Conheci a familia Padilha anos atrás e hoje em Brasília tenho saudades dos jantares na residencia de Lucas com os maravilhosos pratos peruanos.Sucesso Lucas e parabens a Maria Elba e Carlota pelo amor e carinho que transmitiu ao nosso Lucas que absorveu o talento da culinária peruana!

Comentários desse post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-me no Instagram

  • Cláudia Macias, a famosa Cacau, com suas receitas de dar água na boca, principalmente em quem a segue no instagram (@acozinhadacacau) e no site www.acozinhadacacau, sabe que ela é uma dama da gastronomia. Agora, ao lado da amiga Jane Andrade, investiu no mundo das pizzas com a empresa Forno da Cacau (@fornodacacau) , apenas para entrega (delivery). http://www.nidelins.com.br/2019/08/20/a-pizza-da-cacau/
#dicadanide #maceio #pizza
Funciona de terça a sexta, das 18h às 22h. Sábado e domingo, das 18h às 22h30/ Telefone: (82) 98205-7172.
  • Amantes do pitu, podem anotar mais um endereço onde comer o camarão gigante das águas doce do Rio São Francisco: o tradicional KebraKama. Mas, só com reserva, porque nem sempre tem o crustáceo. Então, por favor, liga ou manda mensagem para o Sandro (82 98806-0094) e vá ser feliz com a pituzada.
Saiba mais sobre kebrakama: http://www.nidelins.com.br/2019/08/19/pitu-com-reserva/
#dicadanide #maceio #tradição #boteco #pitu
Rua José Pinto de Barros, 298 – Conjunto Santo Eduardo, Poço – Telefone: 3357.4291
Horário de terça a domingo das 11h30 até meia noite. Segunda das 11 até as 14h.
  • Cenas do inverno do Sertão Alagoano no @restaurante_castanho e seus caminhos em Delmiro Gouveia
#dicadanide #alagoas #turismo @henrik_dantas @candeeiros_ecotur
  • No ano de 2012, fiz minha primeira viagem para o restaurante Castanho, em Delmiro Gouveia, com o guia Henrique (@henrik_dantas). O embarque foi da Praia Dulce na cidade de Olho D ' Água do Casado em uma ponte improvisada, mas a beleza dos cânions do Velho Chico era o que importava. Em 2019, a exuberância do Sertão é a mesma, mas no lugar na ponte na praia da Dulce temos um pier com um restaurante, e o Castanho Reserva Ecológica, da família do Leléu (@eliseebg), está mais encantador, pois ganhou uma pousada (inaugurada em setembro). Felicidade em ver o turismo alagoano florecer no Sertão com o empreendedorismo do @restaurante_castanho, e gerar 80 empregos diretos na região. Gratidão. Em breve, no meu blog, trago mais informações.
  • Da varanda da Pousada Castanho vejo a beleza do jardim do Rio São Francisco, do @restaurante_castanho
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante
  • No caminho do @restaurante_castanho tem o chão florido, anunciando o inverno alagoano em Delmiro Gouveia.
#dicadanide #alagoas #turismo #velhochico #riosaofrancisco #delmirogouveia #pousada #restaurante #caatinga
  • Nos fins de tarde tem fila quilométrica e o trânsito fica um caos,  tudo em nome do Cacetinho Amanteigado da Tradicional Padaria e Pizzaria na Rua Santos Dumont, no Centro da cidade de Satuba. E que cacetinho! Embora fino, é o pão bisnaga mais famoso e gostoso da região, quando sai do forno da padaria, se come até sem manteiga.
http://www.nidelins.com.br/2019/08/16/cacetinho-amanteigado-de-satuba/
#dicadanide #padaria #Satuba #alagoas
  • O chef Deco Sadigursky (@decosadigursky), The Black Beef (@theblackbeef) me questionou: “Gostou do sabor? Se eu não falasse que o hambúrguer é vegetal, você saberia identificar?” Então, respondi: “O sabor é bom. Comeria como se fosse carne. O sabor e a textura são iguais ao de carne”. Assim começo minha postagem sobre a novidade que aterrissou em Maceió: o hambúrguer vegetal, considerado a carne do futuro. Ele vem servido no pão com cogumelos e creme de queijo. Saiba mais no meu blog: http://www.nidelins.com.br/2019/08/15/hamburguer-dos-tempos-modernos/